★ Johnnys no Brasil ★
 
InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 [END] - Rendição

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4 ... 10 ... 17  Seguinte
AutorMensagem
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Sex Ago 21, 2009 3:53 pm

yumichan escreveu:
o que sera que vai acontecer com o cachorro!?
hehehehehe xD
*esperando o proximo capitulo* ^-^

Hehehe
Oh-chan j´adotou amadaaaa

Brigada pelo coment.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
MiiHirano95
Administrador
Administrador
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1217
Idade : 23
Localização : MOGI DAS CRUZES -SP
Unit Favorita : NEWS
Data de inscrição : 16/03/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Sex Ago 21, 2009 9:32 pm

WOOOAH 8D
tua fic tá mt meeiga meu *-*
eu quero ler mais.
parabéns joosi


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Sex Ago 21, 2009 9:51 pm

MiiHirano95 escreveu:
WOOOAH 8D
tua fic tá mt meeiga meu *-*
eu quero ler mais.
parabéns joosi


Obrigadaaaaaa flor..é a primeira fic boyband... hehehehe


estou tentando ter o mais bom gosto possivel^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
alepiolhinha
Johnny's junior
Johnny's junior
avatar

Número de Mensagens : 654
Idade : 26
Localização : Curitiba
Unit Favorita : KAT-TUN, NewS
Data de inscrição : 02/05/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Sex Ago 21, 2009 11:56 pm

to curiosa pra saber qm estava com o Aiba,comofas? ;x
HSUAHSAUH os dois os ultimos a descobrir q se amam *-* [amohistoriasassim ;x]
ta mto boa, continua *_*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://alepiolhinha.blogspot.com/
Bah Wakabayashi
Johnny's trainer
Johnny's trainer
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 252
Idade : 25
Localização : Brasil, São Pulo, capital
Emprego/lazer : Auxiliar de lingua japonesa
Unit Favorita : Arashi *--* amo mais que tudo <3
KAT-TUN, NEWS, SMAP e TOKIO
Data de inscrição : 13/06/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Sab Ago 22, 2009 7:18 pm

Cachorinhoooooooooooo *----------------------*

Demorei mais li o cap XD

Otimo como sempre Josi e sinta-se culpada por me viciar em Ohmiya Q

só quero ver o como o Oh-chan vai cuidar do Junior XD vou rir muito nos proximos capitulos XD

mas a melhor parte foi como o Aiba convece as pessoas XD naum ha quem resista FATO
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Seg Ago 24, 2009 4:28 pm

Rendição

Capítulo VI

Por Josiane Veiga

Nota da Autora: Um capítulo um pouco diferente dos demais, pois vou tirar um pouquinho o foco do casal principal (mas logo volta^^). Entretanto, não sei por que, adorei este capítulo. Aliás, estou adorando escrever toda essa história. Ta certo que depois de muito tempo, volto a escrever sem uma revisora (perdão, Paola!) e o texto é cercado de erros gramaticais, ortográficos, etc... Mas, voltar às origens..escrever capítulos curtos... receber comentários doces... tipo... é muito bom! Em alguns sites a história está sendo acompanhada pelos leitores da Insígnia, e a diferença entre as estórias é gritante: uma é séria, dura e dramática. A outra (esta) é leve e divertida. Qual prefiro? Esta. Porque voltei a me divertir..voltei a escrever com tanta inspiração que parece que as palavras simplesmente saltam do teclado e eu mal percebo... está tão bom... tão divertido... voltei a chorar com um personagem... voltei a gargalhar com uma cena... enfim... estou muito feliz... obrigada Ohmiya por me proporcionar isso!



--------------------------------------------------------------------------------

Aiba Masaki adentrou em seu apartamento totalmente alheio ao mundo. Trazia no rosto um sorriso franco de dever cumprido. Havia dado a Ohno um novo amigo, e seus conselhos haviam unido Satoshi a Nino. Preocupado com o cão, Ohno não havia notado o carro de Kazunari parado em frente a sua residência, mas aquilo não passou despercebido a Masaki, que recolheu-se em seu veículo, apenas para dar ao novo casal mais privacidade.

Caminhando devagar, Aiba entrou na cozinha e foi direto a geladeira. Procurou nela ingredientes para preparar um sanduíche. Não havia almoçado e não era seu costume ficar sem se alimentar.

-Achei que fosse almoçar com Ohno-chan...

A voz preguiçosa chegou aos seus ouvidos e fez o loiro virar-se em direção ao som. Encarou a figura que, de pijama, encostava-se no batente da porta.

-Ohno-chan vai almoçar com Nino-chan – falou, despreocupadamente. – Você ainda não foi embora?

Não que se preocupasse com a presença da pessoa que havia dividido a cama durante a noite, mas sabia que o dito não tinha o costume de passar uma manhã toda dormindo enquanto o mundo trabalhava.

-Estou de folga, e não senti vontade de levantar da sua cama...

Aiba sorriu malicioso.

-Está ficando fraco e não agüenta mais meu vigor – provocou.

Como se tivesse recebido uma chamada silenciosa, a outra pessoa atravessou a cozinha e se aproximou de Aiba rapidamente, pegando-o nos braços.

-Há quanto tempo estamos juntos? – perguntou subitamente, enquanto encostava seu corpo quente no loiro.

-Um bom tempo... – Aiba murmurou, deslizando os dedos pálidos pela nuca do companheiro. – Por quê?

Um silêncio incômodo começou a reinar. De repente, Masaki sabia o que a outra pessoa iria dizer apenas olhando para os olhos negros dele.

-Quando você vai me assumir?

O sorriso malicioso morreu na boca de Masaki.

-Já falamos sobre isso...

-Estou cansado de viver de aparências...

-Uma coisa é fanservice... – Aiba repetiu o mesmo discurso das vezes anteriores em que o assunto era pauta. – E outra, muito diferente, é num país como o Japão, eu assumir publicamente que amo outro homem.

Sentindo o aperto no corpo afrouxar, Aiba notou que era solto. Suspirou ao ver o outro dar-lhe as costas e caminhar em direção ao quarto.

-Aonde vai? – perguntou subitamente.

-Vou pra casa – a resposta seca deu-lhe raiva.

Masaki, que sempre tentou atuar com o máximo de controle dentro de seus relacionamentos, viu-se, de repente, caminhando em direção ao outro, irritado.

-Por que sempre tem que agir como criança que não ganha do pai o brinquedo preferido?

-Posso agir como criança diante da circunstância, mas pelo menos não sou covarde! – disse friamente.

No dia seguinte, Aiba lembrar-se-ia com tristeza daquele momento de descontrole. Nem mesmo poderia dizer o que o fez levantar a mão e atingir a face do companheiro. Talvez tivesse sido a acusação, mas aquilo era pouco provável, porque já havia recebido aquelas palavras antes. A verdade, talvez, era que, naquela briga em especial, o amante agia de forma fria, como se tivesse exaurido de esperar pelo outro decidir-se. E aquilo o desesperou.

Notando a face avermelhada, ele tentou tocá-lo, e se desculpar, mas, para seu desalento, sua mão foi renegada.

-Perdoe-me... – murmurou em pânico.

Não houve resposta. Só naquele instante, vendo o amante recolher as roupas e caminhar em direção a saída é que Masaki notou o quanto o amava, o quanto não poderia suportar perder aquele homem.

-Não vá... – ele pediu. – Precisamos conversar.

Foi ignorado mais uma vez.

Há muito tempo, Masaki havia se apaixonado por uma garota que parecia ser especial. Mas ela, num ato covarde, revelou a imprensa dados particulares seus, traindo-lhe. Assim, jurou que jamais deixaria o coração amar tanto novamente. Sempre agia com cautela, evitando entregar-se demais. Prometeu que lágrimas por amor não fariam parte de sua vida e muito menos se arrastaria ao chão por alguém. Entretanto, naquele instante, vendo a porta fechar-se com força, Aiba percebeu que nada o havia preparado para aquele sentimento arrebatador.

-Não vá – ele gritou alto.

As lágrimas quentes deslizaram por sua face, mas ele tampouco as notou. Seus olhos não desviaram nem por um instante da porta, esperando que o namorado voltasse a qualquer momento, rindo e dizendo que a briga não passava de uma brincadeira. Mas, Aiba sabia, aquilo não aconteceria.

Era o fim...

-Não vá... – repetiu, dessa vez num tom mais baixo.

Foi somente após uns dez minutos que Masaki se moveu. Caindo de joelhos no chão, ele permitiu-se chorar com desespero.

-Não me deixe... – sua suplica era tão acanhada que mal ele a ouviu. – Eu te amo tanto... Sho-kun...

~~~~~~~~~~000000~~~~~~~~~~

Uma semana depois...

-Que cheiro é esse?

Jun reclamou do odor assim que colocou os pés dentro do camarim. Ohno virou-se em direção ao amigo levantando as sobrancelhas negras.

-Cheiro? Não sinto nada...

-Seu nariz já deve ter acostumado com esse fedor...

Circulando pelo camarim, Jun logo encontrou a causa do cheiro. Maldita a hora em que Aiba os convenceu que um camarim partilhado iria deixá-los mais próximos e unidos! Agora além de encontrar sempre os tênis de Sakurai atirados pela sala, também teria que suportar o cachorro de Satoshi.

-Ohno-san! Por que você está trazendo seu cachorro ao trabalho?

-Minha mãe não pôde ficar com ele essa semana, pois está fazendo um curso de culinária. Então eu não vejo porque ele não possa me acompanhar...

-Não vê? Ele é um cachorro, Ohno-san!

-Mas nem parece – Ohno defendeu o animal. – Olhe como ele é silencioso e não incomoda ninguém!

As palavras eram verdadeiras e Jun foi obrigado a concordar.

-Mas ele fede – ainda insistiu, após alguns segundos.

-É que ele comeu sardinha ontem no jantar... e eu não sei dar banho!

A face triste de Ohno não comoveu Matsumoto, que passou os dedos pelos cabelos negros e deu as costas ao amigo.

-Peça a Aiba-kun que te ensine! – sugeriu. – Não foi ele que obrigou você a ficar com este animal? Que eu saiba você nem gostava de cachorro!

-Quer parar de ficar dizendo essas coisas na frente do Junior!

Suspirando, Jun levantou as mãos para o céu como se pedisse socorro. Em uma semana, Ohno Satoshi havia se transformado de anti-animais em pai de cachorro, tratando o cão como um rei.

-Tudo que não é parecido com o dono, é roubado... – Jun sorriu ao voltar a olhar ao amigo ao lado do cão.

De fato, o cão era adorável... assim como Ohno.

Satoshi era o tipo de pessoa que encantava a todos com sua forma simples e doce de viver. E Jun não foi exceção. Como poderia não notar aquele sorriso lindo recebendo-o todos os dias, quando entrava no camarim? E o carinho que sempre tratou o mais novo? Ohno era muito mais que um ídolo para Jun, mas o mesmo preferia ignorar este fato, pois reconhecia que não era correspondido da forma como gostaria.

Os pensamentos do membro mais novo do Arashi foram interrompidos pela entrada dos outros três membros. Sho, Aiba e Nino estavam gravando um bloco para o programa que estrearia no horário nobre e chegaram à beira da exaustão no camarim.

-O que houve com vocês três? – foi a pergunta de Jun aos que chegavam.

-Participamos de um experimento que exigia esforço físico – Nino respondeu, atirando-se no sofá ao lado de Ohno.

Não demorou muito para que Kazu virasse-se no sofá, e deitasse com a cabeça no colo de Satoshi. Matsumoto fingiu ignorar a cena, e desviou o olhar, claramente incomodado com aquilo. Caminhou então em direção a Aiba que, sentado na cadeira em frente ao espelho, removia a maquiagem.

-Masaki-kun – chamou o amigo. – Vamos almoçar juntos?

-Hai... – o suspiro de Aiba era triste, abafado.

Mas o que diabos estava acontecendo com aqueles quatro? Ohno e Nino pareciam prestes a se atracar em pleno camarim, Sho não falava nada e olhava feio pra todo mundo, e, para finalizar, o sempre sorridente e saltitante Aiba fazia uma semana que não ria ou brincava com ninguém.

-Você está doente? – Jun perguntou de repente.

Aiba já havia tido um problema de saúde antes, e a simples possibilidade de que o amigo voltasse a se sentir mal, trazia pesadelos a Matsumoto.

-Estou bem.

Kazunari, como se apenas agora se lembrasse da existência do resto do mundo, levantou-se do sofá e foi até Aiba.

-Agora que você disse isso, Jun-chan – falou Nino para Jun -, lembrei-me que hoje Aiba foi o único que não conseguiu completar o exercício físico – contou, preocupado.

Sakurai não ousou olhar para Aiba e continuou mexendo na sua mochila, como se o fato de que Aiba pudesse estar doente não fosse do seu interesse.

-Só estou cansado – Aiba disse, firme. – Preciso de férias.

-Agora? – Jun exclamou. – Estamos prestes a começar uma turnê...

-Eu sei... E é por isso que não saio agora mesmo de férias...

Aquele Masaki sério era uma novidade nada agradável e Jun já estava ansioso para ver o amigo sorridente de volta.

-Vamos Aiba-chan! – Jun pegou no braço de Aiba e o ajudou a se levantar. – Vou levá-lo no melhor restaurante de Tókio! Tudo por minha conta!

Kazu observou a reação de Matsumoto e sorriu. O sempre avarento Jun jamais iria agir daquela forma se não estivesse realmente preocupado e apreensivo pela forma melancólica com que Masaki estava agindo ultimamente.

-Você quer vir também, Sho-kun?

Sho negou com a cabeça, pegou sua mochila e saiu em direção a porta. Foi algo realmente assustador para os demais membros a forma com que o mais sério e responsável Arashi deixou o local. Era como se Sakurai estivesse ansioso para se afastar dos companheiros.

-O que houve com ele? – a indagação veio de Ohno.

-Ele está assim há uma semana – comentou Jun.

Aiba mantinha a cabeça baixa, tentando ignorar aquela situação. Entretanto, ver a preocupação estampada nos olhos dos companheiros foi o seu limite.

-Dêem-me licença – disse aos demais. – Eu volto logo.

Nenhum deles tentou impedir Masaki de ir atrás de Sakurai. O loiro correu rapidamente pelos corredores do estúdio, e não tardou a chegar ao estacionamento. Por sorte, Sho estava abrindo a porta do carro, mas parou ao ver o colega.

-Sho-chan... – Masaki o chamou, assim que se aproximou. – Precisamos conversar.

-Já conversamos.

-Não conversamos – Aiba negou. – Brigamos!

Sho evitava encarar Aiba e o loiro notou aquilo.

-Desculpe-me pelo tapa... – murmurou Aiba.

-Está desculpado.

A resposta era fria e felina.

-Por favor, esqueça aquela discussão. Essa semana foi infernal e está começando a se expandir para nossos amigos.

-Não lembro de ter envolvido ninguém do Arashi nisso! – Sakurai retorquiu.

-Você foi bem desagradável com Jun-chan lá no camarim – acusou o outro.

-É mesmo? Fique tranqüilo que amanhã pedirei desculpas!

Tentando não perder a paciência, Aiba suspirou.

-Por que não tenta facilitar um pouco as coisas? – passando a mão pelo rosto, Aiba confessou. – Eu amo você, Sho-chan. – Prossegue. - E amo há muito tempo! – Confirmou emocionado. – Vamos esquecer tudo e recomeçar?

Colocando os cotovelos no capô do carro, Sakurai gargalhou de forma sádica.

-Cansei das suas palavras de amor vãs.

-Você sempre foi realista, Sho-kun! – Aiba apelou para o bom senso. – Pense na sua família! Seu pai tem um nome a zelar! Pense em como seus familiares se sentiriam se soubessem sobre nós! Pense nos seus amigos importantes e na carreira jornalística que você quer começar! Estou fazendo isso tudo por você...

Alguns segundos de silêncio reinou. Por fim, Sho falou:

-Faça um favor a nós dois, Aiba-kun: não minta mais! Você não quer que ninguém saiba sobre nós apenas por medo, e não pra me defender!

-Não estou mentindo, Sho-kun...

-Pode não estar pra mim, mas está pra si mesmo...

Dizendo isso, Sakurai entrou no carro, deu a partida e saiu em alta velocidade. Aiba ainda observou ao longe o veículo se distanciar.

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
Nara
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2833
Idade : 33
Localização : São Paulo/SP
Emprego/lazer : bióloga
Unit Favorita : NewS, Arashi, Kanjani8, V6
Data de inscrição : 26/05/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Seg Ago 24, 2009 7:19 pm

Aaaaaaaaaaaaaaaa é o Sho *-----*
tinha q ser rs, outro casal q amooooo, ms nao mais q Ohmyia hehe
Nhai tadinho do Sho, aiai esse lance d se assumir é complicado hein
ms poxa Aiba magoou o Sho =/
entendo q ele esteja c/ medo ms poxa é o amor dele
Qdo sai o proximo cap? preciso d mais d ler o proximo
Josy vc me deixa num desespero
Waaaaa
Maaaaiis
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://micellanews.blogspot.com/
Bah Wakabayashi
Johnny's trainer
Johnny's trainer
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 252
Idade : 25
Localização : Brasil, São Pulo, capital
Emprego/lazer : Auxiliar de lingua japonesa
Unit Favorita : Arashi *--* amo mais que tudo <3
KAT-TUN, NEWS, SMAP e TOKIO
Data de inscrição : 13/06/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Seg Ago 24, 2009 7:57 pm

Sabia que era Sho

se naum tivesse Sakuraiba naum seria ARASHI FATO

Citação :
Editei o post pq acabei de ver que vc colocou casal favorito JE: Ohmiya..hehehe.. fiquei emocionada de verdade flor^^

haushausa ^^ apenas escrivi os fatos XD

continue por favor viuuu mais tarde eu passo pra deixar um comentario decente pq agora tenho que ir pro serviço x.x
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Seg Ago 24, 2009 8:35 pm

Nara escreveu:
Aaaaaaaaaaaaaaaa é o Sho *-----*
tinha q ser rs, outro casal q amooooo, ms nao mais q Ohmyia hehe
Nhai tadinho do Sho, aiai esse lance d se assumir é complicado hein
ms poxa Aiba magoou o Sho =/
entendo q ele esteja c/ medo ms poxa é o amor dele
Qdo sai o proximo cap? preciso d mais d ler o proximo
Josy vc me deixa num desespero
Waaaaa
Maaaaiis

Amada..

Meu objetivo era manter o suspense até o final, mas resolvi declarar logo, afinal, acho que um problema desses (se gay num pais machista como o Japao) vai ser mtooo bom de trabalhar^^


Obrigada pelo apoio^^


PS- O proximo cap sai logo, pq eu queria postar um por semana, mas do jeito que a inspiração tah, tá saindo um por dia..kkk
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
yumichan
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1126
Idade : 25
Localização : São Paulo
Unit Favorita : NEWS, Hey!Say!JUMP, KAT-TUN, Arashi, Kanjani8 ...
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Ter Ago 25, 2009 12:30 am

haaa!! também desconfiava que era o Sho!xD
moh clima pesado no final do cap!><
espero que tudo se resolva bem!
*esperando anciosa o proximo capitulo!^^*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sayuka
Moderador
Moderador
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 674
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro
Unit Favorita : KAT-TUN - Arashi - News
Data de inscrição : 04/05/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Ter Ago 25, 2009 3:05 am

Citação :
Quer parar de ficar dizendo essas coisas na frente do Junior!

Suspirando, Jun levantou as mãos para o céu como se pedisse socorro. Em uma semana, Ohno Satoshi havia se transformado de anti-animais em pai de cachorro, tratando o cão como um rei.

Josi confesso que ri d+ nessa parte.... huahuahhauhauhhaua
E nossa... quase chorei com o aiba =/ maldade isso!!! XDDD~
To mega ansiosa pelo proximo cap!!! Eles num podem ficar nesse clima tenso T__T



by: Misakiti =)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Ter Ago 25, 2009 2:47 pm

yumichan escreveu:
haaa!! também desconfiava que era o Sho!xD
moh clima pesado no final do cap!><
espero que tudo se resolva bem!
*esperando anciosa o proximo capitulo!^^*

Flor, obrigada pelo comentario e pelo carinho

Aiba ainda vai sofrer tantooo neste fic..me dá um dozinho só de pensar *autora má*...hehehe

Mtoooo obrigada pelo comentario
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
Bah Wakabayashi
Johnny's trainer
Johnny's trainer
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 252
Idade : 25
Localização : Brasil, São Pulo, capital
Emprego/lazer : Auxiliar de lingua japonesa
Unit Favorita : Arashi *--* amo mais que tudo <3
KAT-TUN, NEWS, SMAP e TOKIO
Data de inscrição : 13/06/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Ter Ago 25, 2009 4:44 pm

Citação :
Aiba ainda vai sofrer tantooo neste fic..me dá um dozinho só de pensar *autora má*...hehehe

Josi sua má ¬.¬ coitado do Aiba e da gente !

sobre os ante -yaoi eu era uma XD principalmente entre os jhonnys
assassinava qualquer um que fala se que o yamapi tinha um caso com o ikuta toma ¬¬

mais agora eu mudei \o/
e nem o porque sabe?
nem foi por causa de uma certa fic u.u mais isto são detalhes XD

continue e nunca se eskeça que o legal de escrever fix é divertir q se naum... naum tem graça XD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Ter Ago 25, 2009 5:24 pm

Bah Wakabayashi escreveu:
Citação :
Aiba ainda vai sofrer tantooo neste fic..me dá um dozinho só de pensar *autora má*...hehehe

Josi sua má ¬.¬ coitado do Aiba e da gente !

sobre os ante -yaoi eu era uma XD principalmente entre os jhonnys
assassinava qualquer um que fala se que o yamapi tinha um caso com o ikuta toma ¬¬

mais agora eu mudei \o/
e nem o porque sabe?
nem foi por causa de uma certa fic u.u mais isto são detalhes XD

continue e nunca se eskeça que o legal de escrever fix é divertir q se naum... naum tem graça XD


Ah amadaaaa
Fiquei feliz com isso. Tipo, como autora eu só jogo com os seres humanos...nao defendo bandeira nenhuma. No texto, eles se amam apesar de serem homens. Só isso. Nao tem nenhuma apologia ou algo do tipo..hehehe


Ahhh..to mto feliz com seu comentario..mil bjssss
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
Bah Wakabayashi
Johnny's trainer
Johnny's trainer
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 252
Idade : 25
Localização : Brasil, São Pulo, capital
Emprego/lazer : Auxiliar de lingua japonesa
Unit Favorita : Arashi *--* amo mais que tudo <3
KAT-TUN, NEWS, SMAP e TOKIO
Data de inscrição : 13/06/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Ter Ago 25, 2009 7:17 pm

estava passando quando vi isso aki:

Citação :

Flor, Junior vai ser o melhor amigo de Ohno quando..cofcofcof..kkkk

Jooooosi tava bom de mais pro OH-chan e o Nino fikarem juntos né ¬¬
suspeitei desde o principio Q

Mais deixa eu perguntar... como o Jun vai parar na historia pq eu estava pensando comos meus botões [expressão da epoca da vovó] ja tem os casais formados e o meu querido "bitch" naum tem par T.T como faz?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Ter Ago 25, 2009 7:43 pm

No prox. cap Nino vai dizer uma frase suspeita. Sera o inicio do drama do Ohno. Na verdade,lembram que quando o Nino apareceu no primeiro cap, existia um boato sobre ele e que ele desconversou e o assunto morreu? Pois é..o assunto vai voltar...

Nisso td, Jun vai ajudar Ohno a superar o problema, já que o melhor amigo do Oh-chan, no caso o Aiba, também ta numa braba^^



*soltando spoilers*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
yumichan
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1126
Idade : 25
Localização : São Paulo
Unit Favorita : NEWS, Hey!Say!JUMP, KAT-TUN, Arashi, Kanjani8 ...
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qua Ago 26, 2009 4:22 am

nhaaa!!eu quero lerrrr!!!!xD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Sayuka
Moderador
Moderador
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 674
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro
Unit Favorita : KAT-TUN - Arashi - News
Data de inscrição : 04/05/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qua Ago 26, 2009 4:54 am

Josiane Veiga escreveu:
Flor, Junior vai ser o melhor amigo de Ohno quando..cofcofcof..kkkk
Isso realmente mexeu com minha curiosidade.... maldade!!! XDDDD

Josiane Veiga escreveu:
No prox. cap Nino vai dizer uma frase suspeita. Sera o inicio do drama do Ohno. Na verdade,lembram que quando o Nino apareceu no primeiro cap, existia um boato sobre ele e que ele desconversou e o assunto morreu? Pois é..o assunto vai voltar...
Nisso td, Jun vai ajudar Ohno a superar o problema, já que o melhor amigo do Oh-chan, no caso o Aiba, também ta numa braba^^
Ahhh eu sabia!!!! Não era possivel que fosse ser simples assim! ahahahha eu tinha minhas suspeitas... Sinto que vem mais clima tenso por ae!!! hauahauah
Bom de qualquer forma to mega ansiosa ja pelo proximo cap!

Josiane Veiga escreveu:
Obrigadaaaaaaaaaaaaaaaaa pelo lindo comentario
Obrigada vc! Por nos proporcionar uma leitura ótima, com lágrimas e risadas nas proporções certas, com uma historia envolvente, muito interessante!!!!! Confesso que depois de ler sua fic eu me identifiquei mto mais com a banda que eu ja adorava, e passei a adorar o casal Ohmiya!!!! ;D



by: Misakiti =)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qua Ago 26, 2009 6:30 pm

Rendição

Capítulo VII

Por Josiane Veiga

Nota da Autora: Enfim, depois de passado o medo inicial de escrever fanfics yaoi com lemon, acho que já me sinto preparada para dedicar alguns capítulos a sensualidade dos personagens. Espero conseguir me sair tão bem nessas cenas de sexo gay tanto quanto saio com as heteros^^

Nao tenho palavras para agradece o carinho com que fui recebida por este fandom...

Enfim..boa leitura


A vidraça estremeceu com a força do vento. O outono já começava a se distanciar, e logo o inverno chegaria. Quando a chuva começou a bater no vidro da janela do apartamento de Kazunari, Ohno abriu os olhos. Era madrugada e já fazia uma semana que dormia com Nino em noites consecutivas.

A desculpa dada à mãe era de estavam trabalhando numa música juntos. Aos amigos nada disseram, pois os mesmos pareciam absorvidos por seus próprios problemas.

Virou-se na cama e encontrou o corpo nu e quente do namorado, que ressonava totalmente alheio ao temporal que se formava lá fora. Levantou os olhos e observou o relógio de parede que ficava na lateral do quarto. Eram três da manhã e havia perdido completamente o sono.

Mexeu-se sobre os lençóis claros, e então levantou. Junior, que estava deitado aos pés da cama, apenas levantou a cabeça ao ver o dono passar, mas não o seguiu, como sempre fazia. Ohno, portanto, foi sozinho à sala e sentou-se no sofá elegante. Não entendia a própria inquietação, e sabia que o que o estava incomodando não era nada anexo ao relacionamento com Nino.

Era Aiba...

Talvez por haver se acostumado a ter sempre o amigo feliz e saltitante em volta de si, aquele comportamento anormal o deixava preocupado e receoso. Tentou descobrir o que havia acontecido com o colega, mas Masaki desconversava, recusando-se a abrir-se.

-Oh-chan...

Levantou os olhos e viu Kazu parado na porta, o encarando. Ninomiya aparentava não gostar de dormir sozinho e sempre acordava quando Ohno saia do leito. Sorriu e estendeu os braços ao outro. O mais novo foi até Satoshi e refugiou-se no calor do amado.

-Está com insônia? – perguntou Ninomiya.

-O que será que está acontecendo com Masaki-chan? – indagou Ohno ao amante, deixando claro o motivo de sua falta de sono.

Tocando a face clara de Ohno, Nino beijou-o de leve nos lábios.

-Está preocupado, não?

-Não posso evitar.

Manhosamente, Ninomiya esfregou o nariz no outro, num carinho infantil.

-Não notou o que está ocorrendo?

Arqueando as sobrancelhas escuras, Ohno encarou Nino.

-Como assim?

-Aiba-kun e Sho-kun estão brigados.

-Brigados? Mas ontem eles gravaram um bloco inteiro do programa juntos e pareciam muito bem. Aliás, a amizade deles sempre foi forte e estável.

-Eles são profissionais – afirmou Kazu. – Mas, nos camarins, e fora das câmaras, nota-se que há um clima ruim entre eles.

Ohno suspirou.

-Masaki-chan sempre me apoiou e aconselhou – contou a Nino. – Ele foi a primeira pessoa para qual contei sobre nós, e estar feliz, enquanto ele sente-se tão triste, me dá culpa.

-Entendo – Nino acomodou-se melhor no colo de Ohno. – Mas não adianta nada a gente ficar arrasado por eles. Este é um problema entre Sakurai-kun e Aiba-kun... só eles podem resolver...

De forma não intencional, a mão de Ohno começou a acariciar o ventre de Nino. Sempre foi comum o toque entre eles, mas, na última semana, qualquer carícia parecia fazer explodir todo o desejo guardado durante anos.

-Oh-chan... – Nino murmurou. – Você está me excitando – contou baixinho, dando uma risada fraca e irregular.

Ohno não pode evitar o sorriso.

-É mesmo? – olhou para baixo e notou que o órgão sexual do namorado elevava-se. – Gosta disso? – perguntou levando a outra mão ao mastro de Nino e o acariciando.

-Uhum... – o murmuro era óbvio.

Enquanto a mão trabalhava, Ohno aproximou o rosto do de Ninomiya e o beijou na boca. Kazu tinha um gosto doce, quente, dando a Ohno um anseio único de consumi-lo dentro de si próprio.

-Eu te amo, Kazu-chan... – confessou.

Dizer palavras de amor estava se tornando rotina para Satoshi. Ele dizia-as ao outro varias vezes durante o ato sexual e também em momentos neutros, como quando estavam sozinhos no camarim. No entanto, pensou, não recebia nenhuma palavra de recompensa. Ninomiya apenas sorria e o beijava.

Não que Kazunari não houvesse já lhe dito palavras doces, mas as fortes, que revelavam sentimentos, haviam sido de exclusividade ao relacionamento de amizade. Desde que se tornaram amantes, Nino nunca mais confessou-lhe nada.

Pensou em questionar o outro, mas quando Kazu mexeu-se em seu colo, ficando com as pernas abertas contra sua cintura, todo pensamento racional fugiu de Satoshi. Ele só conseguia pensar naquele ato, naquela vontade louca de viver o prazer.

-Oh-chan... – a voz de Nino o excitou ainda mais. O amante parecia um felino, manhoso e instigado. – Você já transou com outros homens?

A pergunta o surpreendeu.

-Não – foi sincero. – E você?

-Também não... – Nino sorriu malicioso. – Você era virgem, Oh-chan?

-Não, Baka! Eu já fiz sexo... mas não com homens! Você também, né?

Nino não se importou com o questionamento. Murmurando uma aquiescência, ele baixou a fronte e começou a lamber devagar os mamilos de Ohno. O calor dos lábios de Nino pareceram hipnotizar o líder do Arashi, e, por alguns segundos, o rapaz nem respirou. Quando por fim soltou o fôlego, sentia o corpo em chamas.

Apesar de estar inicialmente passivo, Satoshi não demorou muito para derrubar Nino contra o sofá e tomar uma posição mais enérgica. Levando a cabeça contra o peito de Kazu, ele beijou-o com paixão e, quando ouviu o suspiro satisfeito do namorado, perdeu completamente o controle.

Elevando-se o suficiente para ficar na altura dele, Ohno começou a deslizar as mãos por toda a extensão do corpo do mais novo. A pele estava molhada pelo suor salgado de Nino. Aquele momento seria lembrado por Satoshi no futuro como o instante mais importante de toda a sua vida. A chuva caindo com força, os gemidos lacônicos do namorado... a fúria da paixão... tudo trouxe a Ohno uma carga explosiva de descontrole.

Nino contorcia-se embaixo do corpo de Ohno, e por alguns instantes o mais velho ficou observando aquela atitude cálida. Mas, voltando a baixar a fronte, ele tocou com os lábios o bico dos mamilos e, erguendo Kazunari para o seu colo novamente, ficou a beijar-lhe o peito livremente, como se fosse uma tarefa única, especial.

A sensação de sentir o volume de Ohno pulsando contra seu próprio pênis era indescritível para Nino, e os beijos que Satoshi lhe dava no peito eram tão prazerosos que ele pensou que iria desfalecer. Deitando a cabeça para trás, entregou-se inteiramente àquele momento, permitindo que o amante fizesse o que quisesse com seu corpo.

Quando Ohno voltou a olhá-lo, a visão era tão erótica quanto qualquer sonho secreto que ele já havia tido. Kazu estava em sua cintura, gemendo e rebolando sobre seu membro firme, com o peito molhado por sua saliva. Aquilo foi o limite do suportável, e ele deitou-o para trás pela segunda vez, ficando no meio das suas pernas, de joelhos, encarando aquela imagem sensual.

-Nino-chan... – chamou o outro.

O olhar lânguido do namorado foi a resposta.

Até então, o ato sexual deles havia se baseado no sexo oral. Nenhum deles havia tido a coragem de avançar a relação. Não haviam conversado sobre quem seria o passivo e o ativo, nem tampouco discutiram as implicações da convivência. Tudo que lhes bastava era beijarem-se e estarem juntos. O resto não parecia importar. Mas, naquela noite, importou. Naquela noite, eles precisavam definir a relação.

O olhar faminto de Nino demorou-se nos músculos firmes de Satoshi. O moreno mordeu o lábio inferior e então tomou a iniciativa. Levantando-se um pouco, deu as costas ao namorado.

Circulando a cintura de Kazu com as mãos, Ohno o trouxe contra si. Kazu gemeu alto e Satoshi levou as mãos até o órgão do namorado. Começou a masturbá-lo, enquanto permitia que o próprio membro pulsasse contra as nádegas macias de Ninomiya, sem, no entanto, penetrá-lo.

Levanto as mãos para trás, Nino acariciou a nuca do amante. Se tivessem um espelho, os dois notariam que, naquele momento, pareciam uma escultura que refletia luxuria e paixão.

-Está gostando? – Ohno indagou, num sussuro.

-Sim... Oh-chan... quero você... – as palavras eram descompassadas, como se falar fosse algo de grande esforço para Ninomiya.

Ohno sentia que o membro mais parecia uma rocha, mas também tinha medo de dar aquele passo. E se machucasse o companheiro? Seu órgão sexual sempre foi acima da média e aquilo podia assustar Nino. Ou se a relação fosse detestável e Nino resolvesse terminar tudo depois daquilo? Não conseguia evitar a covardia!

Encostando a testa na nuca de Kazu, Satoshi gemeu:

-Nino...eu não agüento mais...

-Você não precisa agüentar, Oh-chan...

-E se eu te machucar?

-Eu quero arriscar...

Tremendo, Ohno então guiou o membro firme contra Ninomiya. A penetração não foi fácil, mas no instante em que se sentiu invadindo o amado, soube que precisava daquilo como necessitava do próprio ar que respirava.

-Está doendo? – perguntou baixinho.

Nino não lhe respondeu, mas seus gemidos mostraram a Ohno que o outro estava gostando. Munido de mais coragem, o líder retirou um pouco o membro, apenas para em seguida voltar a enterrá-lo, com mais força. Kazu gritou de prazer e Ohno quase desfaleceu. Aquilo era bom demais!

Começaram então a erótica dança sexual, desprovidos de qualquer pudor ou inibição. Eram apenas dois seres humanos apaixonados, doentes de amor, querendo se entregar e ter o máximo possível um do outro.

Devagar e cuidadosamente, Ohno tava suas entocadas para dentro de Nino, que o recebia com entusiasmo. Nenhum dos dois notou quando o movimento se tornou mais rápido, mais forte, apenas suspiraram de paixão quando atingiram o clímax.

Nino caiu para frente, e Ohno deitou-se em cima dele, beijando-lhe os ombros e as costas.

-Oh-chan... – a voz de Kazu fez Satoshi sair de cima do namorado e deitar-se ao seu lado.

-Machuquei você? – O mais velho não conseguia parar de se preocupar.

-Iie Baka! – Negou Kazunari. – Foi bom... – sorriu de forma doce. – Você gostou?

-Muito – confessou Ohno, também sorrindo.

-Você não viveria isso com outra pessoa, né? – Nino perguntou subitamente. – Quer dizer, é só comigo que você se sente assim, não?

A inesperada apreensão de Ninomiya pegou Satoshi de surpresa.

-Claro que é só com você!

Nino bocejou e aconchegou-se ao amante:

-Nunca esqueça disso, Oh-chan! – Pediu. – Nunca esqueça que, mesmo que eu não mereça, você não pode amar outra pessoa...

As palavras eram confusas e estranhas. Ohno acariciou os cabelos negros e lisos do namorado, indagando:

-O que você quer dizer?

Não houve resposta. Encarando o namorado, Satoshi notou que ele dormia exausto. Pensou em acordá-lo para tirar aquela inquietação de si, e esclarecer as dúvidas, mas sentiu dó de mexer com Nino, pois ele parecia um anjo pernoitando.

-Baka... – murmurou baixinho. – O que será que você quis dizer...?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qua Ago 26, 2009 6:30 pm

~~~~~~~~~~000000~~~~~~~~~~

Aiba levou o bento à boca, comendo de forma taciturna. Estava sozinho no camarim, no intervalo de uma gravação importante. Jun gravava um dorama e não compareceu ao programa naquele dia, portanto, os demais membros assumiram toda a responsabilidade. Naquele instante, Nino e Ohno saíram para gravar um bloco na rua e Sakurai estava em reunião. Sendo assim, ele tinha o camarim só para si.

Ainda comendo, pegou um mangá e começou a folhear. Mas não tinha ânimo para ler. Na verdade, não tinha nem para comer! Entretanto, se esforçava, recusando-se a ficar doente. Ainda pensava nisso, quando a porta se abriu e Sakurai Sho entrou.

Por alguns instantes os dois se encararam, até que Sho desviou o olhar e caminhou até seu armário. O clima entre eles era tenso e difícil. Aiba sentia os olhos arderem, e um nó em sua garganta se formava sempre que via o ex-namorado, mas agüentou firme, tentando ainda sorrir e puxar assunto.

-Você já comeu? Eu trouxe bastante bento! Se quiser, posso dividir com você.

Sakurai demorou a encará-lo e, por alguns instantes, Aiba imaginou que o outro iria ignorá-lo completamente, mas para seu alívio, recebeu uma resposta:

-Não, obrigado. Vou sair para almoçar em um restaurante.

Masaki aquiesceu com a fronte. Baixou a face para o prato, mas voltou a erguê-la, forçando-se a parecer alegre.

-Sho-kun... – começou, mas foi interrompido.

-Se você não se importa, vamos conversar quando eu voltar, pois tem uma pessoa me esperando.

Aiba sentiu um soco no estômago. Sabia que a notícia o atingiu de forma clara, mas tentou aparentar tranqüilidade. Ficou em silêncio enquanto Sakurai vestia uma jaqueta jeans e até acenou com a cabeça quando o mesmo dirigiu-se para a porta. Entretanto, perdeu o controle assim que Sho, indiferente, pegou na maçaneta da porta.

-Pare de fazer isso comigo! – gritou, já permitindo que lágrimas caíssem-lhe pela face.

Sakurai virou-se em direção a ele:

-Como?

-Pare de agir como se todos os anos em que estivemos juntos não tenham significado nada pra você!

Masaki colocou as mãos na boca, tentando segurar o choro. Quando fez isso, baixou o olhar; portanto, quando o levantou novamente, assustou-se com a forma fria com que era encarado por Sho.

-Significaram... – Sakurai admitiu, com a voz gélida. – Mas é passado!

Aiba não podia suportar ouvir aquilo, então aproximou-se de Sakurai, em desespero:

-Por tudo que é mais sagrado, não fale assim! Eu o amo tanto! Não seja tão cruel!

Elevou as mãos e tocou no rosto de Sho. A textura da pele dele continuava macia e delicada. Sentia vontade de beijá-lo, deixando todo o sentimento à mostra. E quase assim o fez se não fosse pela forma agressiva com que Sakurai retirou sua mão do rosto.

-Tente entender: acabou!

Dando as costas, saiu do camarim. Aiba deixou-se chorar com a cabeça encostada no vão da porta. Por alguns segundos, ficou assim, em desespero. Só tentou se controlar, quando ouviu a voz da produtora do programa deles, que acabava de chegar, o chamando:

-Por Kami-sama! O que houve, Aiba-chan?

Virou-se em direção a funcionária, e abriu a boca para respondê-la, mas não chegou a fazê-lo. Perdendo o controle sobre seus pés, viu-se de repente correndo pelos corredores, a procura de Sakurai.

Quando por fim reconheceu a jaqueta jeans ao longe, apressou os passos em direção ao homem. No entanto, estancou no lugar assim que se aproximou. Sakurai não estava sozinho... ao seu lado, uma bela mulher loira acariciava seu braço, demonstrando possessividade.

Sho estava com outra pessoa... Para ele havia, realmente, acabado...

E assim ficou Masaki, olhando ao longe o ex-amante divertir-se ao lado de outro alguém, indiferente à dor que causava. Percebeu quando Sakurai baixou o rosto e o viu beijando na boca aquela outra. Fechou os olhos, tentando retirar da mente aquela imagem... não conseguiu...

-Oh, Aiba-chan... – a voz de Karin, a produtora que o havia encontrado no camarim e que havia o seguido quando saiu em disparada, chegou até ele. – Não sofra...

-Eu o amava... – ele confessou a mulher.

-Eu sei... – ela segurou suas mãos e tentou puxá-lo para longe daquela visão. - Vou ligar para Jun-chan...

-Não – Aiba negou. – Matsumoto está trabalhando – ele forçou um sorriso. – Vou ficar bem.

-Você precisa de algum de seus amigos...

-Matsumoto está trabalhando – ele repetiu, categórico. – E Nino e Ohno estão tão felizes – ele não continuou, evitando falar do motivo. – Não quero incomodá-los.

A mulher japonesa discordou com a fronte:

-Quando algum deles tem problemas, você sempre está pronto a resolver! Deixe que seus amigos possam retribuir um pouco agora...

-Não – Aiba secou os olhos. – Tudo que quero é ir pra casa...

-Você tem um programa pra gravar – ela começou a dizer, culpando-se por falar em trabalho naquele momento.

-Eu sei - tentou voltar ao normal. - Estarei pronto em alguns minutos! – Ele tentou sorrir, de forma profissional, tranqüilizando-a. – Vou apenas ao banheiro lavar o rosto – avisou a ela.

Karin ficou observando o jovem distanciando ao longe, condoendo-se.

-Pobre Aiba-kun – suspirou. – Sempre se sacrificando... – murmurou, triste.

E realmente, meia hora depois, Aiba começava a gravar um bloco do programa, com um enorme sorriso no rosto. Ao final, foi elogiado pelo diretor, que retificou diversas vezes o quanto ele se saiu bem. O que ninguém sabia era que aquele belo rapaz de cabelos claros estava chorando por dentro, enquanto os lábios soltavam falsas gargalhadas.

Nem sempre a felicidade que se vê é a realidade...

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
Nara
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2833
Idade : 33
Localização : São Paulo/SP
Emprego/lazer : bióloga
Unit Favorita : NewS, Arashi, Kanjani8, V6
Data de inscrição : 26/05/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qua Ago 26, 2009 9:17 pm

Aaaaaaaaaaaaaaa Josy
Soltando spoilers, sua malvadaaaa, deixando a gente mais curiosa
Essa cena d sexo ta mto boa
Parabens!!!! ja li mtas fics yaois cujos autores descrevem d uma maneira nda sutil, um tanto pesada, nda agradavel d se ler, ms tem outras q sao mto boas qto a isso e a sua é uma delas, mto boa ^^
Vc ainda me mata, tenho cda surto na sua fic, fato xDD
Cmo assim Sho beijando uma qualquer? aiiin qdo eles vao se reconciliar?
nhaaii assim eu choro por eles
Ainda bem q c/ Nino e Ohno está a mil maravilhas, bem pelo menos por enqto né hehe
olha la o q vc vai faze c/ esses 2 hein
Mais, mais ,mais
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://micellanews.blogspot.com/
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qua Ago 26, 2009 9:49 pm

Nara escreveu:
Aaaaaaaaaaaaaaa Josy
Soltando spoilers, sua malvadaaaa, deixando a gente mais curiosa
Essa cena d sexo ta mto boa
Parabens!!!! ja li mtas fics yaois cujos autores descrevem d uma maneira nda sutil, um tanto pesada, nda agradavel d se ler, ms tem outras q sao mto boas qto a isso e a sua é uma delas, mto boa ^^
Vc ainda me mata, tenho cda surto na sua fic, fato xDD
Cmo assim Sho beijando uma qualquer? aiiin qdo eles vao se reconciliar?
nhaaii assim eu choro por eles
Ainda bem q c/ Nino e Ohno está a mil maravilhas, bem pelo menos por enqto né hehe
olha la o q vc vai faze c/ esses 2 hein
Mais, mais ,mais

Nara Flor

Sabe que este é um cuidado que eu tenho... é muito importante manter a fanfic no bom gosto, mesmo com um assunto tao dificil de retrtar como sexo de homens^^ hehehe

Ah, eu também to sofrendo mto com o Aiba... e no prox. cap entao..sofri horrores... mas acho que nada melhor que um drama num texto^^

Mtttooo obrigada pelo carinho amada^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
Sayuka
Moderador
Moderador
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 674
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro
Unit Favorita : KAT-TUN - Arashi - News
Data de inscrição : 04/05/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qua Ago 26, 2009 11:19 pm

Josiane Veiga escreveu:
-Nunca esqueça disso, Oh-chan! – Pediu. – Nunca esqueça que, mesmo que eu não mereça, você não pode amar outra pessoa...
Senti uma msg subliminar com essas palavras... será que aqui começa o drama do oh-chan?! =/
E nossa chorei com o Aiba!! Tadinho dele T__________T Sakurai do mal ¬¬ nao faz isso com o aiba T______T
Sobre a cena de sexo, parabéns! Ta leve, mas cheia de detalhes importantes pro contexto da historia! Bem diferente de um monte de historia grosseira que eu ja vi por ae... Que o conteudo é legal, mas na hora da cena os autores não conseguem descrever de forma agradavel... exatamente como a Nara disse ^^
To esperando ansiosa pelo proximo cap :DDDDDDDDD



by: Misakiti =)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qua Ago 26, 2009 11:23 pm

Sayuka escreveu:
Josiane Veiga escreveu:
-Nunca esqueça disso, Oh-chan! – Pediu. – Nunca esqueça que, mesmo que eu não mereça, você não pode amar outra pessoa...
Senti uma msg subliminar com essas palavras... será que aqui começa o drama do oh-chan?! =/
E nossa chorei com o Aiba!! Tadinho dele T__________T Sakurai do mal ¬¬ nao faz isso com o aiba T______T
Sobre a cena de sexo, parabéns! Ta leve, mas cheia de detalhes importantes pro contexto da historia! Bem diferente de um monte de historia grosseira que eu ja vi por ae... Que o conteudo é legal, mas na hora da cena os autores não conseguem descrever de forma agradavel... exatamente como a Nara disse ^^
To esperando ansiosa pelo proximo cap :DDDDDDDDD

É exatamente essa a frase que eu soltei o spoiler nos comentarios anteriores..h.ehhehe

Particularmente adoro essa frase pq ela ficou "a cara" do Nino..tipo.. nao sou santinho mas vc nao tem direito de nao me querer.kkkk

To sofrendo horrores com o Aiba... cap 8 eu até chorei..kkk

Amadaaaaa..que alivio.. adoro cenas quentes num texto, mas nao suporto vulgaridade^^ até pq, eu acredito no amor desses dois^^

MUITOOOO obrigada pelo carinhoo
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
yumichan
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1126
Idade : 25
Localização : São Paulo
Unit Favorita : NEWS, Hey!Say!JUMP, KAT-TUN, Arashi, Kanjani8 ...
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qui Ago 27, 2009 2:32 am

nossa Josy!!!!
cada vez sua fic fica melhor aindaaaa!!!
a cena de sexo, vc consegui deixar de um modo suave,e com bastante detalhes! parabénss!xD
nhaaaaaa!!!tadinho do Aibaa, sofrendo tantooo...!=/
espero que eles consigam se resolver logo!
*esperando o proximo cap*^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[END] - Rendição
Voltar ao Topo 
Página 3 de 17Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4 ... 10 ... 17  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Johnnys Brasil :: Off Topic :: Free your mind-
Ir para: