★ Johnnys no Brasil ★
 
InícioInício  PortalPortal  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe
 

 [END] - Rendição

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 5 ... 7, 8, 9 ... 12 ... 17  Seguinte
AutorMensagem
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
Josiane Veiga

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 36
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptyDom Out 18, 2009 3:33 am

Nara escreveu:
Tbm detesto clima d hospital
passo até mal
Adorei o momento JunSakurai, mto fofos *-----*
pelo menos assim quebra o clima pesado q fica d hospital e por td q eles estao passando xD
Esses momentos aquarianos haha, sempre olho p/ meus irmaos, pois é tenho q aturar 2 aquarianos aq hsahshahshahsa xD
Josy, vc quer acabar comigo né? só pod ser
Esses momentos Ohmiya sao torturas p/ mim, poxa eu qro q eles fiquem juntos logooo
ok acho q tds qrem isso hehe
e parem d sofrer tanto pq eu sofro junto *buaaaa*

Amadaaaa
adorei seu perfil de casal favorito..hehehehe
Bom... eu uso um pouco de experiencia pessoal. Eu tenho uma amiga que fica o tempo todo "tipica aquariana". Por ex: eu nao acredito em fantasmas... sou igual ao Ohno neste sentido... e então, qdo começam a falar, eu ja começo "existe uma explicação logica pra isso" e ela: "a josi é uma tipica aquariana..."..jhauahuahuaha.. como ja me irritei mtas vezes com isso, mas acho engraçadinho, uso no Sho...hehehe

Ficou lindo o momento Ohmiya ne? Tipo... msm o sexo nao tirou o romantismo da cena... este cap foi um dos que eu mais gostei..sem duvidas...
Muitooo obrigada pelo comentario flor
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://josianeveiga.livejournal.com
Bah Wakabayashi
Johnny's trainer
Johnny's trainer
Bah Wakabayashi

Feminino
Número de Mensagens : 252
Idade : 26
Localização : Brasil, São Pulo, capital
Emprego/lazer : Auxiliar de lingua japonesa
Unit Favorita : Arashi *--* amo mais que tudo <3
KAT-TUN, NEWS, SMAP e TOKIO
Data de inscrição : 13/06/2009

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptyDom Out 18, 2009 3:41 am

OMG GOD *O*~~~~~~

to chorando aqui... Josy vc é muuuuuuuuuuuuuuuuuito máááá... isso não é justo ò.ó
vc judia das suas leitoras... alem de afetar os miolos delas ¬¬ pelo menos os meus afeto (pessoa q quando ve a band inteira agora só presta atenção em ohmiya)

maravilhoso e ao mesmo tempo triste...
Oh-chan finalmente vai ficar sabendo , espero eu
afinal depois dessa declaração vai tah na cara que tem coisa errada ¬¬

Jun e Sho são comedia... amo esses momentos amizades

~.~.~.~.~.~.~
Nem preciso agradece a dedicação né... sabe melhor que ninguem que eu amei *-------*
Como foi vc q mostrou o lado ohmiya vicius de ser eu apenas retribui /o/
Que bom q a carta chegou... espero q tenho gostado... eu meio q me impolguei nela e_e hohoho vc vai me matar mas eu revelei umas fotinhas aqui e a sua tah separada ^w^ mando quando eu for a liba q aí eu mando de novo outro chaveiro XD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
Josiane Veiga

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 36
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptyDom Out 18, 2009 3:57 am

Bah Wakabayashi escreveu:
OMG GOD *O*~~~~~~

to chorando aqui... Josy vc é muuuuuuuuuuuuuuuuuito máááá... isso não é justo ò.ó
vc judia das suas leitoras... alem de afetar os miolos delas ¬¬ pelo menos os meus afeto (pessoa q quando ve a band inteira agora só presta atenção em ohmiya)

maravilhoso e ao mesmo tempo triste...
Oh-chan finalmente vai ficar sabendo , espero eu
afinal depois dessa declaração vai tah na cara que tem coisa errada ¬¬

Jun e Sho são comedia... amo esses momentos amizades

~.~.~.~.~.~.~
Nem preciso agradece a dedicação né... sabe melhor que ninguem que eu amei *-------*
Como foi vc q mostrou o lado ohmiya vicius de ser eu apenas retribui /o/
Que bom q a carta chegou... espero q tenho gostado... eu meio q me impolguei nela e_e hohoho vc vai me matar mas eu revelei umas fotinhas aqui e a sua tah separada ^w^ mando quando eu for a liba q aí eu mando de novo outro chaveiro XD

Flor, gostar é pouco^^ vou tirar ate foto pra por no orkut^^ hehehe
Miga, também ja to pensando no seu presente..fim do mês qdo eu receber, pode esperar que vou t mandar uma coisinha^^ hehehehe

Sobre sua carta..sabe seu sonho??? Um deles vai acontecer... na verdade os dois..mas sobre o Jun..nao vai ser tao forte assim... mas o outro sim..sobre o Jean..vai acontecer^^ hehehehe

Achei mto legal sua sensibilidade de ter percebido o futuro da fic^^ hehehehehe

Sobre este cap: miga..eu também chorei baldes..tipo..eu sou naturalmente apegada em Ohmiya...e Ohmiya fazendo sexo enquanto choram foi demais até msm pro meu coração... mas eu nao pude resistir...hehehe...
Como eu disse lá no arashikut: Nino até quebrado e no hospital ainda tem vigor!!! rsrsrss

Brigadaaaa por tudo amada
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://josianeveiga.livejournal.com
Bah Wakabayashi
Johnny's trainer
Johnny's trainer
Bah Wakabayashi

Feminino
Número de Mensagens : 252
Idade : 26
Localização : Brasil, São Pulo, capital
Emprego/lazer : Auxiliar de lingua japonesa
Unit Favorita : Arashi *--* amo mais que tudo <3
KAT-TUN, NEWS, SMAP e TOKIO
Data de inscrição : 13/06/2009

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptyDom Out 18, 2009 4:56 am

eu acertei? cagadaaaaaaaa XD

eu tenho sensibilidade e nem sabia? eu só falo o que eu acho q aconteceria se eu fosse o personagem XD~

Nino é potente Q
mas agora estoou mais curiosa ainda pra saber o q vai acontecer e não porque sinto q a Audrey vai aparece no proximo cap.../palpite

fikei tranquila de saber q vc não mato o Nino ( no fundo eu sabia q vc naum era doida de fazer isso ) , afinaaaaaaaaal vc colokou eu e todos os leitores a flor da pele no ultimo cap u.u
Voltar ao Topo Ir em baixo
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
Josiane Veiga

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 36
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptyDom Out 18, 2009 5:12 am

Sim sim sim..a Audrey aparece no prox. cap... tipo... a vilã está muito ausente...apesar dela estar presente no sofrimento dos protagonistas...hehehe

Nunca que eu mataria o Nino...nossa, prefiro morrer eu...kkkk...sou doida por ele...
Miga..nao consigo acessar o msn... ta fora...
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://josianeveiga.livejournal.com
Bah Wakabayashi
Johnny's trainer
Johnny's trainer
Bah Wakabayashi

Feminino
Número de Mensagens : 252
Idade : 26
Localização : Brasil, São Pulo, capital
Emprego/lazer : Auxiliar de lingua japonesa
Unit Favorita : Arashi *--* amo mais que tudo <3
KAT-TUN, NEWS, SMAP e TOKIO
Data de inscrição : 13/06/2009

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptySab Out 24, 2009 11:48 pm

ahhhhhhhhhhhhhhhh D:

Josy vc esta tentando me assassinar T.T

sem querer ser chata mas ja sendo
cade o capitulo muié ???

é que tipo... fikei eu to curiosa e imagino que as outras leitoras tambem....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
Josiane Veiga

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 36
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptyDom Out 25, 2009 1:53 am

Rendição

Capítulo XX

Por Josiane Veiga

Nota da Autora: Eu havia prometido a algumas leitoras que Audrey voltava a cena nesse capítulo, mas infelizmente a vilã só retorna no próximo. Gomen^^



Kazunari foi o primeiro a acordar naquela manhã fria do final de novembro. Logo reconheceu o quarto do hospital, e revirou os olhos rapidamente para o lado, ansioso para ver se Ohno havia cumprido sua promessa, e permanecido ao seu lado naquele lugar. Feliz, percebeu que Satoshi estava ali, encolhido na poltrona, tapado por um cobertor fino, e aparentemente relaxado.

Entretanto, Kazu sabia que aquele simulado conforto não era real. Lembrou-se imediatamente de que havia falado demais na noite passada, e também recordou-se de que acabara se confessando para Satoshi. As palavras de amor não foram planejadas. Tudo que ele queria era mover os lábios, sem som, e dizer ao líder o quanto ele era importante. Mas, por algum motivo, o sussurro saiu mais alto que o planejado. Sem saber o que fazer quando viu o estado de choque de Ohno, fechou os olhos e fingiu dormir.

Fora um covarde! E culpou-se demais ao notar que o Riida havia ido ao banheiro, e lá chorara boa parte da madrugada.

Por que fazia isso? Por que nunca conseguia se controlar? O plano não era afastar-se de Satoshi para que o mesmo não sofresse? Maldito coração que sempre acabava sendo mais forte do que a razão...

Como se pressentindo que era observado, de repente Ohno abriu os olhos. Apesar dos olhos um tanto inchados, ele sorriu para Nino.

-Bom dia... – murmurou.

Que vontade louca de sair daquela cama e voar até ele! Encher aquelas bochechas de beijos molhados e apertar-se contra o corpo firme do mais velho. No entanto, a razão voltou com a luz do dia, e Nino apenas aquiesceu com a fronte.

-Obrigado por ter ficado aqui...

-Eu prometi, não foi?

-Sim... – o tom da voz de Nino baixou, frágil. – O Riida sempre cumpre suas promessas...

A entoação triste de Kazunari não passou despercebida para Satoshi. No entanto, não chegou a dizer nada, pois a porta abriu-se sem aviso e ele teve tempo apenas para ver um rapaz alto e loiro atirar-se sobre Ninomiya.

-Nino-chan! – Masaki abraçou Kazunari com força. – Eu fiquei tão assustado quando soube!

Recuperando-se do susto pela entrada abstrusa de Aiba, Ohno levantou-se da poltrona, e afastou o cobertor.

-Tentamos falar com você ontem diversas vezes, mas não respondeu as chamadas do celular! – Ohno o repreendeu.

-Me perdoa, Oh-chan! – Masaki implorou, com os olhos cheios de lágrimas, enquanto os braços apertavam cada vez mais um Nino que tentava escapar desesperadamente do abraço. – Eu desliguei o aparelho, e não voltei ao meu apartamento ontem...

-Não voltou? Por quê?

-Preferi dormir num hotel – Aiba explicou. – Achei que Sho-kun poderia ir me procurar lá, e então não retornei – sua voz ficou triste e ele levou o rosto de Nino contra seu peito, intensificando o aperto.

O mais novo tentava empurrar Aiba, mas não tinha tanta força, e como Masaki praticamente espremeu sua face contra seu peito, Nino também não podia pedir para que Aiba o soltasse.

-Não queria que Sho-chan lhe procurasse? – indagou Riida, estranhando aquela explicação.

-É uma longa história! Mas, pra abreviar, aconteceu de eu ir tomar café da manhã no restaurante do hotel e ver a notícia no televisor do mesmo. Vim correndo pra cá!

-E como entrou? Eles são bem rígidos com o horário de visitas!

-Oh! Eu tenho meus métodos! – riu malicioso o loiro.

Satoshi ergueu as sobrancelhas.

-Você deu em cima da enfermeira! – constatou.

-Que horror Oh-chan! – defendeu-se o loiro.

-Foi isso sim! Você tem uma queda por enfermeiras, que eu sei! – acusou.

-Eu não fiz isso! – negou Masaki, movendo negativamente a cabeça. – A verdade é que eu passei tanto tempo internado em hospitais que eu já conheço bem como eles funcionam! Entrei pela porta dos serviços!

Satoshi não acreditava nem um pouco naquela explicação.

-E como você descobriu o número do quarto de Nino-chan?

Enrubescendo, Aiba começou a gaguejar:

-Bom, talvez – prossegue. – Talvez.... eu tenha... conversado com alguma enfermeira...

-Ah! – Ohno sentiu-se vitorioso. – Eu sabia!

-Você é muito mau, Ohno-san! – Masaki o acusou e então pegou no rosto de Nino e ergueu-o, permitindo enfim ao mais novo respirar. – Como você está? Como foi que aconteceu esse acidente? – perguntou com a voz chorosa.

-Se você não quebrou nenhuma vértebra com esse abraço – Nino disse, sério -, eu estou bem...

Parecia um menino reclamando. Por que Kazunari sempre agia com tanta doçura, e por que até as frases de lamentações dele faziam o coração de Satoshi saltar no peito?


“Eu te amo”


A confissão sussurrada ainda ecoava na mente de Ohno, e o mesmo não conseguia entender porque Kazunari havia-lhe dito isso, se tudo que viviam era apenas sexo. Mas... e se não fosse?

Pensou em Audrey. Ninomiya sempre aparentava um desconforto camuflado ao lado dela. Sim, Ohno havia notado aquilo. Logicamente, ele fora o único que percebeu, e isso ocorrera porque conhecia tão bem a Nino que até as mínimas alterações de humor eram percebidas. No entanto, apesar de ter notado a situação, tentava não sentir nenhuma espécie de esperança por aquilo, afinal, não queria sofrer ainda mais. Então colocava aqueles pensamentos animadores em segundo plano, e ficara apenas com as palavras de Nino, dizendo-lhe que tudo que viviam era físico.

Pro inferno! Não era somente carne! Não era somente uma transa! Ele amava Ninomiya desde criança, e o sentimento só cresceu com o tempo!

Enchendo-se de uma estranha animação, o mais velho começou a alimentar uma esperançosa idéia. Sim, havia algo escondido nas atitudes de Kazunari! Mesmo que fosse somente desejo físico o que Nino sentia, eles eram amigos demais para o mesmo o tratasse daquela forma. Havia também o fato de que Nino se entregou pra ele, e homem nenhum no mundo iria inferiorizar sua masculinidade apenas por curiosidade. E quando Sho não apareceu pra gravar, o que foi aquele olhar preocupado? E o olhar triste que ele lançou para Jun quando Matsumoto havia-lhe afirmado no camarim que o amava? E o que era aquele sorriso maravilhoso para Aiba agora?

Nino os amava!

A constatação fez Ohno estremecer. Por que não desconfiara de que havia algo errado antes? Tinha que haver! Que líder era ele que não lutou pela verdade, e aceitou aquele teatro sem ao menos reclamar?

Quis exigir naquele instante que Ninomiya desse-lhe explicações. Sentia vontade de agarrar ao mais novo pelos ombros e o sacudir até que ele confessasse o que estava acontecendo. Mas, para sua sorte, o barulho do celular tocando, o impediu de tomar uma atitude impensada.

-Vou atender lá fora – falou a Masaki.

O loiro aquiesceu e Satoshi saiu para o corredor.

-Sim?

-Ohno-chan! – era a voz de Sakurai. – Tudo bem com Ninomiya?

Ohno sorriu ao falar com o amigo.

-Ele está bem. Estamos apenas aguardando o médico para assinar a alta.

-Vocês podem pegar um táxi? – A voz do rapper parecia culpada. – Matsumoto e eu fomos chamados para fazer uma gravação de urgência... – explicou.

-Não se preocupe, Sho-chan! Eu sei como é! – Então respirou fundo e contou: - Aiba-chan esta aqui, então ele nos leva pra casa...

-Aiba-chan está aí? – Sho repetiu a frase, numa interrogativa, como se quisesse entender todo o sentido do que Ohno falava-lhe. – Ele está aí desde que hora?

-Chegou há alguns minutos...

- E onde Aiba-kun passou a noite? – O tom era carregado de ciúmes. – Porque eu fui ao apartamento dele e não havia ninguém lá...

-Segundo ele, foi pra um hotel...

-Hotel? E por quê?

-Eu é que te pergunto! O que fez para que Masaki-chan tenha fugido de você?

Um silêncio estranho começou do outro lado da linha. Ohno ainda aguardou alguns segundos antes de recomeçar a falar:

-Não vai me contar?

-Vou... – a voz de Sho era lamentosa. – Mas agora não posso. Além disso, o assunto é muito sério para ser falado por telefone.

-Então Aiba-chan tem motivos para evitar você?

-Sim...

Tentando se mostrar compreensivo, Ohno suspirou.

-Tudo bem, Sho-chan. Estou do seu lado...

-Obrigado. – Pausa. - Amo você...

Vendo o médico surgir no corredor, Ohno despediu-se.

-Eu também. A gente se fala mais tarde, ok?

Ao receber uma resposta positiva de Sakurai, o líder do Arashi desligou o aparelho.

~~~~~~~~~~000~~~~~~~~~~

-Está confortável? – perguntou Ohno arrumando os travesseiros nas costas de Ninomiya.

Os três haviam chegado há alguns minutos ao apartamento de Kazunari, e enquanto Aiba ia preparar algo para comerem, Ohno permanecia com Nino no quarto.

-Sim... – respondeu o mais novo.

-Está sentindo alguma dor?

-Meus ossos doem um pouco...

-Bom, o médico disse que foi devido ao choque... – Ohno murmurou, e então sorriu. – O importante é que não tem nada quebrado.

Repousando a cabeça na guarda da cama, Nino fechou os olhos, mas a voz de Ohno o fez abri-los novamente.

-De certa forma – começou Satoshi, o surpreendendo -, foi bom o que aconteceu...

-Como?

-Ficamos juntos de novo, sozinhos... – Ohno explicou sorrindo. – Como nos velhos tempos...

Era uma armadilha. Ohno queria observar a reação de Ninomiya perante a sua frase. E ele teve que esperar alguns segundos para que a boca de Kazu lhe respondesse.

-As coisas não são mais como dos velhos tempos, Oh-chan... eu amo a Audrey...você sabe...

Touché!

A boca dizia isso, mas o olhar amargurado e a reação de repugnância dos olhos o desmentiam. Era tão óbvio que Nino estava sendo obrigado a falar aquilo, que Ohno até se surpreendeu por só agora ter se dado conta. Sentou-se ao lado de Nino e aparentou tranqüilidade.

-Não tem problema... – falou Satoshi, ainda sorrindo. – Eu também tenho o Jun-chan... – provocou-o, descaradamente. – Na verdade, nosso relacionamento progrediu bastante desde a última vez...

Ohno teve que segurar o riso, perante o olhar furioso de Kazunari.

-Mas ontem você disse... – começou Nino.

-Ora, ontem eu estava excitado. – Ohno o interrompeu, cruel. – E você também... – acusou. – O fato é que nos dois gostamos de fazer sexo, e eu não sou criança para achar isso um absurdo. E daí que amamos outras pessoas? Amor é uma coisa, sexo é outra!

-Amor? Você ama Jun-chan? – O olhar apavorado de Ninomiya estava desconcertando Ohno.

-Amo muito.

Não é mentira, Ohno pensou. Ele realmente amava Matsumoto, assim como Aiba e Sho. Amava como amigo. Mas não iria explicar isso a Nino. Até porque estava se deleitando pela atitude do ex-namorado, que tremia de raiva.

-Jun-chan e você estão transando?

Satoshi pensou se Jun iria se magoar se ele mentisse, mas resolveu que depois pediria perdão ao amigo.

-Sim... e é tão bom quanto com você...

-Mentira...

-É verdade! – Ohno retorquiu.

-Eu vou matar o Jun! – Nino berrou, cheio de raiva.

-E por quê?

-Ele é um traidor!

-Ei, não entenda mal! Nós não tínhamos mais nada, quando eu e Jun-chan fomos pra cama!

-Não interessa! Ele disse que... – a voz interrompeu-se imediatamente, pois Nino deu-se conta de que iria contar a Satoshi que Matsumoto sabia dos motivos pelos quais o mesmo fingia não amar ao Riida.

-O que ele disse?- Ao indagar, Ohno aproximou-se ainda mais de Nino.

-Nada...

A presença tão próxima da boca de Satoshi da sua, estava desconcertando Kazunari.

-Conte-me...

-Não tem nada a se contar! – falou irritado.

Ohno queria continuar a usar as táticas da sedução com Nino. Mas era Kazunari o mestre disso, e não ele. O mais velho era incapaz de ficar tão próximo, e não beijar a boca de Kazu. E assim aconteceu, pois Ohno aproximou a boca de Nino e lambeu os lábios do moreno, numa atitude lânguida e sensual.

-É mentira, né? – a voz chorosa de Kazunari chegou aos seus ouvidos. – Você não transou com Jun-chan, transou?

-Por que está tão preocupado? – a língua quente continuou a deslizar pelo lábio inferior, numa provocação óbvia e carregada de luxúria.

Empurrando Ohno, Nino confessou:

-Eu sinto muito ódio só de imaginar você e Jun-san numa cama, fazendo sexo.

Ohno pareceu se exultar por aquelas palavras.

-Ele é mais alto que você – continuou, divertindo-se. – Mas eu consegui me encaixar direitinho...

Ao ouvir aquilo, Ninomiya esqueceu a dor, e avançou sobre Ohno. Bateu com força no peito do mais velho, agredindo-o. A porta do quarto estava fechada, e este foi o único motivo pelo qual Masaki não ouviu a briga no quarto.

-Pare com isso! – Ohno não sabia se ria ou ficava zangado, afinal, Nino tentava agredi-lo de verdade.

Só conseguiu acalmar Nino quando lhe prendeu os pulsos com as mãos.

-Quero que vá embora! – Nino gritou.

-É assim que me agradece por ter cuidado de você?

-Cala a boca!

-Você está com ciúmes né? Nunca pôde se controlar...

-Ciúmes? Eu? Não seja ridículo?

-Sempre sentiu ciúmes de mim! – Ohno o acusou, enquanto o atirava de costas na cama. – Até nossas fãs percebem!

-Você ficou maluco! – Nino estava com muita raiva, mas gemeu ao notar que Ohno vinha sobre ele. – Se quiser transar com Matsumoto, eu não ligo – mentiu.

-Não, está errado – o sorriso de Ohno era maquiavélico. – Transar é com você... com Jun-chan, eu faço amor!

A brincadeira só perdeu a graça para Satoshi quando viu as primeiras lágrimas saindo dos olhos de Nino. Havia ido longe demais, reconheceu. Se Nino estava sendo obrigado a fingir um relacionamento com Audrey, era muita crueldade o torturar daquela forma.

Deitando-se sobre Kazu, Ohno então começou a secar-lhe as lágrimas com beijos.

-Baka – murmurou antes de beijar-lhe a boca. – Eu amo você, e é só você!

-E Jun-chan?

-Ele é só meu amigo, seu idiota! – riu baixinho, permitindo que Nino o abraçasse. – Eu nunca transei com outro homem além de você. – Beijaram-se profundamente, antes que Ohno afastasse os lábios para retificar. – Aliás, depois de você... eu nunca mais transei com ninguém... Entende?

Sim, ele havia entendido. O sorriso de Nino surgiu e o corpo começou a responder a Satoshi. Deixando a língua enfiar-se dentro da boca de Ohno, Nino beijou-o com paixão, enquanto o corpo, rígido, esfregava-se no outro.

-Você não está autorizado a fazer amor com mais ninguém, entendeu? –Kazu murmurou baixinho.

Havia chegado à hora! Ohno sabia que Nino estava despreparado para um interrogatório, e estava completamente submetido a ele naquele instante. Tinha que aproveitar aquele momento, pois poderia não ter outro!

-Você me ama, né?

-Não...

Apertando mais o quadril contra o monte pulsante de Kazunari, Ohno repetiu a pergunta.

-Ama?

-Pare, Oh-chan! – Kazu implorou.

Esfregando o próprio membro estimulado contra o de Nino, Ohno insistiu.

-Ama, Nino-chan?

Baixando a face, Ohno começou a beijar o pescoço de Nino, enquanto movia o quadril para cima e para baixo, quando Kazu ofegou, ele riu.

-Confesse logo...

-Pare com isso!

-Não vou parar até você admitir...

Prendendo as mãos de Nino acima da cabeça, Ohno Satoshi continuou naquela dança erótica, que sabia, estava levando Nino as nuvens.

-Eu amo... – Nino sussurrou.

Regozijando-se por aquela frase, Ohno quase gritou de felicidade. Não conseguia parar de sorrir de tanta alegria.

-Quem está obrigando você a ficar com a americana?

O olhar torturado de Nino, fez Ohno perceber que estava certo.

-Oh-chan...

-Confie em mim...

-Eu cometi um erro nos EUA...

-E está sendo chantageado? Por que não confiou em mim desde o começo?

-Não quero que você pague por erros meus...

-Escute bem Ninomiya Kazunari! Não sou só seu colega de banda, seu amigo e seu amante! Sou seu líder!

-Oh-chan...

-Você mentiu pra mim, me fez acreditar que não me amava, e me fez sofrer muito! – A voz era recriminadora, mas Ohno sorriu. – No entanto, estou aliviado...

-Eu te amo... – Nino repetiu, como se a frase o desafogasse.

Um barulho na porta chamou a atenção de ambos e Ohno saiu imediatamente de cima de Kazunari. O olhar pasmado de Masaki fez ambos enrubescerem.

-Sabia que vocês já saíram da adolescência há alguns anos?

Satoshi sorriu, mas Nino parecia constrangido.

-E sabia que você é um chato por nos interromper? – Ohno o desafiou.

-Gomen – Aiba sorriu, mas então o semblante ficou sério. – A namorada de Nino-chan acabou de chegar...

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://josianeveiga.livejournal.com
Nara
Johnny's senior
Johnny's senior
Nara

Feminino
Número de Mensagens : 2833
Idade : 34
Localização : São Paulo/SP
Emprego/lazer : bióloga
Unit Favorita : NewS, Arashi, Kanjani8, V6
Data de inscrição : 26/05/2009

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptyDom Out 25, 2009 2:20 am

Citação :
Nota da Autora: Eu havia prometido a algumas leitoras que Audrey voltava a cena nesse capítulo, mas infelizmente a vilã só retorna no próximo. Gomen^^
Aeee p/ mim é ainda bem q ela nao apareceu hahaha
Odeeeeiiooo ela c/ tdas as minhas forças
morte a Audrey!!!!
shahshashahsh, credo ate parece q sou assim
ms q eu a odeio ah isso s/ duvida, cmo nao odia-la, qm pode ama-la? ninguem haha
Citação :
Enrubescendo, Aiba começou a gaguejar:

-Bom, talvez – prossegue. – Talvez.... eu tenha... conversado com alguma enfermeira...

-Ah! – Ohno sentiu-se vitorioso. – Eu sabia!
shahshahsahshas dorei isso xDD
sempre bom esses momentos d descontraçao ^^

Nhai Oh-chan foi cruel c/ o Nino hein?
confesso q eu tava rindo aq pq afinal nao deixa d ser engraçado, ms fiquei c/ dó do Nino, ms foi tao fofo depois ele dizendo q amava o Nino *----*
ate q enfim q ele percebeu q nino estava sendo chantageado
ufa fico mais tranquila agora
O Q???? A MALDITA CHEGOU??? NAAAAOOOO
só p/ estraga a festa, aff
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://micellanews.blogspot.com/
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
Josiane Veiga

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 36
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptyDom Out 25, 2009 2:36 am

Nara

Flor, por incrivel que pareça, sempre tem aqueles que curtem e torcem pros viloes...hehehe... eu recebi alguns comentarios por email falando da Audrey e tem pelo menos dois leitores que gostam das cenas maquiavelicas dela..hauahuaha
Eu ODEIOOO ela, isso pq amooo Ohmiya...hehehe

Sim, eu também me senti aliviada que agora Ohno vai tomar conta do Nino. O meu ichiban ta tao fragil..ele nem percebeu que Oh-chan o estava torturando (tambem quero ser torturada com Oh-chan sobre mim..kkkk)...
Muitoooo obrigada pelo comentario flor^^ foi o primeiro desse cap^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://josianeveiga.livejournal.com
Bah Wakabayashi
Johnny's trainer
Johnny's trainer
Bah Wakabayashi

Feminino
Número de Mensagens : 252
Idade : 26
Localização : Brasil, São Pulo, capital
Emprego/lazer : Auxiliar de lingua japonesa
Unit Favorita : Arashi *--* amo mais que tudo <3
KAT-TUN, NEWS, SMAP e TOKIO
Data de inscrição : 13/06/2009

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptyDom Out 25, 2009 3:07 am

Ou shit !

tudo acontece quando eu vou ler essa fic u.u

é a quarta vez e finalmente cnsiguir ler tudo ¬¬

mais to taum feliz *---------------------------------------*

Josy ja disse q vc fez uma criança feliz hj ???

capitlo perfeito *--* finalmente tudo foi exposto
AMEI o Oh-chan tomando a liderança -qq

Audrey que se prepare Ò.Ó pq agora ela vai encara um Oh-chan muuuuuuuuito *uto
afinal tentaram tirar o Oh-chan dele

go go go !

valeu apena esperar /o/


Última edição por Bah Wakabayashi em Dom Out 25, 2009 3:13 am, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
Josiane Veiga

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 36
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptyDom Out 25, 2009 3:11 am

Bah Wakabayashi escreveu:
Ou shit !

tudo acontece quando eu vou ler essa fic u.u

é a quarta vez e finalmente cnsiguir ler tudo ¬¬

mais to taum feliz *---------------------------------------*

Josy ja disse q vc fez uma criança feliz hj ???

capitlo perfeito *--* finalmente tudo foi exposto
AMEI o Oh-chan tomando a liderança -qq

Audrey que se prepare Ò.Ó pq agora ela vai encara um Oh-chan muuuuuuuuito *uto
afinal tentaram tirar o Oh-chan dele

go go go !

valeu apena esperar /o/

Ohhhh amigaaaaa...simmmmmm.. Ohno agora que sabe de tudo, ganha uma força muito grande, afinal, ele -como disse ao Nino - é o lider... e um lider nunca aceitaria isso de forma passiva.
Audrey subestimou Ohno..e subestimou o amor que une ohno e nino...
Estou nas nuvens com esse cap..acho q ja reli umas vinte vezes...hehehe
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://josianeveiga.livejournal.com
yumichan
Johnny's senior
Johnny's senior
yumichan

Feminino
Número de Mensagens : 1126
Idade : 27
Localização : São Paulo
Unit Favorita : NEWS, Hey!Say!JUMP, KAT-TUN, Arashi, Kanjani8 ...
Data de inscrição : 08/12/2008

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptyDom Out 25, 2009 9:55 pm

nhaaaaa!ameiii esse capitulo!
ri, me emocionei, fiquei triste!
tudo ao mesmo tempo!!!hehehehehe xD
Audrey que se prepare Ò.Ó pq agora ela vai encara um Oh-chan muuuuuuuuito *uto
afinal tentaram tirar o Oh-chan dele[2]

*esperando o proximo capitulo*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sayuka
Moderador
Moderador
Sayuka

Feminino
Número de Mensagens : 674
Idade : 31
Localização : Rio de Janeiro
Unit Favorita : KAT-TUN - Arashi - News
Data de inscrição : 04/05/2009

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptyDom Out 25, 2009 11:47 pm

Nossa.... eu não comentei no cap passado... to até me sentindo mal por isso... gomen Josy!! Eu li logo que vc postou mas nao tive tempo de comentar... gomen!! T___T
Não consegui imaginar o nino sendo atropelado... nossa... foi terrivel.... eu entrei em desespero junto com o Oh-chan!!
E agora lendo esse cap, tenho pena do nino... Ele pode estar magoando o Oh-chan mas ele ta sofrendo tanto quanto... chorei junto com o Oh-chan quando ele foi pro banheiro chorar... muito triste...
E sobre o aiba... gente... desculpa mas é mto burro... será que não percebe que tem alguma coisa errada? ¬¬' E ainda por cima, ignorou as ligações que não tinham nada a ver com o problema dele com o Sho... e sim com o acidente do nino... espero que o Sho jogue isso na cara dele ¬¬ aff ¬¬

Josiane Veiga escreveu:
sim sim..a Audrey aparece no prox. cap... tipo... a vilã está muito ausente...apesar dela estar presente no sofrimento dos protagonistas...hehehe
Alegria de pobre dura pouco u____________U' eu bem que me iludi achando que ela podia ter viajado pra Patagônia e ter morrido por lá! arght!!!
Mais uma vez gomen Josy por ter deixado de comentar o anterior... T__T
To louca pra ver o desfecho dessa historia =)
p.s.:Eu escrevi esse comentario vc não tinha postado o cap XX ainda... ai na hora que eu apertei em Enviar minha internet caiu ¬¬ deu uma raiva absurda!!! Então to lendo o cap XX só agora... T_________T Já já eu posto um comentário sobre ele...


[END] - Rendição - Página 9 Sayukachan03

by: Misakiti =)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
Josiane Veiga

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 36
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptyDom Out 25, 2009 11:48 pm

yumichan escreveu:
nhaaaaa!ameiii esse capitulo!
ri, me emocionei, fiquei triste!
tudo ao mesmo tempo!!!hehehehehe xD
Audrey que se prepare Ò.Ó pq agora ela vai encara um Oh-chan muuuuuuuuito *uto
afinal tentaram tirar o Oh-chan dele[2]

*esperando o proximo capitulo*

Obrigada pelo comentario flor
Eu tambem, particularmente, me apaixonei por este cap...eu gosto tanto desses dois juntos...hehehe
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://josianeveiga.livejournal.com
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
Josiane Veiga

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 36
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptyDom Out 25, 2009 11:55 pm

Sayuka

Flor, acontece...hehehe.. eu também as vezes esqueço de comentar, ou o tempo é tao curto que nao consigo..mas obrigada por ter deixado seu comentario agora^^

Ah, nem me fala. O Ohno ficou tao chocado, triste e perdido ao ouvir aquele murmurar do Nino. Ele é louco pelo Kazu, daqueles amores que a pessoa nao consegue viver longe da outra. O mais interessante é que o Nino sente a mesma coisa, então a tensao e tesao entre eles é mto grande, e dai houve ate a cena lemon do hospital! Rsrsrs

Sobre o Aiba... entra naquele fato de que normalmente, qdo a gente sofre um baque, nao raciocina direito. Além disso, Sho realmente transou com a garota e o Aiba nao tem como saber que a Audrey ta por tras disso, afinal, Melanie e Audrey nao tem ligação nenhuma até agora...hehehehe

Migaaa..mto obrigada pelo comentario e pelo carinho^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://josianeveiga.livejournal.com
Sayuka
Moderador
Moderador
Sayuka

Feminino
Número de Mensagens : 674
Idade : 31
Localização : Rio de Janeiro
Unit Favorita : KAT-TUN - Arashi - News
Data de inscrição : 04/05/2009

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptySeg Out 26, 2009 1:01 am

Citação :
-Gomen – Aiba sorriu, mas então o semblante ficou sério. – A namorada de Nino-chan acabou de chegar...
Eu sempre digo... alegria de pobre dura pouco... ¬¬

Mas sabe, eu AMEI esse cap Josy!!! ficou totalmente perfeito!!!
Eu ri do inicio ao fim com o Oh-chan!!! e fiquei imaginando a cara do Aiba quando ele entrou no quarto HUAHUAHAUHAUHAUA Deve ter sido muito engraçado XDDD~

Sobre o Aiba no cap anterior... eu sei bem como é isso, mas mesmo assim, eles não estavam mais juntos pra ele agir como se tivesse sido traido! Atitude totalmente sem pensar a dele.... mas enfim hauahua

Citação :
Flor, acontece...hehehe.. eu também as vezes esqueço de comentar, ou o tempo é tao curto que nao consigo..mas obrigada por ter deixado seu comentario agora^^
Pior que nem foi esquecimento... foi falta de tempo, ai quando eu arrumei um tempinho pra fazer um comentario a internet caiu ¬¬ tudo tava conspirando contra mim semana passada... mas até que enfim ja ta tudo melhorando hauahauhaua

Mais uma vez amei esse cap!!! hauhuaha tô até agora rindo a toa depois de ler hauhaua
To ansioooosa pelos proximos caps! XD
bjs!!!!!!


[END] - Rendição - Página 9 Sayukachan03

by: Misakiti =)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
Josiane Veiga

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 36
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptySeg Out 26, 2009 2:44 pm

Sayukaaaa

Miga, nem me fala. Este cap e o 19, eu reli trocentas mil vezes. Eu simplesmente AMEIII ele inteiro^^ hehehe
Afinal nao é sempre que o Ohno ataca!!! Meu predador favorito!!! hehehe
Aiba realmente deve ter feito uma cara mto sem vergonha, mas ele é tao compreensivo que tenho certeza que foi uma cara doce ao mesmo tempo q chocada..kkkk

Mtoo obrigada pelo carinho amadaaa
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://josianeveiga.livejournal.com
MiiHirano95
Administrador
Administrador
MiiHirano95

Feminino
Número de Mensagens : 1217
Idade : 24
Localização : MOGI DAS CRUZES -SP
Unit Favorita : NEWS
Data de inscrição : 16/03/2009

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptySex Out 30, 2009 3:30 am

CARA, QUE CAPITULO MARA
eu consegui chorar, rir, ficar com raiva
tudo em um capitulo só OO:
josy, voce é mágica meu amor*-*

esperando o próximo..


[END] - Rendição - Página 9 Cpiadenewscalendar20101
Voltar ao Topo Ir em baixo
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
Josiane Veiga

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 36
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptySeg Nov 02, 2009 5:53 am

Mii
Muito obrigada pelo carinho amor^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://josianeveiga.livejournal.com
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
Josiane Veiga

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 36
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptyTer Nov 03, 2009 5:48 pm

Rendição

Capítulo XXI

Por Josiane Veiga



Ninomiya Kazunari o amava. A simples certeza deste fato moveu Ohno com firmeza e irredutível força até a sala do apartamento de Kazu. Não que o mais velho estivesse totalmente corajoso ao entrar na sala e encarar a morena que se sentava altiva no sofá. Não, por alguma estranha razão, enfrentar Audrey não era fácil! Entretanto, o amor guiou Satoshi.

Por alguns segundos os dois encararam-se, enfrentaram-se com o olhar. Mas, pela primeira vez desde que havia conhecido a morena, foi ela que desviou os olhos primeiro.

-Meu namorado sofreu um acidente, e ninguém me comunicou! – Audrey esbravejou, revoltada.

-Matsumoto-san ligou para você, mas ninguém no apartamento respondeu – Ohno explicou de forma pacifica e calma.

Assim que Masaki adentrou no quarto para comunicar que a americana havia chegado, Ohno acompanhou o loiro até a sala. Nino insistiu para ir junto, mas Satoshi recusou irritado. Por algum motivo que ele desconhecia, Kazunari parecia assustado com o simples fato de que Ohno fosse enfrentar a mulher. Aquilo fez Ohno perceber que Audrey podia estar envolvida na chantagem que Nino estava sofrendo. E, mesmo que a morena fosse inocente, o simples fato de que ela tentara roubar Kazu dele, já a transformava numa rival.

-Eu fiquei no apartamento o dia todo, e o telefone não tocou! – Ela continuou falando com o tom elevado.

De repente, a jovem levantou-se do sofá e foi em direção ao quarto de Nino. Porém, estancou quando Satoshi colocou-se a sua frente, bloqueando a passagem.

-Quero ver Nino! – Audrey estava furiosa.

-Ele está em repouso absoluto – Ohno mentiu. – O médico deu-lhe remédios para a dor, e Nino-chan está dormindo profundamente.

-Não importa! Quero vê-lo de qualquer forma!

-Eu sou o líder do Arashi, e somente quem EU autorizar vai entrar no quarto agora!

Audrey assustou-se com a mudança brusca que via naquele jovem. Ohno Satoshi era uma pessoa extremamente doce e gentil. Por causa dessas características, muitas vezes sua liderança era colocada em dúvidas, até mesmo pelas próprias fãs. No entanto, naquele instante, ela pode ver o porquê daquele rapaz ser o líder do Arashi.

-Você não pôde me impedir de ver o meu namorado, na casa dele!

-Eu posso sim...

O tom da voz de Ohno não mudou. Continuava na mesma entoação calma e límpida. Porém, o olhar severo fez Audrey recuar.

-Se você me impedir – ela ameaçou -, vou à polícia...

-Vá! – Ohno respondeu, audacioso. – E diga aos policias que você namora um super astro japonês e que estão impedindo-a de entrar no quarto dele – ridicularizou. – Se alguém acreditar em você, poderá - talvez - se aproximar de Nino novamente.

O olhar furioso dela deu um sinistro prazer a Satoshi. Ele quase sorriu. Na verdade, a boca chegou a abrir-se, mas o sorriso parou pela entrada inesperada de Matsumoto e Sakurai, que chegavam naquele instante.

Masaki estava em total silêncio, totalmente pasmo com a forma de agir do Riida. Nunca havia visto Ohno falar daquele jeito! O loiro, entretanto, ao ver o amigo e o namorado entrando no apartamento, saiu do estado de torpor, e se manifestou:

-Se Nino-chan está dormindo, talvez você deva voltar outra hora. Nós somos os amigos dele, e iremos cuidar bem dele – aconselhou a jovem.

Aiba não tinha a menor simpatia por ela, mas queria vê-la longe dali o mais rápido possível.

-Eu não vou! – entretanto, a voz chorosa dela, deu mostras de que Audrey estava, momentaneamente, entregando os pontos.

Vendo toda aquela reunião tensa, Sho indagou:

-O que está acontecendo?

-Nino-chan está dormindo, e precisa ficar em repouso total... Estou dizendo isso a namorada dele... – Ohno explicou ao rapper.

Jun arqueou as sobrancelhas diante daquela explicação. O mais novo membro do Arashi conhecia bem demais a Ohno para ser enganado por aquelas palavras. O tom satisfeito do Riida, e o olhar atrevido dava mostras que havia algo por trás da atitude de Satoshi.

E ele estava certo!

Ohno ainda não sabia o que havia por trás da chantagem de Nino. Sabia que Kazunari estava assustado, e sabendo o quanto o amante era frágil, tinha ciência de que qualquer chantagem emocional o abalaria. Irritava-se com o fato de que não protegera Nino-chan o suficiente, e por isso o garoto havia ficado a mercê de alguém inescrupuloso. Mas era por pouco tempo!

Ohno podia aparentar ingenuidade, mas ele não era tolo! Se a americana estava por trás disso, sua atitude em não permitir que ela visse Nino, protegeria o amante duplamente. A primeira forma seria em não deixar que a presença dela perturbasse Kazu, e a outra forma era que, dizendo que Ninomiya estava dormindo, a americana não o culparia por não a ter recebido.

-Quando Nino estiver melhor, tenho certeza de que ele vai querer a sua companhia, mas agora, é melhor que nós cuidamos dele – Ohno falou a ela, falsamente.

Sim, ele também era um bom ator. Posteriormente, as fãs do Arashi iriam ver aquele mesmo olhar em um personagem chamado Naruse, que lhe daria inúmeros prêmios por interpretação. Naquele instante, porém, o olhar demoníaco apenas fez Audrey recuar dois passos e afastar-se em direção a porta.

-Eu vou voltar – ela avisou.

-Estarei esperando... – Ohno a respondeu.

Quando a porta se fechou, enfim a postura firme do Riida sumiu. Ele foi à direção do sofá e sentou-se no mesmo, como se quisesse descansar de uma guerra. Matsumoto, que havia trancado a porta a chave, voltou-se para o líder:

-Nino-chan piorou?

-Nino-chan está bem – Ohno tranqüilizou-o. – E você sabe os motivos da minha mentira! – acusou.

-Do que está falando? – Jun assustou-se com a forma fria que o amigo o encarava.

-Você sabia que Nino-chan está sendo chantageado, e não me disse nada!

-Oh-chan! – Jun exclamou. – Eu não podia! Prometi a ele que não falaria!

-Você foi desleal comigo! – Ohno continuou a acusar, indiferente ao olhar mortificado de Jun.

-Como assim, chantageado? – Sho interrompeu a conversa. – Alguém pode me explicar o que está acontecendo?

-Não fui desleal! – Jun defendeu-se. – Eu não sabia de tudo, apenas que ele estava sendo chantageado. Eu pretendia ajudá-lo!

-Que história é essa de chantagem? – Sho insistiu.

-Você sabia o quanto eu estava sofrendo! – Ohno apontou. – O mínimo que podia fazer era me falar a verdade!

-Ei! – Sakurai gritou. – Oi!!! Eu estou aqui!

-Parem com isso! – Masaki também intrometeu-se.

-Que verdade? Eu só sabia da chantagem, mas não o porquê dela! –Jun choramingou.

Aiba e Sho notaram que estavam sendo completamente ignorados pelos dois, então resolveram guardar silêncio e aguardar o desenrolar do diálogo. Por sorte, a discussão logo terminou.

-Me perdoa, Riida... – Jun murmurou. – Eu pensei que podia resolver tudo para você – ele confessou. – Também pensei que estaria traindo a confiança do Nino-chan se te contasse...

Ohno baixou a fronte. Sabia que não poderia sentir nenhum rancor ou mágoa por Jun, pois adorava o amigo. A raiva dissipou-se instantaneamente, e ele aproximou-se de Matsumoto, abraçando-o.

-Tudo bem... – murmurou. – Eu fui duro com você, desculpe-me também. Fiquei muito zangado quando percebi que você sabia de algo, e não havia falado para mim... – explicou-se.

-Nunca mais vou esconder nada de você, Riida – prometeu, escondendo o rosto no ombro de Ohno.

Foi o som de um suspiro algo que fez ambos soltarem-se e olharem em direção ao som. Ninomiya estava parado a porta, encarando-os com o olhar claramente zangado.

-Jun-chan – balbuciou o moreno. – Solte o Oh-chan A-GO-RA!

Aquela frase ciumenta trazia de volta todas as ceninhas de ciúmes que Nino fizera ao longo dos anos. Foi impossível aos cinco manterem o ar carregado, e logo todos estavam rindo, inclusive Kazunari, que suavizou o olhar tão logo Jun afastou-se de Ohno.

-Alguém pode me explicar o que está acontecendo? – Sho voltou a insistir, assim que teve oportunidade.

-É uma história longa! – Ohno suspirou. – Não temos tempo agora...

-Não? – O rapper surpreendeu-se. – Por que não?

-Precisamos esconder Nino-chan!

A ordem do líder fez todos se encararem.

-Esconder?

-Audrey crê que Nino está dopado por remédios, e só por isso ela não vai culpá-lo por não a ter recebido hoje. – Ohno explicou. – Mas não podemos ficar nos garantindo nisso! Temos que levar Nino-chan daqui, assim ela vai ficar contra nós, acreditando que somos nós que não queremos que ela veja Nino-chan...

-E então ela não fará nada contra Nino... – Sakurai entendeu.

-Exato.

-É uma boa idéia... Mas para onde vamos levá-lo? – Jun indagou.

Ohno suspirou.

-Para a minha casa, não dá! – Ohno disse. – Minha mãe gosta da Audrey, e não vai impedi-la de entrar lá.

-Mas o Junior pode morder ela! – Sakurai brincou.

-Não vou deixar meu filho pegar alguma doença daquela cobra – Ohno levantou as sobrancelhas.

Os outros voltaram a rir. Ohno ficou feliz com aquilo... enfim, eles pareciam os mesmos de antigamente.

-A minha casa é o melhor lugar! – Masaki ofereceu-se. – Meu prédio tem vigilância vinte e quatro horas por dia, nenhuma mulher pode entrar sem passar pelos seguranças, e eu direi que ela não está autorizada a falar comigo. Se Audrey perguntar por Nino, negaremos que ele está lá!

Ohno concordou.

-Minha casa também é segura... – Sho se manifestou. – E minha mãe a colocaria para correr apenas com o olhar...

-Ainda prefiro a minha casa! – Masaki o enfrentou. – Nino-chan vai pro meu apartamento e final de história!

-Eu só...

-Não interessa! – Aiba o interrompeu. – Eu já decidi!

Todos estavam surpresos demais por ver Aiba tão zangado, mas Sho simplesmente baixou a cabeça e aquiesceu. Naquele momento, Ohno lembrou-se de que havia acontecido algo entre eles, mas naquela confusão toda, o mais velho não pode conversar em privacidade com nenhum dos dois. Seja o que for, era claro que o motivo havia irritado profundamente Masaki, e o loiro estava muito ferido.

-Ok, iremos pro apartamento de Masaki-san – resolveu terminar logo a discussão.

~~~~~~~0000~~~~~~~

O dia inteiro foi carregado de afazeres para todos os membros do Arashi. Apesar de o acidente de Nino ter dado uma folga a todos eles no trabalho, arrumar as malas de Nino, e providenciar a mudança do rapaz para o apartamento de Aiba acabou estafando a todos.

Anoiteceu, e Jun já havia retornado para seu próprio apartamento. Sho também havia deixado os amigos. Logo depois de ter ajudado a carregar as malas de Nino para o quarto de hóspedes, ele desapareceu silenciosamente, entristecido.

Naquele momento, Aiba, Nino, Ohno e o cachorro Junior (que havia sido buscado na residência de Satoshi) se encontravam no quarto de hóspedes.

-O que você disse a sua mãe? – indagou o loiro ao mais velho, enquanto acariciava a cabeça do cachorro.

-Disse que iria ficar na sua casa para escrevermos uma música – riu malicioso. – Não gosto de mentir pra ela, mas não quis preocupá-la.

Masaki compreendeu instantaneamente.

-Bom - disse o loiro -, vou deixá-los a sós. Terão privacidade aqui, mas se precisarem de mim, é só me chamar.

Aiba saiu do quarto acompanhado pelo cão. Ohno e Nino enfim estavam sozinhos. Satoshi tinha muitas coisas para perguntar a Kazunari. Queria saber tudo sobre a chantagem, mas desejava que essa conversa fosse em particular, e anterior à revelação aos outros amigos. Por sorte, tanto Aiba, quanto Sho e Jun compreenderam seus sentimentos.

Quando os olhos de Satoshi voltaram-se para o amante, notou que Ninomiya estava bastante intranqüilo. Sorriu para acalmar o moreno.

-Nós temos que conversar...

-Eu sei – Nino murmurou.

Os olhos de Satoshi desviaram-se de Nino e começaram a observar o quarto que Aiba os oferecerá. As paredes eram claras, as janelas enormes, a cama era aconchegante e tudo naquele ambiente parecia ter sido planejado para os dois. Ohno notou instantaneamente que Masaki escolhera aquele quarto para que Ohno e Nino pudessem ter uma espécie de lua-de-mel longe do resto do mundo.

-Oh-chan?

A voz preocupada de Nino fez com que Ohno voltasse-se para ele.

-Sim?

-No que está pensando?

-Estou anotando mentalmente a tarefa de agradecer a Aiba por ter-nos dado um quarto tão bonito...

O semblante de Nino suavizou e o mais novo atirou-se sobre a cama, rindo:

-Ele age como se nós dois fossemos um casal – o moreno o provocou.

O mais novo parecia uma criança, e aquele ar atrevido e intenso que ele tinha fez Ohno parar de sorrir e se aproximar da cama, excitado:

-Não somos? – Ohno indagou.

Nino mordeu os lábios e ajoelhou-se sobre a cama, engatinhando até a beirada onde estava Satoshi. Ainda de joelhos, grudou o corpo ao mais velho, abraçando-o pela nuca.

-Não somos o quê? – perguntou com a voz rouca.

-Um casal?

Kazunari mordeu de leve o queixo de Satoshi. A reação do Riida foi instantânea, e ele soltou um leve gemido.

-Pare, Kazu-chan...

-Nani?

-Não vamos transar! Temos que conversar!

Nino abandonou o queixo de Ohno e avançou contra a boca. Beijou-o com furor.

-Solte-me, Nino-chan...

Por mais que o pedido de Ohno fosse algo negativo, a expressão do Líder demonstrava que ele estava gostando muito do atrevimento do amante.

-Amo você... – Nino murmurou contra sua boca. – Estou aliviado em poder dizer-lhe isso...

-Também o amo... mas temos que conversar!

-Vamos conversar depois...

-Agora!

-Depois!

Nino suspirou.

-Oh-chan! Quero que nós dois façamos amor sem que eu tenha que fingir que não sinto nada por você... – a voz dele aparentava emoção. – Nunca mais quero morder os lábios para impedir que eles digam o que eu sinto por você...

As palavras de Ninomiya calaram fundo no coração de Ohno, e então ele percebeu que a guerra estava perdida.

~~~~~~~0000~~~~~~~

A respiração de Kazunari estava acelerada, mas ele não conseguia parar de sorrir. O suor tomava seu corpo e o coração pulsava com força no peito. Ao seu lado, Ohno estava igualmente satisfeito. Haviam transado com paixão, e estavam exaustos.

-Como você faz isso? – Ohno perguntou, sorrindo.

-Uhn? – Nino não compreendeu. – Nani?

-Como você consegue fazer com que eu reaja assim?

O sorriso de Nino aumentou. Ele virou-se na cama e ficou em cima de Satoshi. Olhou o Riida nos olhos e encheu-se de carinho ao notar que Ohno levantava as mãos e acariciava seu rosto.

-Eu sinto o mesmo Oh-chan...

-É mesmo?

-Sim – baixou o rosto e beijou o peito de Satoshi. – Eu amo você desde que eu o conheci...

-O que não o impediu de ter outros relacionamentos...

Não foi uma censura, e sim apenas um comentário. Nino entendeu aquilo e respondeu, com sinceridade.

-Não foi fácil, de início – contou -, quando notei que amava você... – explicou. – Eu era um garoto, e queria ser como todos os outros garotos... não entendia o porquê de sentir sentimentos tão estranhos pelo meu melhor amigo...

-Devia ter me contado isso antes...

-Senti receios. Você era três anos mais velho do que eu... Achei que fosse rir de mim...

-Eu nunca faria isso!

Nino lambeu o mamilo de Ohno, e o loiro ofegou.

-Kazu-chan...

-Nunca quis magoar você, Riida...

A mudança de expressão de Ninomiya foi à deixa de Satoshi para iniciar o assunto pendente entre eles. Já haviam satisfeito as necessidades sexuais que sempre os perturbavam quando estavam sozinhos, então chegara à hora de resolver também a outra questão.

-Foi essa sua tentativa de negar a si mesmo o que sentia por mim que o colocou em apuros nos Estados Unidos?

Nino remexeu-se sobre o corpo de Ohno e então pendeu para o lado. Satoshi virou-se para o amante, e eles ficaram frente a frente, deitados, encarando-se.

-Quando surgiu a proposta para fazer o filme – Nino começou -, nossos fanservices estavam saindo do controle...

-Eu sei – Ohno recordou que algumas vezes os dois quase se beijaram-se de verdade no palco.

-Então eu achei que estar longe de você, em outro país, me daria a chance para provar a mim mesmo de que o que acontecia entre nós era só fruto da nossa proximidade excessiva.

-Mas então você percebeu que não era...?

-Eu passava todas as minhas folgas procurando notícias sobre você – confessou. – Ficava na internet tentando assistir os programas que você participava. Morria de ciúme e raiva a cada boato de namoro que surgia...

Nino emudeceu por alguns instantes, como se estivesse voltando ao mesmo sentimento que o atormentava durante aqueles dias solitários no estrangeiro.

-Eu também – Ohno riu. – Os jornais falavam de você o tempo todo... eu lia cada matéria, cada informação... mesmo as que me faziam sofrer...

Nino aquiesceu, compreendendo perfeitamente o que sentia o namorado.

-Foi num dia assim que eu conheci Audrey. Ela era muito simpática, e sabia japonês fluentemente. Durante a filmagem, ela me ajudava muito. Era também muito competente na produção do filme, e você sabe que eu admiro pessoas que se esforçam nos seus trabalhos. Não durou muito e já a considerava uma amiga – ele ergueu uma das mãos e bateu na própria testa. – Como eu fui idiota!

-Por quê?

-Eu contei pra ela sobre você... Sobre nós! Considerei que fosse de confiança, e abri meu coração. Nós estávamos no quarto de hotel que pertencia a ela, e eu já havia bebido demais...

-E o que aconteceu?

-Audrey disse que iria me ajudar. Disse que realmente eu devia me culpar por sentir isso por você, porque este sentimento é negro, sujo...

-Ela disse o quê? – Ohno irritou-se profundamente.

Como aquela mulher tinha coragem de falar sobre o amor que unia Nino e ele? Quem Audrey achava que era para julgá-los?

-Eu estava tão bêbado que fui incapaz de me defender. Só lembro-me de que ela me levou até o quarto, e nós começamos...

-Não quero mais ouvir! – Ohno interrompeu-o. – Eu não quero nem pensar!

-Riida – Nino riu. – Nós não chegamos a fazer nada...

-Vocês não transaram?

-Não vou mentir pra você e dizer que não chegamos a cair na cama e... você sabe...

-Mas você disse...

-Nós não terminamos, Oh-chan – Nino confessou. – Eu não consegui... eu só via seu rosto...

Satoshi suspirou aliviado.

-E depois?

-Depois eu apaguei completamente. Estava tão bêbado que só me lembro de ter acordado na manhã seguinte. Audrey não estava lá, e como eu tinha uma gravação do filme, tomei um banho, e fui para o estúdio. Só a reencontrei novamente a noite, no meu quarto. Ela estava lá, com fotos...

-Fotos?

-Audrey armou pra mim, Oh-chan...

-Armou como?

-Ela tirou fotos minhas, na cama, nu...

-Eu sei que as fãs ficariam escandalizadas... mas até Aiba-chan já passou por isso...

-Oh-chan...é diferente...

-Diferente como?

-Nas fotos, eu estava deitado, e havia drogas do meu lado... Sempre houve boatos sobre drogas na JE, mas nunca provas.

-Drogas?

-Pó branco e seringas...

Aquilo sim seria um escândalo! Ohno arregalou os olhos e percebeu imediatamente por qual tipo de chantagem Ninomiya estava passando. Se aquele tipo de material caísse nas mãos da imprensa, a pressão da sociedade seria tão grande, que Nino provavelmente seria expulso da JE e, consequentemente, do Arashi.

-Nino-chan...

-Audrey me obrigou a ser seu namorado durante todo o tempo restante da filmagem. Todos lá acreditavam que nós tínhamos algo... E quando finalmente eu pude voltar ao Japão, iludi-me de que a chantagem terminaria. Nunca passou pela minha cabeça de que ela me seguiria até Tókio.

-E quando ela veio atrás de você – Ohno completou –, estávamos juntos...

-Eu não queria colocá-lo nessa situação, Oh-chan... então eu fingi que não te amava...

-Ela ainda está com as fotos?

-Não tenho idéia. Já entrei no quarto de hotel dela escondido, mas não achei nada. Sei que as trouxe consigo, pois ela mesma me mostrou durante uma discussão.

-Precisamos achar essas fotos e destruí-las.

-E se existir cópias?

-Cópias podem ser adulteradas. Sempre poderemos negar... e existem especialistas que irão ficar do nosso lado. O problema são as originais.

Nino remexeu-se na cama e aproximou o corpo de Ohno, buscando seu conforto.

-Eu acho que ela tem um cúmplice... - confidenciou.

O líder assustou-se.

-Por que diz isso?

-Audrey sabe sobre Sho-san e Aiba-san, mesmo sem nunca tê-los vistos juntos em situação romântica, ou eu ter comentado sobre eles...

-Você quer dizer... alguém de dentro da televisão em que trabalhamos?

-Exato...

Ohno suspirou alto.

-Que problemão! – reclamou.

-Me perdoa, Riida...

Levando a mão ate o quadril de Nino, Ohno apertou-lhe o bumbum.

-Ainda não sei como... mas vou tirar você dessa confusão...

-Oh-chan...

-Aconteça o que acontecer, você é meu e não posso deixar que o tirem de mim...

Nino lambeu o lábio inferior de Ohno.

-Que bom! Sei que você sempre cumpre suas promessas...

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://josianeveiga.livejournal.com
Nara
Johnny's senior
Johnny's senior
Nara

Feminino
Número de Mensagens : 2833
Idade : 34
Localização : São Paulo/SP
Emprego/lazer : bióloga
Unit Favorita : NewS, Arashi, Kanjani8, V6
Data de inscrição : 26/05/2009

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptyTer Nov 03, 2009 9:37 pm

Waaaaa cap maraaa esses *------*
Gente essa reaçao do Ohno, oq foi isso? *---------------*
nossa mto bom o jeito q ele pos essa vadia p/ correr
Da-lhe riida
Yeeess
*sai correndo pela casa d tanta felicidade*
Citação :
Sim, ele também era um bom ator. Posteriormente, as fãs do Arashi iriam ver aquele mesmo olhar em um personagem chamado Naruse, que lhe daria inúmeros prêmios por interpretação
Ohno é excelente *------*
aiai ainda nao vi esse dorama, ms ainda verei ^^
hsahshahshahsa essa cena d ciume do Nino ao ver o Jun c/ o Ohno, nhaaa ms foi tao fofinho tbm ^^
OMG' entao é essa a chantagem ?
Aaaaaa ms é uma vadia msm, da pior especie
Ms é mto bom o Ohno finalmente saber oq está havendo c/ o Nino e é mto bom p/ nós leitoras tbm, nao fazia ideia do motivo da chantagem
Essa Audrey sabe mto bem enganar as pessoas hein, esperta ms um dia a mascara cai haha ai é q eu qro ver
Maaaaiiis
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://micellanews.blogspot.com/
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
Josiane Veiga

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 36
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptyTer Nov 03, 2009 10:18 pm

Naraaaa
É sim.. Ohno é muito bonzinho, mas como o texto msm disse... Audrey tentou tirar o Nino dele... e isso ele nao perdoa...
Amiga, eu sou suspeita pra falar, pois Maou é meu dorama favorito, mas eu indico muitooooo... pra mim, é o dorama perfeito... principalmente pq Naruse nao tem par romantico, apesar de ter uma guria lá que é apaixonada por ele...

Amigaaaa... mto obrigada pelo carinho e pelo incentivo^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://josianeveiga.livejournal.com
Bah Wakabayashi
Johnny's trainer
Johnny's trainer
Bah Wakabayashi

Feminino
Número de Mensagens : 252
Idade : 26
Localização : Brasil, São Pulo, capital
Emprego/lazer : Auxiliar de lingua japonesa
Unit Favorita : Arashi *--* amo mais que tudo <3
KAT-TUN, NEWS, SMAP e TOKIO
Data de inscrição : 13/06/2009

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptyQua Nov 04, 2009 12:30 am

Capitulo novo *----------------------------------------------------------*

/entrei no pc escondido de novo... anum tem jeito u_u

nem Amei o capitulo... só li ele umas duas vezes...

Oh-chan tomo as redeas ... quero ver quem vai arrumar encreca com ele... com o Nino-chan ninguem meche XD

Aiba se estressou rapida... fikei com dó do Sho-chan...

Momento Juntoshi e momentos banda *----------* nem amei tembem...

A audrey vai se lascar agora aaaaaaaa se vai ò.ó Riida vai bota ela no lugar dela /o/

nem morri no Momento Naruse (pessoa aki ja viu o dorama) ... eu tenho medo do Oh-chan quando ele tah no modo MAOU /fato

a audrey devia é ter saido correndo ¬¬

oq será q vai acontecer... oq será?? fiquei curiosa...

CAPITULO MAIS QUE PERFEITO JOSY /o/

<3
Voltar ao Topo Ir em baixo
MiiHirano95
Administrador
Administrador
MiiHirano95

Feminino
Número de Mensagens : 1217
Idade : 24
Localização : MOGI DAS CRUZES -SP
Unit Favorita : NEWS
Data de inscrição : 16/03/2009

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptyQua Nov 04, 2009 3:05 am

GEEEEEEEEEEEEEENTE
o Ohno agindo como líder o_o
realmente.. isso me deixou mt surpresa. não sei porque
e mano, imaginei a cena.. os dois deitados, um de frente com o outro
numa cama mega confortavel
o Nino se abrindo com o Ohno, tão bunitin *-*
um momento tão intimo deles.
a chantagem O:
aquela Audrey vadia :@

AAAAAAAAAAA, AMEI DE PAIXÃO ESSE CAPÍTULO.
AMEI MEEEEESMO <3


[END] - Rendição - Página 9 Cpiadenewscalendar20101
Voltar ao Topo Ir em baixo
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
Josiane Veiga

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 36
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 EmptyQua Nov 04, 2009 2:22 pm

Bah Wakabayashi escreveu:
Capitulo novo *----------------------------------------------------------*

/entrei no pc escondido de novo... anum tem jeito u_u

nem Amei o capitulo... só li ele umas duas vezes...

Oh-chan tomo as redeas ... quero ver quem vai arrumar encreca com ele... com o Nino-chan ninguem meche XD

Aiba se estressou rapida... fikei com dó do Sho-chan...

Momento Juntoshi e momentos banda *----------* nem amei tembem...

A audrey vai se lascar agora aaaaaaaa se vai ò.ó Riida vai bota ela no lugar dela /o/

nem morri no Momento Naruse (pessoa aki ja viu o dorama) ... eu tenho medo do Oh-chan quando ele tah no modo MAOU /fato

a audrey devia é ter saido correndo ¬¬

oq será q vai acontecer... oq será?? fiquei curiosa...

CAPITULO MAIS QUE PERFEITO JOSY /o/

<3

Bahhhhhhhhh

Miga, fiquei emocionada com seu comentario (como sempre)...
Menina, sabe que enquanto eu fazia a cena, eu imaginei o Naruse ali, aquele olhar Maou dele, encarando a Audrey. Tadinha da minha vilã...kkkkkk... mas foi mto bom!!!! Tipo, AQUI tem um fanvid no Naruse com o Nino... me inspirei mto nesse video pra fazer essa cena^^ depois da uma olhadinha^^ hehehe

A fanfic agora vai pra Sakuraiba, mas Ohmiya também terá seus momentos... hehehe
Mtooo obrigada flor por todo o incentivo^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://josianeveiga.livejournal.com
Conteúdo patrocinado




[END] - Rendição - Página 9 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 9 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[END] - Rendição
Voltar ao Topo 
Página 8 de 17Ir à página : Anterior  1 ... 5 ... 7, 8, 9 ... 12 ... 17  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Johnnys Brasil :: Off Topic :: Free your mind-
Ir para: