★ Johnnys no Brasil ★
 
InícioInício  PortalPortal  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe
 

 [END] - Rendição

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 6, 7, 8 ... 12 ... 17  Seguinte
AutorMensagem
Sayuka
Moderador
Moderador
Sayuka

Feminino
Número de Mensagens : 674
Idade : 31
Localização : Rio de Janeiro
Unit Favorita : KAT-TUN - Arashi - News
Data de inscrição : 04/05/2009

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptyTer Set 22, 2009 12:20 am

Citação :
Não abuse da minha paciência... não se esqueça que eu posso destruir sua vida, sua carreira e ainda prejudicar seus amigos...
AAAAAH HAAA EU SABIA!!! Num era possivel que ele estivesse namorando com essa víbora por vontade própria... tava "na cara" que ela tinha ele nas mãos por algum motivo! Só quero saber qual....

Citação :
Não resistiu, não é? Não te culpo! Ele realmente é um pedaço de mau-caminho.
Nesse ponto sou obrigada a concordar com ela... ele realmente é um pedação de mau-caminho *¬*

Citação :
Matsumoto Jun, que havia chegado ao estacionamento um pouco antes de Ninomiya - e que, vergonhosamente, havia se escondido atrás de um pilar quando notou o tom da conversa do casal - agora parecia extasiado.
hauhauhuahua vo contratar o Jun como meu espião particular!!! Pq no treinamento tá ótimo hauhauahuahuahuaa

Citação :
-Minha comida não é muito boa...
-Eu adoro sua comida...
-Mas talvez eu não esteja a fim de cozinhar hoje – provocou.
-Vai me fazer implorar?
-Você bem que merece...
Noooossa adoro esses diálogos com duplo sentido hahahahaha MTO bom!!!
E é muito bom ver essa cumplicidade de volta com eles *_* pena que essa v*** vai tentar atrapalhar eles.... de novo alguma coisa ¬¬' espero que ela nao consiga!!!

Citação :
Tudo estava saindo de acordo com os seus planos e isso era bom. Logo teria tudo que sempre ambicionou.
Que planos são esses? destruir o Arashi?! ¬¬'

Citação :
A pessoa do outro lado da linha riu alto.
-Fazia muito tempo que eu não à via com tanta raiva... – observou.
-Masaki Aiba e Sakurai Sho ousaram me enfrentar, e agora sofreram as conseqüências.
-Espero nunca ser inimigo seu! – a outra pessoa disse. – Você é maquiavélica.
Po eu nem imaginava que ela era maquiavélica ¬¬'
Enfim... num sei pq eu tenho a sensação que essa criatura é alguem que eu não posso falar pq se eu tiver certa vai ser um spoiler e a Josi vai me matar e a historia vai parar e eu nao quero que ela pare! EITA viajei agora bonito!!! O.O Enfim... acho que sei quem é...

Realmente o cap foi mais curto sim, mas foi tão cheio de revelações Josi, que nem percebi XD Foi mto interessante!! Já não quero mais matar o Nino depois de ler esse cap XDDDD~
Espero ansiosa pelo próximo!! ;D
bjs Wink


[END] - Rendição - Página 7 Sayukachan03

by: Misakiti =)
Voltar ao Topo Ir em baixo
MiiHirano95
Administrador
Administrador
MiiHirano95

Feminino
Número de Mensagens : 1217
Idade : 24
Localização : MOGI DAS CRUZES -SP
Unit Favorita : NEWS
Data de inscrição : 16/03/2009

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptyTer Set 22, 2009 2:36 am

O_O
que medo e raiva dessa Audrey.
pensava que ela só mais uma idiota
que queria ser famosa, então procurou algum secredo do Nino
e usou isso contra ele >_>

mais tá
esse cap. foi mara *-*

parabéns


[END] - Rendição - Página 7 Cpiadenewscalendar20101
Voltar ao Topo Ir em baixo
yumichan
Johnny's senior
Johnny's senior
yumichan

Feminino
Número de Mensagens : 1126
Idade : 27
Localização : São Paulo
Unit Favorita : NEWS, Hey!Say!JUMP, KAT-TUN, Arashi, Kanjani8 ...
Data de inscrição : 08/12/2008

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptyTer Set 22, 2009 4:32 am

Josi!!!
Gomen fiquei um tempo sem ler aqui! mais agora estou de volta, e já li os capituloss!
"que medo e raiva dessa Audrey.
pensava que ela só mais uma idiota[2]"
pensava que a Audrey, só era uma mulher fesca e chata
mais na verdade ela está chantagiando Nino....>< odeio mais ainda ela!
*vc escreve muitooooo bem!!*-*

esperando o próximo capitulo!xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
Josiane Veiga

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 36
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptyQui Set 24, 2009 5:23 pm

Rendição

Capítulo XV

Por Josiane Veiga

Nota da Autora: Entrei de vez na mania de Journal... Impulsionada por Ohmiya, criei o meu próprio, e pretendo dedicar o espaço virtual somente a essa paixão^^

Quem quiser acessar: josianeveiga.livejournal.com

Estava pensando ontem o quanto é louco escrever yaoi. Tipo... estava tranquilamente escrevendo meu amado livrinho, já no cap 17... quando resolvi escrever Rendição. Pretendia que o fic tivesse 6 (SEIS) Capitulos e nao se arrastasse muito. Calculava que em um mês estivesse pronto e eu pudesse voltar para a Insignia tranquilamente. Bom... acabo de completar o capítulo 15, e não tenho previsão para terminar. Gente... Ohmiya é viciante, sem dúvidas!!!! Obrigada pelo carinho de todos que estão acompanhando, é muito emocionante cada comentário, não tenho nem palavras para agradecer^^ Apesar do tema ser polêmico pois envolve homossexualidade e bissexualidade, fui muito bem recebida pelo fandom. Obrigada a todos do Arashikut, Nyah, FFsol, FFnet e Jonnhys Brasil^^

Enfim, espero que gostem do novo cap ^ .^




Aiba deslizou os dedos pelos músculos firmes das costas de Sho. O moreno dormia de bruços em sua cama, e não notava a carícia. Masaki sorriu instantaneamente. As unhas fizeram riscos circulares enquanto a mente divagava na aparência de Sakurai. Ao contrário de Masaki, Sho não era belo de forma angelical, e sim de uma beleza máscula, quase agressiva. E, realmente, o lado negro de Sakurai surgiu enquanto estavam brigados. Isso fazia agora Aiba pensar que desejava nunca mais se tornar antagônico a Sho, pois o olhar de raiva de Sakurai poderia machucar de forma demasiada.

-Aiba-chan...

O murmuro de Sakurai fez Masaki perceber que o namorado acordara. Isso era positivo, pois haviam saído apenas para almoçar. Logicamente, os planos daquele curto horário de folga não era apenas a alimentação, então, consequentemente, ainda não haviam comido e precisavam voltar ao estúdio para gravar um bloco do programa.

-Você já cochilou bastante... – murmurou Aiba. – Vamos nos vestir e ir trabalhar?

-Quero ficar assim pra sempre...

-Vamos vir pra cá no final da tarde? Agora precisamos voltar ao estúdio.

-Não quero voltar – Sakurai negou, maliciosamente, virando-se de lado. – Quero ficar aqui com você...

Os olhos de Aiba observaram todos os cantos do corpo maravilhoso de Sakurai. Entretanto, suspirou e negou-se ao prazer:

-Não podemos e você sabe!

-Vamos ser irresponsáveis só hoje – ele provocou, deslizando o braço na cintura de Aiba e puxando o outro contra seu corpo.

-Já fomos irresponsáveis e já estamos atrasados!

-Temos que colocar todo o tempo que ficamos separados em dia...

-Teremos muito tempo pra fazer sexo! Agora vamos trabalhar!

Sorrindo, Sakurai resolver agir de forma a fazer Aiba negar as próprias palavras. Beijando o pescoço do amante, ele começou a acariciar o loiro com as mãos. Logo as coxas também se espremeram contra Aiba e, assim que Masaki gemeu, Sho soube que havia vencido aquela questão.

-Você é tão lindo... – Sho suspirou.

As bocas uniram-se naquele instante, exigentes. Porém, desgrudaram-se assim que um tremor na lateral da cama provocou um som estridente.

-Seu celular, Sho-kun...

Irritado, Sakurai pegou o aparelho que estava na mesinha, e, ainda tendo o namorado nos braços, olhou no visor:

-É Jun-chan! – avisou a Masaki.

-Atenda.

-Não!

-Atenda! – Aiba insistiu.

Praguejando, Sho apertou a tecla verde e recepcionou a ligação:

-Alô?

-Aiba e você têm a noite inteira para matarem a saudade! Venham agora pro estúdio!

O tom da voz de Matsumoto fez Sakurai sentar-se na cama.

-O que aconteceu?

-Algo grave!

-Fala logo, Jun-kun!

-Não dá pra falar pelo telefone. Saíam da cama e venham já pra cá!

O som agudo e continuo que o aparelho emitiu fez Sho perceber que Matsumoto havia desligado o telefone.

-Temos que voltar... – avisou a Aiba.

-O que aconteceu? – o rosto do loiro demonstrava clara preocupação.

-Não tenho idéia, mas Matsumoto parecia apreensivo.

Masaki levantou-se imediatamente e pegou as roupas espalhadas pelo chão. Caminhou rapidamente até o banheiro. Em segundos já estava embaixo do chuveiro. Queria lavar-se logo para poder ir ter com os amigos. Tinha um mau pressentimento em relação àquela ligação de Jun.

Entretanto, os planos sofreram uma ligeira modificação ao perceber que Sho entrava no chuveiro com ele.

-... é pra economizarmos tempo... – gracejou Sho, vagarosamente.

A risada de Masaki ecoou pelo box.

~~~~~~~~0000~~~~~~~~

Os quatro membros do Arashi encaravam Kazunari Ninomiya. O clima tenso era tão pesado que até mesmo o cachorro Junior não se mexia observando os humanos de um canto do camarim.

-Quando você decidiu isso? – Ohno perguntou, a voz mal conseguindo sair da boca.

Nino não ousava observar Riida. Ele podia enfrentar o olhar dos outros, mas o desgosto da pessoa que ele amava era forte demais.

-Já tem algum tempo – respondeu, baixo.

-Eu não acredito que você vai fazer isso com a gente! – Sakurai explodiu. – Nós cinco somos o Arashi! Não podemos continuar sem você!

-Gomen... – murmurou Kazu.

Sair do Arashi. Abandonar o Arashi. Não ver mais os amigos. Não pertencer mais àquela família. Nunca mais rir das basbaquices de Aiba, irritar-se com a forma polida de Jun, admirar Sakurai e, principalmente, estar próximo de Satoshi. Quando a boca comunicou aos amigos que deixaria a banda, ele mal conseguia acreditar no que os próprios lábios diziam. Mas precisava... Não tinha escolha.

-Eu irei cumprir os contratos mais próximos e pagarei a multa da rescisão dos outros – disse, frio.

-Não é a mesma coisa! – gritou Sho. – As pessoas contratam o Arashi e não a nós individualmente. Apesar de termos nosso valor como artistas, o que realmente conta é a banda!

-Eu lamento, Sho-kun...

-Você não vê? – Sakurai interrompeu-o – Não estou falando de dinheiro! Estou falando da gente! Sempre estivemos juntos, somos mais que amigos!Eu não estou acreditando que você pensa em abandonar a gente por causa de fama internacional!

Queria dizer a Sakurai que o amor por eles era mais importante do que algum contrato de Hollywood, mas não podia. Virou os olhos e viu Audrey, sentada quieta em um canto. Ela estava maravilhada, feliz com toda aquela discussão. Sua raiva por aquela mulher aumentava a cada dia.

Quando voltou os olhos novamente para Sakurai, notou o mesmo completamente abatido. O rapper então retirou-se do camarim. Aiba o seguiu silenciosamente e permaneceu ali apenas o membro mais velho e o membro mais novo do Arashi.

-É por causa dela? – perguntou Jun, indicando Audrey com a cabeça.

Era. Mas Nino não podia responder com a verdade.

-Não – mentiu. – Estou apenas pensando no meu futuro.

Assentindo com a fronte, Jun pareceu entender. Aquilo surpreendeu Nino. Matsumoto sabia de algo?

-Independente da sua decisão, eu sempre vou te amar – disse Jun, admirando Nino. – Eu só queria que você também amasse o suficiente para ter confiança...

Diante daquelas palavras, tudo que Nino podia fazer era manter-se calado. A mente ordenava-lhe que gritasse a verdade para os amigos naquele instante, mas ele não tinha coragem. Por causa de sua irresponsabilidade, colocara o futuro de todos em perigo e agora tinha que se sacrificar para não prejudicá-los.

Quando Jun também saiu do camarim, ele quase desabou. Nunca havia pensado no quanto se importava com Matsumoto e com a opinião dele sobre si. Via agora que amava Jun e não queria decepcioná-lo. Infelizmente, não tinha escolha...

Voltou os olhos então para o último membro da banda que restara ali: Satoshi. Evitava encarar Ohno para não colocar tudo a perder, mas sabia que, naquele instante, não podia fugir.

-Eu sempre achei que seu talento para atuar era grandioso... – Ohno murmurou. – Quero que seja feliz...

Dizendo isso, saiu rapidamente. No entanto, Nino percebeu pequenas lágrimas nos olhos negros. Aquilo derrubou o mais jovem e ele sentiu-se destruído. Podia suportar tudo na vida, menos ferir Ohno.

-Que cena lamentável... – a voz feminina alcançou-lhe. – Lamentável e suja!

Voltando os olhos para a mulher, Nino arqueou as sobrancelhas.

-Você tem o costume de dizer isso – o rapaz observou. – Fala assim da relação de Aiba-san e Sho-san. Também diz isso de Ohno...

-E não estou certa? – ela cortou-lhe as palavras. – Dois homens juntos não é sujo? É antinatural! Pergunte a qualquer pessoa normal e verá que concordaram comigo!

-Eles se amam! – Nino irritou-se.

-Aquilo não é amor, é uma anomalia.

Tentando conter o tremor nas mãos, Nino aproximou-se de Junior e afagou a cabeça do cão. Também apegara-se ao cachorro durante o tempo em que manteve um relacionamento com Ohno, pois o cão costumava permanecer em seu apartamento.

-Cuide bem de Oh-chan... – balbuciou ao bicho.

-Oh, por favor! – Audrey irou-se. – Pare com isso! Você deve esquecer esse amor absurdo e viver na realidade. É um homem tão fascinante!

Aquilo era um elogio? Nino não conseguia ver nada de bom vindo da morena. Levantando-se do chão, ele encarou-a.

-Eu nunca vou amar você – preveniu-a.

-Vai sim – ela riu. – É questão de tempo e você ainda vai me agradecer por tudo que estou fazendo!

-Você é louca!

-Sou, por você – ela aproximou-se de forma sedutora. – Lembro-me da forma com que você faz amor...

O rosto de Kazu era uma mascara inexpressiva.

-Como você tem coragem de me dizer isso? Sabe bem o que aconteceu naquela noite!

-Mas foi bom! – ela beijou os lábios de Kazunari de forma delicada. – Vamos ser felizes juntos, nos EUA.

-Nunca seremos felizes juntos!

-Quando você fala assim – ela gemeu -, eu sinto uma vontade absurda de provar-lhe de que está errado.

Enfurecido com aquela colocação, Nino empurrou a mulher e saiu porta afora, ansioso para ficar longe dela. Caminhou como um cego sem direção, e quando deu-se por conta, estava dentro de um estúdio vazio, observando as paredes da sala desocupada.

-Nino-san...

A voz que o chamou era carinhosa. Mas ele não tinha coragem de voltar-se para o dono da mesma.

-Deixe-me sozinho...

-Eu não posso – respondeu Jun.

Suspirando, Kazu voltou-se para o amigo.

-Eu sei que aquela americana o está chantageando...

-Não tenho idéia do que você está falando...

-Eu ouvi a conversa de vocês no estacionamento!

Diante daquele fato, Nino notou de que nada mais adiantaria fingir.

-Não conte aos outros - pediu.

-Por que não?

-Prometa-me de que não vai contar aos outros!

-Inferno! Diga-me o que você fez para que essa mulher o tenha nas mãos!

Mordendo o lábio inferior, Kazunari respondeu:

-Eu cometi um erro. Uma coisa grave que pode manchar a minha carreira, e pode prejudicar a todos vocês.

-Que tipo de erro?

-Foi uma armação...

-Que armação?

-Não posso te contar, Jun-kun.

-E por que ela quer levá-lo aos EUA?

-Audrey ambiciona a fama, entretanto nunca conseguiu seu intento. Começou a trabalhar na produção de filmes, e foi assim que nos conhecemos. Ela crê que o filme que eu fiz vai concorrer ao Oscar e eu vou ficar muito famoso no Ocidente.

-E ela quer o “status” que isso vai dar a você?

-Sim. Aqui no Japão, namorada de artista não é vista com bons olhos. Mas, nos EUA, ela viraria uma atração. Assim, ela acredita, poderá ter fama e logo também se tornara atriz.

-Ela é doente! – Jun reagiu, raivoso. - Quer ter sucesso as suas custas!

-O fato é que ela pode destruir minha imagem no Japão... E quem estiver próximo de mim, poderá ir junto pro buraco!

-Nós começamos o Arashi juntos, e vamos terminar juntos! – Jun disse, pousando a mão no ombro de Kazu.

Negando com a face, Nino disse:

-Você está num dos melhores momentos da sua carreira na dramaturgia. Seu novo dorama é um sucesso. Aiba está trabalhando em um novo projeto para a televisão, Sho quer se tornar jornalista... e Oh-chan vai expor seus quadros logo. Como eu poderia destruir o que vocês construíram tão arduamente?

-Você vai destruir nossos corações se nos abandonar.

-Vai ser melhor assim... – Nino retorquiu. – No Ocidente, o que fiz não teria a menor importância. Lá é outra cultura e as pessoas não iriam se importar... logo eu iria me livrar da Audrey, pois as chantagens dela não teriam cabimento.

-A caminhada do Arashi é NOSSA! – Jun insistiu.

Ignorando aquelas palavras, Nino olhou profundamente para Jun:

-Vai cuidar do Oh-chan?

-Está desistindo tão fácil assim?

-Prometa-me de que não vai fazê-lo sofrer.

-Ohno-san só ama você...

-E eu amo a ele. Entretanto, não trouxe nada de bom pra ele. Quero que o Riida seja feliz!

-Não acredito que esteja falando isso. Você sempre foi ciumento e egoísta!

-Eu sei que vou sofrer quando vê-lo com outra pessoa: independente de quem seja. Porém, também desejo muito que ele encontre alguém que possa amá-lo livremente, que cuide dele...

-Ele nunca vai dar o coração a ninguém que não seja você.

Suspirando, Nino então respondeu:

-Uma troca justa, afinal. – Nino murmurou, triste. - Já que o meu é totalmente dele.

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://josianeveiga.livejournal.com
Nara
Johnny's senior
Johnny's senior
Nara

Feminino
Número de Mensagens : 2833
Idade : 34
Localização : São Paulo/SP
Emprego/lazer : bióloga
Unit Favorita : NewS, Arashi, Kanjani8, V6
Data de inscrição : 26/05/2009

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptyQui Set 24, 2009 5:51 pm

Citação :
Calculava que em um mês estivesse pronto e eu pudesse voltar para a Insignia tranquilamente. Bom... acabo de completar o capítulo 15, e não tenho previsão para terminar. Gente... Ohmiya é viciante, sem dúvidas!!!!
É viciante msm
ah p/ mim nao tem problema algum d nao ter previsao p/ acabar xD

Nhaaiii q cap triste TToTT
achei tao bonito o Jun ir la flar c/ Nino *---*
Audrey malditaa
fazer isso c/ o Arashi naaaaoooo
Arashi acabar [END] - Rendição - Página 7 595867 naaaaaooo
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://micellanews.blogspot.com/
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
Josiane Veiga

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 36
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptyQui Set 24, 2009 5:55 pm

Nara escreveu:
Citação :
Calculava que em um mês estivesse pronto e eu pudesse voltar para a Insignia tranquilamente. Bom... acabo de completar o capítulo 15, e não tenho previsão para terminar. Gente... Ohmiya é viciante, sem dúvidas!!!!
É viciante msm
ah p/ mim nao tem problema algum d nao ter previsao p/ acabar xD

Nhaaiii q cap triste TToTT
achei tao bonito o Jun ir la flar c/ Nino *---*
Audrey malditaa
fazer isso c/ o Arashi naaaaoooo
Arashi acabar [END] - Rendição - Página 7 595867 naaaaaooo

Nara, to rindo mto da sua figura tensa..kkkk..hauahuahauhauaha
Pois é... ela nao tem dó de destruir nada pra conseguir o que ela quer... vilã mais clichê impossivel..auhauahuhua

Muitooo obrigada pelo carinho flor
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://josianeveiga.livejournal.com
Nara
Johnny's senior
Johnny's senior
Nara

Feminino
Número de Mensagens : 2833
Idade : 34
Localização : São Paulo/SP
Emprego/lazer : bióloga
Unit Favorita : NewS, Arashi, Kanjani8, V6
Data de inscrição : 26/05/2009

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptyQui Set 24, 2009 8:38 pm

Perdao o flood ms preciso dizer hehe
Citação :
Nara, to rindo mto da sua figura tensa..kkkk..hauahuahauhauaha
ah Josy ms nao tem jeito, sou assim msm xDD
Tem outro forum q participo e leio as fics la e fico do msm jeito kkkkk
Dou berros aq em csa, grito...aiai é cda coisa q faço hshahshahsha, uma vez ate asustei a minha irmã c/ meu grito shahshahshhas
fico tendo trecos aq em csa haha, minha amiga ja flou q acha isso engraçado xDD
Ms nao tem jeito qdo a fic é boa, nós leitores, nos envolvemos demais, assim cmo o proprio autor. Parece tao real por mais q seja ficçao, o q prende ainda mais o leitor, caso contrario, seria desinteressante
Eu me emociono, choro, dou risada, fico c/ raiva etc qdo leio historias tao interessantes assim e qdo gosto delas, nao tem jeito hehe
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://micellanews.blogspot.com/
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
Josiane Veiga

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 36
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptyQui Set 24, 2009 8:41 pm

Nara escreveu:
Perdao o flood ms preciso dizer hehe
Citação :
Nara, to rindo mto da sua figura tensa..kkkk..hauahuahauhauaha
ah Josy ms nao tem jeito, sou assim msm xDD
Tem outro forum q participo e leio as fics la e fico do msm jeito kkkkk
Dou berros aq em csa, grito...aiai é cda coisa q faço hshahshahsha, uma vez ate asustei a minha irmã c/ meu grito shahshahshhas
fico tendo trecos aq em csa haha, minha amiga ja flou q acha isso engraçado xDD
Ms nao tem jeito qdo a fic é boa, nós leitores, nos envolvemos demais, assim cmo o proprio autor. Parece tao real por mais q seja ficçao, o q prende ainda mais o leitor, caso contrario, seria desinteressante
Eu me emociono, choro, dou risada, fico c/ raiva etc qdo leio historias tao interessantes assim e qdo gosto delas, nao tem jeito hehe

Flor, eu sou igual!
Eu também entro na cena, vivencio a tristeza do personagem. Já aconteceu da minha mae entrar no meu quarto e me pegar chorando na frente do pc, perguntar o que foi e eu dizer: "é meu texto"..



hauahauhauahuaha

Já entrei até em depressão por causa de um livro que escrevi...rsrsrss
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://josianeveiga.livejournal.com
alepiolhinha
Johnny's junior
Johnny's junior
alepiolhinha

Número de Mensagens : 654
Idade : 27
Localização : Curitiba
Unit Favorita : KAT-TUN, NewS
Data de inscrição : 02/05/2009

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptySex Set 25, 2009 12:24 am

eu qro matar a Audrey '-'
alguem qr me dar uma faca? (a' u.u
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://alepiolhinha.blogspot.com/
MiiHirano95
Administrador
Administrador
MiiHirano95

Feminino
Número de Mensagens : 1217
Idade : 24
Localização : MOGI DAS CRUZES -SP
Unit Favorita : NEWS
Data de inscrição : 16/03/2009

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptySex Set 25, 2009 3:11 am

meu deus do céu.
não acaba nessa parte josi.
por favor *implora*
eu tava mó : WAAAAAAAAA~ NINO, SEU FDP, NÃO FAÇA ISSO /bua.

continua *-*


[END] - Rendição - Página 7 Cpiadenewscalendar20101
Voltar ao Topo Ir em baixo
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
Josiane Veiga

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 36
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptySex Set 25, 2009 2:35 pm

alepiolhinha escreveu:
eu qro matar a Audrey '-'
alguem qr me dar uma faca? (a' u.u

Huahauhauhauahauhauahua
Calma..ela ainda vai fazer um montao de coisas a mais^^ hehehe
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://josianeveiga.livejournal.com
Sayuka
Moderador
Moderador
Sayuka

Feminino
Número de Mensagens : 674
Idade : 31
Localização : Rio de Janeiro
Unit Favorita : KAT-TUN - Arashi - News
Data de inscrição : 04/05/2009

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptySex Set 25, 2009 7:46 pm

Citação :
Mas precisava... Não tinha escolha.
Aff lógico que tinha.... nino burro! ¬¬

Citação :
Diante daquelas palavras, tudo que Nino podia fazer era manter-se calado. A mente ordenava-lhe que gritasse a verdade para os amigos naquele instante, mas ele não tinha coragem. Por causa de sua irresponsabilidade, colocara o futuro de todos em perigo e agora tinha que se sacrificar para não prejudicá-los.
Nino... eu juro que vou sacudir vc até vc voltar ao seu juizo normal! Pelo amor de Deus fala a verdade... é melhor do que vc ficar mentindo.. só piora as coisas e pode piorar a situação em vez de salvar e ajudar todo mundo....

Citação :
-Que cena lamentável... – a voz feminina alcançou-lhe. – Lamentável e suja!
Suja é vc!! sua sua sua sua...... %$#!@(#@*$&%$*(! ¬¬

Citação :
-Eu nunca vou amar você – preveniu-a.
-Vai sim – ela riu. – É questão de tempo e você ainda vai me agradecer por tudo que estou fazendo!
É... ta bom... odeio gente assim ¬¬

Citação :
Huahauhauhauahauhauahua
Calma..ela ainda vai fazer um montao de coisas a mais^^ hehehe
Pq será que eu não gostei disso?! o.o'

Josiiiiiiiiiiiiiii to no aguardo do proximo cap... ta mto bom!!! \o/


[END] - Rendição - Página 7 Sayukachan03

by: Misakiti =)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
Josiane Veiga

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 36
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptySex Set 25, 2009 7:52 pm

Sayuka escreveu:
Citação :
Mas precisava... Não tinha escolha.
Aff lógico que tinha.... nino burro! ¬¬

Citação :
Diante daquelas palavras, tudo que Nino podia fazer era manter-se calado. A mente ordenava-lhe que gritasse a verdade para os amigos naquele instante, mas ele não tinha coragem. Por causa de sua irresponsabilidade, colocara o futuro de todos em perigo e agora tinha que se sacrificar para não prejudicá-los.
Nino... eu juro que vou sacudir vc até vc voltar ao seu juizo normal! Pelo amor de Deus fala a verdade... é melhor do que vc ficar mentindo.. só piora as coisas e pode piorar a situação em vez de salvar e ajudar todo mundo....

Citação :
-Que cena lamentável... – a voz feminina alcançou-lhe. – Lamentável e suja!
Suja é vc!! sua sua sua sua...... %$#!@(#@*$&%$*(! ¬¬

Citação :
-Eu nunca vou amar você – preveniu-a.
-Vai sim – ela riu. – É questão de tempo e você ainda vai me agradecer por tudo que estou fazendo!
É... ta bom... odeio gente assim ¬¬

Citação :
Huahauhauhauahauhauahua
Calma..ela ainda vai fazer um montao de coisas a mais^^ hehehe
Pq será que eu não gostei disso?! o.o'

Josiiiiiiiiiiiiiii to no aguardo do proximo cap... ta mto bom!!! \o/

hUAHAUAHUAHAUA
Neste cap ficou bem claro o quanto ela é preconceituosa ne? Mto da antipatia que ela sent por sho e aiba é por eles serem gays... hehehe
Ela acha que ta salvando o Nino de uma vida suja..hauahauahuaa

Brigadaaa pelo comentario amada
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://josianeveiga.livejournal.com
Bah Wakabayashi
Johnny's trainer
Johnny's trainer
Bah Wakabayashi

Feminino
Número de Mensagens : 252
Idade : 26
Localização : Brasil, São Pulo, capital
Emprego/lazer : Auxiliar de lingua japonesa
Unit Favorita : Arashi *--* amo mais que tudo <3
KAT-TUN, NEWS, SMAP e TOKIO
Data de inscrição : 13/06/2009

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptySab Set 26, 2009 6:57 am

pqp !

eu fiko uma semana fora e tudo muda o.o

morte a Audrey >.< e a qualquer um q atrapalhe Sakuraiba

mais dois capitulos Josy *-------------*

tah cada vez mais viciante e muuuuuuuuuuuuuuuuuito obrigado por continuar a fic *------*

seu trabalho é otimo e eu naum canso nem um poukinho de dizer X]

espero anciosa pros proximos capitulos XD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
Josiane Veiga

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 36
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptySeg Set 28, 2009 6:57 pm

Rendição

Capítulo XVI

Por Josiane Veiga

Nota da Autora: Capítulo especialmente dedicado a Bah, que me inspirou a cena final numa conversa sábado de madrugada. Brigada flor, o capítulo estava completamente travado, e se não fosse por suas palavras eu acho que não teria conseguido terminá-lo.


Masaki Aiba caminhou em passos vagarosos pelo corredor do estúdio. Mastigava um pedaço de chocolate enquanto a mente divagava sobre o término do Arashi. Sim, cria ele, que a banda não poderia continuar depois de um de seus membros saírem. Todos eram igualmente importantes e ninguém jamais poderia substituir Ninomiya.

-Aiba-kun?

A voz que o chamou era do namorado. Virou-se em direção a Sakurai que vinha logo atrás de si. Já fazia dois dias que Kazunari havia comunicado que iria deixar o grupo para seguir uma carreira solo na América, mas os olhos de Sho continuavam mortificados.

-Sho-kun – acenou a Sakurai. – Veio cedo!

-Não estou dormindo bem... – o outro explicou.

-Venha dormir no meu apartamento hoje – convidou, solícito. – Assim, se tiver insônia, terá companhia.

-Você também não tem dormido?

-É complicado pegar no sono quando o futuro parece tão sinistro.

O moreno concordou com a fronte.

-O que está comendo? – perguntou, mudando de assunto.

-Chocolate...

-Me dá?

Masaki olhou ao redor para ver se não havia ninguém por perto. Notando que estavam sozinhos, quebrou um pedaço e colocou nos lábios de Sho. Delirou ao sentir a boca do rapper sugando seus dedos.

-Pare com isso, Sho-kun...

-Você não gosta?

-Gosto muito, mas não deve fazer isso em um lugar público.

Tentando controlar a irritação que sempre o tomava quando Aiba tentava impor limites no relacionamento, Sakurai suspirou:

-Vamos pro camarim?

-Vamos sim! – o loiro riu. – Não deve ter ninguém lá, pois ainda é cedo...

-Isso é bom! – a voz de Sakurai era sugestiva.

Controlando um acesso de riso, Aiba pegou nas mãos de Sho e começou a puxá-lo em direção ao camarim.

-Espere! – Sakurai exclamou. – Esqueci minha bolsa no carro!

O loiro quis sugerir a Sho que depois o outro pegaria a sacola, mas não teve tempo; pois o namorado deu-lhe as costas e saiu correndo em direção ao estacionamento. Arqueando as sobrancelhas, resolveu ir sozinho até a sala privativa deles. Esperaria Sakurai lá.

Quando abriu a porta do local, os olhos encararam surpresos a Touga Jean, o estagiário de Karin. Sorriu instantaneamente.

-Jean-chan! – cumprimentou. – O que faz aqui tão cedo?

-Karin-san me disse que você sempre chega cedo, então adiantei-me e trouxe seu café da manhã.

O sorriso de Masaki foi encantar. O rapaz sorriu na hora, em resposta.

-Arigato!

-De nada! Fico muito feliz em ser útil!

Baixou-se em reverência, e já estava saindo da sala quando parou de forma brusca, colocando as mãos no rosto.

-O que houve, Jean-chan? - O loiro aproximou-se preocupado.

-Oh, não foi nada, só um cisco! Irei ao banheiro lavar o rosto, e ele sairá.

Ainda mantendo o sorriso no rosto, Aiba afastou as mãos do rapaz e disse:

-Bobagem, deixe-me ver! Se eu soprar, o cisco vai sair!

Segurando as duas mãos do jovem, Aiba aproximou o rosto e soprou com força sobre os olhos de Touga. Naquele instante a porta se abriu e Sakurai entrou.

O loiro parou de sorrir ao ver a forma como o amante o encarava. Percebendo o que estava fazendo, soltou as mãos de Jean automaticamente, e explicou rapidamente a Sakurai:

-Ele estava com um cisco no olho.

O olhar feroz de Sho deixava claro que o mesmo não acreditava na explicação.

-Bom, eu agradeço a ajuda, senhor Aiba-kun – falou o jovem. – Com licença.

Rapidamente o mesmo afastou-se do camarim a passos largos. Quando a porta fechou-se, deixando o casal em privacidade, Masaki continuou:

-Não me olhe assim, Sho-kun.

-Assim como? – a voz era fria

-Como se desconfiasse de mim!

O moreno tentou respirar fundo para não explodir. Caminhou então em direção ao armário e lá colocou a bolsa. Em segundos, Aiba estava atrás de si, com as mãos em sua cintura e o rosto na sua nuca.

-Sho-kun...

Por que aquele ciúme doentio? Sabia que Masaki nunca o trairia, então não havia motivos para agir daquela forma. Tentou se acalmar e dizer a si mesmo que precisava controlar sua possessividade.

Quando as batidas do coração se tranqüilizaram, ele virou-se em direção ao namorado, prensando sua cintura com os braços e trazendo o corpo de Masaki para si:

-Gomen... – desculpou-se. – Eu não sei o que deu em mim...

Beijando os lábios de Masaki, permitiu-se brincar com a língua sobre a boca do loiro. O gemido fraco de Aiba foi o indicativo de que a provocação estava saindo do controle.

-Você é tão lindo – murmurou Sho contra os lábios de Aiba. – Todos os olhos sempre se voltam pra você...

-Que besteira, Sho-kun...

-É verdade! - confirmou. - Sinto-me como se precisasse ficar sempre alerta!

-Está me ofendendo! Insinua que eu sou volúvel?

Negando com a face, Sho voltou a beijar os lábios de Aiba antes de responder:

-Não! Claro que não! A verdade é que eu te amo tanto que não posso evitar o medo de que tirem você de mim...

-Isso nunca vai acontecer, Sakurai-san! Eu sempre amei você e sempre vou amar...

Voltaram a se beijar, dessa vez de forma mais intensa. As respirações tornaram-se pesadas e rápidas, deixando vir a tona o quanto de desejo um sentia pelo outro.

-Aiba-kun... – Sho murmurou ao desviar os lábios da boca de Aiba e descer até o pescoço.

-Sim?

-Tranque a porta.

Sorrindo, Masaki cumpriu a vontade do namorado.

~~~~~~~~~~~000~~~~~~~~~~

Kazunari deitou a cabeça no encosto do sofá e fechou os olhos. Havia sido um dia cheio! Desde que comunicara sua saída da banda aos amigos, os olhares tornaram-se inquietantes. Sakurai não escondia a mágoa, Aiba vivia num misto de sentimentos que iam de abraçar Nino ou brigar com ele. Jun, sempre que podia, tentava convencê-lo a contar a verdade aos outros, e Satoshi o evitava.

Sabia que de todos os membros do Arashi, o que mais sofria era o Riida. Era inevitável a dor a Kazu ao ter ciência que era o culpado pelos olhos avermelhados do mais velho. Queria pedir perdão, mas faltava-lhe coragem.

Tamborilou os dedos sobre o tecido do sofá e tentou imaginar o que seria sua vida longe de Ohno. Desde que se conheceram - muitos anos antes - um havia tornado-se o apoio do outro, a força que os amparava. Era um dependente do amor de Satoshi e não saberia o que faria longe dele.

Culpa. Era o culpado! Tudo que passava agora era por única e exclusiva responsabilidade sua! Como se não bastasse a armadilha que caiu na América, quando voltou ao Japão, ao invés de afastar-se de Ohno, acabará aproximando-se ainda mais do mais velho. Seduziu Satoshi, reconheceu. E por sua infração, agora era Ohno que sofria.

-Não pude resistir... – murmurou a si mesmo, tentando se perdoar.

Quando retornou dos EUA, foi ter com os amigos no apartamento de Masaki. A lembrança o assaltou de repente ao recordar-se de que, quando saíram do local, havia confessado seu amor a Ohno no carro. Ficara nervoso naquele instante; portanto, concluíra a confissão falando que o amava como amigo. Mas após confessar, o coração não mais o deixou em paz, e não tardou muito para que ele usasse de todas as armas que tinha para atrair Ohno numa armadilha de sexo e paixão.

Saltou do sofá tentando afastar os pensamentos. Caminhou em círculos por alguns instantes na sua sala e então foi até a vidraça que separava a sala de estar da sacada. Observou a noite de Tókio e viu pequenos flocos de neve caindo lá fora, alheios aos seus pensamentos.

-O que você está fazendo agora, Oh-chan?

O pensamento foi interrompido pela campainha. Surpreso por alguém ter ido visitá-lo àquela hora, foi até a porta e abriu-a. Pasmo, encarou o rosto de Satoshi Ohno.

-Oh-chan... - murmurou.

Ohno ainda tinha os olhos vermelhos. Devia ter chorado, pensou Nino, sentindo como se aquele fato tivesse lhe arrancado o ar dos pulmões.

-Posso entrar?

Nino deu passagem. O mais velho adentrou no local devagar, como se calculasse cada passo. O coração de Kazunari acelerou. Estavam sozinhos novamente, em seu apartamento, local onde alguns dias antes haviam se amado com paixão.

-Por que está aqui? – perguntou, fechando a porta. – Achei que havia explicado tudo a você na última vez.

Os olhos de Satoshi voltaram-se para ele, e Ninomiya foi incapaz de manter o olhar. Baixou a fronte e continuou, constrangido.

-Eu amo a Audrey, Oh-chan – mentiu. – E não vou traí-la.

-Desculpe se você entendeu mal a minha visita... – Ohno falou apressadamente, a voz forçada, dolorida. – Não vim aqui para...

-Pra que veio então? – Nino o interrompeu.

Inferno! Ficar próximo de Ohno não era bom! Não naquele momento! Se fraquejasse, só faria Riida sofrer ainda mais!

-Se você quer sair do Arashi por minha causa... – Ohno começou.

-Não! – Kazu o interrompeu novamente. – Não tem nada a ver com você! Será que você é cego? Não vê que agora eu sou um ator internacional e não tenho tempo pra uma banda qualquer? – disse, impiedosamente.

“Saía daqui” , gritava intimamente Ninomiya. “Não quero ferir você! Saía agora!”
O cheiro de Ohno já estava fazendo suas mãos suarem. Queria abraçar o corpo de Satoshi, beijá-lo até a exaustão... amá-lo como se o futuro não importasse!

-O Arashi não é uma banda qualquer! – A voz zangada de Ohno desviou seus pensamentos. – Como você se atreve a falar assim?

-Pra mim o Arashi já é muito pouco! Cansei de todos vocês.

Sabia que suas palavras eram cruéis, e sabiam também que o líder não ficaria imóvel ao ouvi-las. Portanto, como um zumbi imóvel aceitou a bofetada que Ohno deu-lhe no rosto, sem nem tentar defender-se. Quando os olhos levantaram-se para encarar Satoshi, percebeu que o outro chorava.

-Satisfeito? – rebateu a agressão com palavras. – Já que descontou sua raiva, quer ir embora?

-O que deu em você? – Ohno não se deu por vencido. – Por que está fazendo isso conosco? Eu posso entender sobre nós, sua curiosidade sobre sexo e tal... Mas, e nossos amigos? Por que está os fazendo sofrerem tanto?

-Quer ir pro mundo real? Eles sofrem porque vivem na fantasia cor-de-rosa do Arashi! Não percebem que eu sou ambicioso e quero mais pra mim do que a banda!

Ohno aproximou-se novamente de Nino e cutucou-o no peito com o dedo indicador.

-Nunca pensei que me decepcionaria tanto com alguém... – murmurou.

-Isso é pra você aprender a não ser tolo de confiar em todo mundo.

A mão ergueu-se novamente para agredir Ninomiya, mas dessa vez o mais jovem foi rápido e segurou o pulso de Satoshi.

Encaram-se... mediram-se... e então, tão rápido quanto a velocidade de suas respirações, beijaram-se.

Ohno nem ao menos percebeu quando Nino o puxou contra si e espremeu seus lábios sobre a boca do mais velho. O beijo era carregado de tensão e desejo. Não deviam se beijar! Não era praquilo que ele havia ido até Kazu! Mas, por inferno todos os receios, ele não podia simplesmente afastar-se.

Ergueu as mãos e acariciou a nuca de Nino. O moreno gemeu baixinho contra seus lábios, e colou seu corpo ao de Ohno. Todo o sentimento estava exposto em seu corpo, e foi impossível a Satoshi não ficar confuso. Tentou apartar-se imediatamente, mas as mãos firmes de Kazunari o mantinham preso enquanto os corpos esfregavam-se com furor.

-Nino-chan – gemeu em desespero. – Pare!

O membro duro de Kazunari pulsava contra o seu, e mesmo a separação dos corpos pelas roupas, não impedia Ohno de responder de forma passiva ao apelo sexual. O sangue parecia queimar em suas veias e todo o seu ser estava arrepiado. Era um misto de sensações potentes que o desnorteavam.

-Oh-chan... – ouviu Nino o chamando quando as bocas desgrudaram-se. – Oh-chan... Oh-chan... Oh-chan...– gemeu seu nome repetidas vezes.

-Deixe-me ir – pediu Ohno, com a voz quase falhando.

-Fique... – pediu.

-Não! – negou-se. – Solte-me...

-Só mais uma vez, Oh-chan...

-Não...

-Só mais uma vez, faça amor comigo...

-Amor? Temos opiniões diferentes sobre o que é fazer amor...

-Quero sentir seu corpo no meu de novo, Oh-chan...

Pelos céus, como ele conseguiria recusar aquele pedido se passava a noite toda recordando-se da forma como fazia amor com Nino? Os sonhos eram povoados pelo desejo de fundir-se novamente com o mais novo e os gemidos sensuais de Kazunari nunca saíam de sua mente.

Porém, não podia! Não podia simplesmente deitar-se com Nino sabendo o tipo de caráter que agora o companheiro apresentava. Ele amava aquele Kazu que se escondia a noite em sua casa quando os pais brigavam. Amava o Kazu que entrelaçava os dedos nos seus discretamente toda vez que sentia-se carente. Este Kazu de agora era capaz de abandonar os amigos pela fama e dinheiro. O Nino de outrora jamais faria isso!

Abriu a boca para recusar, mas não chegou a fazê-lo. A campainha tocou insistentemente e os dois separaram-se. As bocas estavam úmidas e vermelhas pelos beijos, e a respiração era tão carregada que não teriam como disfarçar o que estava acontecendo. Entretanto, Ninomiya nem pensou nisso ao abrir a porta. Estava igualmente confuso e não sentia a menor vontade de fingir nada.

Audrey entrou no apartamento assim que a porta se abriu. A morena estava bem vestida e maquiada e não aparentava nenhum problema com o frio que fazia lá fora. Seus intensos olhos castanhos observaram atentamente a sala até pousarem sob Ohno, que, nervoso, desviou o olhar.

-Oh, Satoshi! – ela exclamou. – Que surpresa sua visita!

Ohno foi incapaz de responder seu cumprimento.

-Eu já estava de saída – disse simplesmente. – Com licença.

Como se mil demônios o perseguissem, o rapaz cruzou por Audrey e saiu do apartamento de Kazunari. Nino não se atreveu a impedi-lo, e apenas fechou a porta quando sua vista não mais enxergou o amigo.

-O que faz aqui? – ele indagou a ela tão logo trancou a porta.

-Eu perguntaria o que Ohno Satoshi faz aqui a esta hora da noite!

-Ele veio me pedir pra não sair da banda – explicou rapidamente.

-Isso não explica os lábios vermelhos de vocês dois! – ela retorquiu, fria.

Nino ignorou completamente aquela colocação.

-O que faz aqui? – repetiu, angustiado.

Vendo que o rapaz não deixar-se-ia manipular tão facilmente, ela gargalhou.

-Vamos ao cinema – comunicou.

Ninomiya encarou-a, incrédulo.

-Está maluca?

-Quero que sejamos vistos em público.

-Eu não posso ir ao cinema com você!

-Quanta besteira...

-Eu tenho fãs que sofreriam muito se vissem a nós dois juntos!

-Suas fãs terão que me tolerar quando estivermos na América.

-Estou tentando retardar esse momento – ele murmurou.

Suspirando, Audrey sentou-se no sofá.

-Não entendo porque se importa tanto com o que um bando de garotas pensam!

-Eu as amo...

-Ora, então raciocine que pelo menos sou uma mulher! – ela falou, maquiavélica. – Eu me pergunto o que suas fãs diriam se soubessem que você já dormiu com outro homem!

-Quem me ama, ama Oh-chan também!

-Não seja tolo! Amam porque acham que vocês estão brincando quando fazem fanservice! Se vocês assumissem algo, seriam odiados, pois a maioria tem sonhos românticos com os dois!

Confuso por aquelas palavras, Nino foi incapaz de responder. Poderia ser verdade? Perderia o apoio daquelas que sempre estiveram ao seu lado se seu amor por Satoshi se tornasse público?

-Eu não vou ao cinema! – falou, de repente exausto. – Estou com dor de cabeça e irei dormir.

-Como você é sentimental! – ela gracejou. – Está com medo, não? Tem medo de ver seu amado publico se voltando contra você! Tem medo de perder o amor das suas fãs, né?

-Você jamais entenderia... – ele defendeu-se.

-Tem razão! – a morena rebateu, indo a direção da porta. – Não posso entender esse tipo de fraqueza!

Sem mais palavras, saiu do apartamento de Kazunari sem olhar pra trás.

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://josianeveiga.livejournal.com
Nara
Johnny's senior
Johnny's senior
Nara

Feminino
Número de Mensagens : 2833
Idade : 34
Localização : São Paulo/SP
Emprego/lazer : bióloga
Unit Favorita : NewS, Arashi, Kanjani8, V6
Data de inscrição : 26/05/2009

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptyTer Set 29, 2009 12:16 am

Aiaiai esse Jean hein?
Momento Sakuraiba *------*
danadinhos hein? aproveitaram q tavam sozinhos rsrs
Q palavras foram essas q o Nino usou? pô feriu meu coraçao tbm TToTT
Ms o momento Ohmiya *O*
até chegar a desgraçada p/ estragar td :¬¬:
ai cmo ela é malditaa
odeio ela, odeiooo
Mais, mais please
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://micellanews.blogspot.com/
alepiolhinha
Johnny's junior
Johnny's junior
alepiolhinha

Número de Mensagens : 654
Idade : 27
Localização : Curitiba
Unit Favorita : KAT-TUN, NewS
Data de inscrição : 02/05/2009

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptyTer Set 29, 2009 1:46 am

ahhh, tinha q chegar a Audrey pra estragar o momento deles ¬¬
o Nino parece ñ ter sentimentos as vezes qndo ele tenta demonstrar sentimentos QQ
Q palavras foram essas q o Nino usou? pô feriu meu coraçao tbm TToTT [2] T.T
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://alepiolhinha.blogspot.com/
Bah Wakabayashi
Johnny's trainer
Johnny's trainer
Bah Wakabayashi

Feminino
Número de Mensagens : 252
Idade : 26
Localização : Brasil, São Pulo, capital
Emprego/lazer : Auxiliar de lingua japonesa
Unit Favorita : Arashi *--* amo mais que tudo <3
KAT-TUN, NEWS, SMAP e TOKIO
Data de inscrição : 13/06/2009

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptyTer Set 29, 2009 2:39 am

WAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA *-----------------------------------*

nem to feliz com a dedicação sabe... só to pulando de alegria aqui... XD

momento sakuraiba *-* nem amei ... mas teve aquele jean pra atrapalha u.u

to falando pra mim esse joga pro time que quer acabar com a banda ¬¬
não gosto dele ¬¬

momento Ohmiya foi meio triste... sei lah rolo beijo mas... não é a mesma coisa... no fundo os dois tão depremidos T.T
Me iritei junto com o Ohno e me deprimi com ele no final...

ahhhhhhh como eu odeio essa Audrey... ela tah morta na minha mão... quem me ajuda a matar ela ???

ahhh nossa conversa de tres horas serviram de inspiração XD e de fato este é outro assunto polemico XD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
Josiane Veiga

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 36
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptyTer Set 29, 2009 2:52 pm

Nara escreveu:
Aiaiai esse Jean hein?
Momento Sakuraiba *------*
danadinhos hein? aproveitaram q tavam sozinhos rsrs
Q palavras foram essas q o Nino usou? pô feriu meu coraçao tbm TToTT
Ms o momento Ohmiya *O*
até chegar a desgraçada p/ estragar td :¬¬:
ai cmo ela é malditaa
odeio ela, odeiooo
Mais, mais please

Pois é...Jean chegando pelas beiradas...kkk
Acho que esses momentos safados vem tambem do casal ja ter alguns anos de relacionamento..tipo..na fic eles sao amantes a um bom tempo..so q escondido..hehehe

Nino é cruel pra afastar o Ohno... ele na verdade nao quer ferir o satoshi... homens....

Brigadaaaa pelo comentario amada
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://josianeveiga.livejournal.com
Sayuka
Moderador
Moderador
Sayuka

Feminino
Número de Mensagens : 674
Idade : 31
Localização : Rio de Janeiro
Unit Favorita : KAT-TUN - Arashi - News
Data de inscrição : 04/05/2009

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptyQui Out 01, 2009 9:04 pm

Esse Jean.... sinto que vou me irritar profundamente com ele ¬¬'
Momento Sakuraiba *-* nem fiquei feliz *saltidando*
Q palavras foram essas q o Nino usou? pô feriu meu coraçao tbm TToTT [3]
Mas po... realmente o momento Ohmiya de verdade faz falta pq esse eles estão sofrendo né =/
Citação :
ahhhhhhh como eu odeio essa Audrey... ela tah morta na minha mão... quem me ajuda a matar ela ???
Cara... eu te ajudo, só me deixa enforcar ela (eu tenho uma certa fissura por enforcar *-*) De resto vc pode fazer o que quiser huahueahuahe fura o olho com um garfo, soca, chuta, quebra o joelho.... eu ajudo em qualquer ato pra matar essa Audrey ¬¬
Josiane Veiga escreveu:
Verdade... as vezes me pergunto o q teria acontecido se ela não tivesse chegado..hehehe
Confesso que fiquei me perguntando tb o que teria acontecido se a %$@*(@#&*!(%@ da Audrey não tivesse chegado naquela hora................. (L)

Josi, desculpa o post miudinho.... é que to fugindo do estudo pra responder XDD~ prometo no proximo responder legal ;D


[END] - Rendição - Página 7 Sayukachan03

by: Misakiti =)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
Josiane Veiga

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 36
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptyQui Out 01, 2009 9:21 pm

Saykaaaa
Brigada amadaaa pelo comentario^^hehehe.. fiquei mto feliz com ele...
Nossa, eu to atrasada pro prox. cap que nem comecei... mas vai ter mais momentos sakuraiba e mais momentos ohmiya^^ hehehehe

Brigadaaaa flor
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://josianeveiga.livejournal.com
Bah Wakabayashi
Johnny's trainer
Johnny's trainer
Bah Wakabayashi

Feminino
Número de Mensagens : 252
Idade : 26
Localização : Brasil, São Pulo, capital
Emprego/lazer : Auxiliar de lingua japonesa
Unit Favorita : Arashi *--* amo mais que tudo <3
KAT-TUN, NEWS, SMAP e TOKIO
Data de inscrição : 13/06/2009

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptySex Out 02, 2009 10:31 pm

opaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

momentos sakuraiba e ohmiya ? curti curti

o josy sabe q eu notei uma coisinha..... vc tah viciando todo o pessoal do Arashicut tambem né?
tava olhando lah... daki a poko vai ser todo mundo ohmiya forever XD
Voltar ao Topo Ir em baixo
MiiHirano95
Administrador
Administrador
MiiHirano95

Feminino
Número de Mensagens : 1217
Idade : 24
Localização : MOGI DAS CRUZES -SP
Unit Favorita : NEWS
Data de inscrição : 16/03/2009

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptySab Out 03, 2009 5:30 am

aaa Jean
voce de novo 8D'
aaa Audrey
quero tanto te matar (6)

briigada josi, amei
to esperando o próx. capitulo Cool


[END] - Rendição - Página 7 Cpiadenewscalendar20101
Voltar ao Topo Ir em baixo
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
Josiane Veiga

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 36
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptyDom Out 04, 2009 6:25 am

Huahaahauhau

Tomaraaa bahhh

Meninas, so pra constar...cabei o cap 17 e ele nao tera Ohmiya. Somente Sakuraiba. Nossa, chorei escrevendo...to depre..nao vou postar hj... amanhã eu posto...ficou mto triste.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://josianeveiga.livejournal.com
Bah Wakabayashi
Johnny's trainer
Johnny's trainer
Bah Wakabayashi

Feminino
Número de Mensagens : 252
Idade : 26
Localização : Brasil, São Pulo, capital
Emprego/lazer : Auxiliar de lingua japonesa
Unit Favorita : Arashi *--* amo mais que tudo <3
KAT-TUN, NEWS, SMAP e TOKIO
Data de inscrição : 13/06/2009

[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 EmptyDom Out 04, 2009 8:01 pm

O.O

naum me diga que eles se separaram de novo ?


Josiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii >_<


só amanhã o.õ?

shit ¬¬ naum vou poder entrar amanhã... axo q só vou poder ler na quarta então...

se eu sobreviver a curiosidade u_u
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




[END] - Rendição - Página 7 Empty
MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   [END] - Rendição - Página 7 Empty

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[END] - Rendição
Voltar ao Topo 
Página 7 de 17Ir à página : Anterior  1 ... 6, 7, 8 ... 12 ... 17  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Johnnys Brasil :: Off Topic :: Free your mind-
Ir para: