★ Johnnys no Brasil ★
 
InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 [END] - Rendição

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 9 ... 17  Seguinte
AutorMensagem
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qui Ago 06, 2009 6:51 pm

MiiHirano95 escreveu:
Citação :
-Você quer que eu lhe responda? – perguntou Ninomiya, aproximando-se mais de Satoshi. – Ou prefere que eu lhe mostre?

Waaa Josy assim vc me mataaaa
Cmo q vc acaba bem nessa parte? 3

pô meu, essa fic tá mt mara.
e eu não vo aguenta até semana que vem D:

parabéns josi :D

Ola amada... nossa, fiquei mto feliz com seu comentario^^ hehehe... pretendo lá pelo final da semana que vem postar o "lemon"
Mil bjks
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
yumichan
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1126
Idade : 25
Localização : São Paulo
Unit Favorita : NEWS, Hey!Say!JUMP, KAT-TUN, Arashi, Kanjani8 ...
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Sex Ago 07, 2009 2:59 am

nhaa....verdade josi!!!
vc terminou na melhor partee><
pq vc faz isso com a genteee?!?!aushuashuashuashuasas *brincadeira*

final da semana??nhaaa!muito curiosa!hehehehehe
okok eu esperoooo!xD

parabénss Josi, to gostando muitoooo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Sex Ago 07, 2009 4:43 pm

yumichan escreveu:
nhaa....verdade josi!!!
vc terminou na melhor partee><
pq vc faz isso com a genteee?!?!aushuashuashuashuasas *brincadeira*

final da semana??nhaaa!muito curiosa!hehehehehe
okok eu esperoooo!xD

parabénss Josi, to gostando muitoooo!
ola flor
Que bom que está gostando^^ espero me sair bem na cena "quente" pra nao decepcionar vocês... hehehe

Mil bjks
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
Bah Wakabayashi
Johnny's trainer
Johnny's trainer
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 252
Idade : 25
Localização : Brasil, São Pulo, capital
Emprego/lazer : Auxiliar de lingua japonesa
Unit Favorita : Arashi *--* amo mais que tudo <3
KAT-TUN, NEWS, SMAP e TOKIO
Data de inscrição : 13/06/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Dom Ago 09, 2009 1:03 am

tem gente querendomatar as pessoas do forum aki ¬¬

Josi como pode parar numa parte como essa O.O eu estou em nervos agora! FATO

espero que continue poooor favor ou vou ter um treco... e nem preciso falar que o capitulo foi otimo néééé
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Seg Ago 10, 2009 3:01 pm

Bah Wakabayashi escreveu:
tem gente querendomatar as pessoas do forum aki ¬¬

Josi como pode parar numa parte como essa O.O eu estou em nervos agora! FATO

espero que continue poooor favor ou vou ter um treco... e nem preciso falar que o capitulo foi otimo néééé

flor
Obrigada por todo apoio e carinho. Estou gostando muito deste trabalho pois ele está tendo uma boa recepção..ainda esta semana publico o cap 4^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
alepiolhinha
Johnny's junior
Johnny's junior
avatar

Número de Mensagens : 654
Idade : 26
Localização : Curitiba
Unit Favorita : KAT-TUN, NewS
Data de inscrição : 02/05/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Seg Ago 10, 2009 8:45 pm

ñ vou aguentar ate o fim da semana T.T
posta posta posta *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://alepiolhinha.blogspot.com/
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qua Ago 12, 2009 6:46 pm

Rendição


Capítulo IV

Por Josiane Veiga

Nota da Autora: A censura deste fic é 18 anos, mas nunca custa lembrar de que ele contém cenas de sexo, classificadas no meio como "lemon". Portanto, se você não gosta, não leia. Se você gosta, leia sim! Rsrsrsrs... enfim.. obrigada pelo carinho com que a fanfic está sendo recebida nos sites em que está sendo postada^^



--------------------------------------------------------------------------------

Ohno Satoshi quase podia ouvir as batidas do próprio coração. Aliais, cria ele, ser capaz de sentir o órgão quase lhe saindo pela boca. Era como se, de repente, tornasse-se um adolescente novamente, cheio de dúvidas e anseios, cheio de medo e coragem, num misto de sentimentos conflitantes que o deixavam sem saber como reagir.

O sentimento, tampouco, era novo. Já havia sentido aquele desejo arrebatador diversas vezes, e por diversas vezes o reprimiu. Quantas vezes abraçou Nino enquanto ele dormia e ficava a lhe vigiar o sono, como um anjo guardando seu protegido. Entretanto, numa tentativa desesperada de negar as próprias emoções, ele mentia a si mesmo e dava àquela afeição diversos nomes como amizade, ternura ou fraternidade. Porém, agora, sentado naquele sofá, naquela noite de outono e sentindo a respiração de Nino chocando-se contra sua face, ele não pode mais negar a si mesmo que o queria desesperadamente.

-Mostrar? – conseguiu indagar quando recuperou-se do susto causado pela pergunta de Nino.

-Por que você finge que não entende? – Nino cada vez se aproximava mais e agora seus lábios estavam a centímetros dos de Ohno. – O que quer fazer? Matar-me de ciúmes?

Ciúmes? Do que Ninomiya falava?

-O que você quer dizer? – Ohno murmurou.

Nino roçou de leve os lábios nos de Ohno, fazendo com que este ficasse alguns segundos sem respirar.

-Como você pode ter coragem de me dizer que gosta de fazer fanservice com Jun-chan? – apesar das palavras, Nino parecia concentrado apenas em tocar levemente os próprios lábios em Satoshi. – Aproveitou muito Matsumoto-chan enquanto estive fora?

Ohno não conseguia responder aquelas afirmações ridículas. Era como se o próprio Ninomiya nunca tivesse feito fanservice com Jun! Entretanto, um tremor tomava o corpo de Ohno e uma pequena dor no baixo ventre o impedia de devolver as acusações.

Satoshi fechou os olhos ao sentir que a boca de Nino agora tomava a sua num beijo potente. Eles nunca haviam se beijado daquela forma, e Ohno ficou confuso. O que Nino queria? Por que fazia aquilo?

-Você me deixa louco, Oh-chan...

A mão de Nino desceu pela lateral do corpo de Ohno e tocou-lhe o membro que já estufava a calça. Ohno percebeu-se endurecer rapidamente e, constrangido, tentou se afastar.

-O que quer fazer? – perguntou, em choque.

-Você não percebeu ainda? – a voz de Nino era maliciosa e quente.

-Está brincando comigo? – temendo deixar-se agir pelos próprios desejos e impulsos, Ohno empurrou Nino e levantou-se do sofá. – O que deu em você?

Ohno estava de pé perante o amigo, e aquela postura era perigosa e embaraçosa, pois não havia como esconder o quanto ficou excitado com a investida do outro. No entanto, ele tentou agir com calma, raciocinando e ignorando o próprio membro endurecido.

-Por que está brincando assim? – voltou a indagar.

-E quem disse que eu brinco, Oh-chan?

-Isso só pode ser brincadeira!

-Está na hora de pararmos de fingir que não rola nada entre nós! – Nino disse, firme. – Há quanto tempo queremos nos entregar a este sentimento, mas, no entanto, disfarçamos...?

-Pare com isso!

-Por que não podemos viver isso, Oh-chan? Eu quero, você quer e até as fãs querem... – ele riu.

Aquilo parecia um sonho, mas existiam obstáculos. Ninomiya era inconstante e poderia acordar de manhã achando que não gostava de Ohno. Para Nino, ignorar algo era muito simples, mas Ohno não era assim, e ele previa que poderia se machucar muito se agisse de forma equivocada. Também havia o boato não desmentido de que Nino havia saído com uma garota da produção do filme que estreara. Enfim, jogar a precaução as favas e entregar-se àquele desejo poderia causar marcas profundas em Satoshi.

-Vou embora...

O anuncio, dito de forma baixa, foi seguido pela virada de corpo de Ohno para a porta. Ele até conseguiu dar dois passos, mas então foi impedido por Ninomiya, que agarrou sem braço.

-Pra você... – Nino começou -, tudo que fizemos... é uma brincadeira? – a voz estava entrecortada.

Ohno voltou os olhos para o amigo.

-Nosso relacionamento... a maneira como nos tocamos... o que fazemos nos shows... – Nino citou. – É tudo brincadeira?

-Não é pra você? – Ohno devolveu.

Kazunari não chegou a responder. De repente, Ohno se viu sendo jogado contra uma parede próxima e prensado nela. Nino encostou seu corpo em Satoshi e deixou que o outro sentisse o quanto também estava excitado.

-Acha que estou brincando agora?

-Não sei...

-Toque em mim e sinta o quanto estou sendo sincero, Oh-chan.

A prudência abandonou Ohno no instante que ouviu a voz doce de Nino lhe pedindo aquilo. Como um zumbi, ele levou a mão até o mastro rígido de Ninomiya e o apertou. Quando ouviu o gemido de Kazu, não foi capaz de negar-lhe mais nada.

-Oh-chan... – a voz de Nino estava entrecortada. – Te quero tanto... – disse isso com a boca colada no pescoço de Ohno que massageava sem órgão genital.

Ohno mal percebeu quando conseguiu afastar-se da parede e empurrar Nino contra o sofá. O moreno caiu sentado sobre o móvel e recebeu o outro no colo.

-Você tem idéia do quanto eu sempre quis você assim, Oh-chan?

As bocas voltaram a colar-se. As línguas dançavam, roçando, esfregando-se uma na outra, enquanto os lábios sugavam-se em um forte emaranhado de paixão.

Ohno percebeu quando Nino puxou-lhe a camisa e atirando-a longe, começou a lhe lamber os mamilos. A sensação daquela boca quente contra seu peito era maravilhosa, e ele quis retribuir na mesma intensidade. Porém, quando tentou arrancar a camisa de Kazu, ouviu-lhe um resmungo faminto:

-Estou tentando me segurar para aproveitarmos mais este momento... Mas se você fizer isso... Vou acabar gozando...

Nunca houve muito controle de palavreado entre eles, mas ouvir Nino falar daquela forma desavergonhada, causou em Ohno um impacto de vulcão. Se Nino sentia-se prestes a alcançar o clímax, Satoshi decidiu que lhe daria aquilo... daria ao companheiro o primeiro deleite, como uma prova de amor.

Saindo do colo de Kazu, ele ajoelhou-se a sua frente e abrindo a calça jeans do outro, deixou que o membro firme ficasse livre. Nino não tentou impedi-lo, apenas o observou com os olhos brilhantes e contentes.

Ouvir o gemido de prazer de Kazu foi o que mais satisfez Ohno quando lhe abocanhou o mastro duro. Brincou com a língua sobre o pênis e lambeu com vontade toda a extensão. Era a primeira vez que fazia aquilo, mas não sentiu-se intimidado. Não era somente sexo... não era qualquer pessoa... era amor... era Nino... seu Nino...

Quando sentiu o líquido quente inundar-lhe a boca, o engoliu sem pestanejar. Depois elevou os olhos e encarou o amigo. Kazu também o encarava e havia muita ternura em seu olhar.

-Obrigado Oh-chan... – ele murmurou.

Satoshi sentiu como se aquele momento fosse único. Talvez aquelas histórias de almas gêmeas existissem mesmo e ele fosse agraciado por ter encontrado a sua. Sorriu feliz, disposto a satisfazer todas as vontades de Kazu para sempre, não importando o preço a se pagar...

-Eu te...

A confissão de amor de Ohno não chegou a se completar, pois Nino saiu do sofá e foi ao chão, ao lado do amante. Beijou-o com sofreguidão e deixando claro que nenhuma palavra precisava ser dita.

-Agora é a sua vez, Oh-chan...

Notando o brilho malicioso nos olhos de Kazu, Ohno enrijeceu.

~~~~~~~~~~000000~~~~~~~~~~

O celular estava no silencioso, mas o modo vibratório havia sido ligado por Ohno antes de sair de casa. Portanto, apesar de não emitir nenhum som, aquele chacoalhar típico na camisa acordou Satoshi.

A vestimenta estava ao lado da cama e Ohno nem lembrava de como fora parar ali, pois havia tirado ela ainda na sala, antes de arrastar-se ao quarto de Ninomiya para dormirem depois de terem passado boa parte da noite transando.

-Okaasan? – disse ao atender.

-Onde você está? – a voz da mãe parecia preocupada.

Ohno olhou para o lado e observou que Kazu dormia, exausto. Sorriu apaixonado e, não querendo atrapalhar o sono do amante, levantou-se e ainda nu, foi em direção à sala.

-Estou na casa de Nino-chan – contou a mãe.

-Por que não ligou avisando? Eu me preocupei!

Apesar de já ser um homem independente, Ohno amava demais sua família e ainda morava com a mãe, uma mulher forte e maravilhosa.

-Gomen... – murmurou.

-Já fazia um bom tempo que você não passava as noites no apartamento de Kazu-chan – ela comentou. – Achei até que estivessem brigados...

-Estamos bem... – ele disse, enrubescendo.

Muito bem!, pensou.

-Bom, já que está em boas mãos, vou dormir. Dá próxima vez que ficar na casa de seus amigos, ligue-me avisando.

A repreenda foi dita de forma doce, e Ohno sorriu.

-Sim, mãe...

Quando desligou o aparelho, Satoshi olhou no visor. Duas da manhã! Apesar de madrugada, estava tão contente e enérgico que sentia vontade de dançar! Então era isso que significava amar e ser correspondido? Era isso que era fazer sexo por amor? Já havia transado com algumas garotas, mas de forma descompromissada. Agora, no entanto, sentia-se ligado por algo firme e sólido.

O celular voltou a vibrar e, sereno, atendeu sem ver quem o chamava:

-Mãe?

-Mãe? – a voz repetiu, surpresa. – Não... não é sua mãe!

Masaki?

-Aiba, são duas horas da manhã... – choramingou.

-Onde você está? Liguei pra sua casa e sua mãe estava bem preocupada! Ela disse que você não atendia o celular.

-Estava no silencioso! – Ohno desculpou-se. – O que aconteceu?

-Oh! Algo horrível, Oh-chan!

Preocupado, Ohno sentou-se no sofá.

-O que houve?

-Sabe o cachorro que atropelamos? Ele era de rua... e ninguém quer adotá-lo! O veterinário acha que terá que sacrificá-lo!

Ohno arqueou as sobrancelhas.

-Eles lhe disseram isso... – falou pausadamente -, às duas horas da manhã?

-Claro que não – Aiba negou. – Eles me mandaram uma mensagem pro celular e eu só vi agora a pouco.

Ohno sentiu vontade de rir, mas segurou-se.

-E você não podia me contar isso amanhã quando nos encontrássemos?

-Como você é insensível, Oh-chan! Estou falando do seu filho!

-Meu o quê?

-Você salvou o cachorrinho! Agora é como se ele fosse seu...

Ohno levantou-se do sofá e elevou um pouco a voz, esquecendo-se do sono de Nino.

-Não! Eu não posso adotar um cachorro!

-O que lhe impede?

-Bom... – ele foi até a janela e observou a cidade enquanto pensava. – Eu não tenho jeito com animais!

Um som de passos se fez ouvir e Ohno virou-se em direção a porta do quarto de Nino. O mesmo encontrava-se parado a entrada, nu e sonolento.

-Oh-chan... – chamou-o. – Com quem está falando?

-É a voz de Nino-chan? – Aiba perguntou.

-Sim, é Nino-chan! – Ohno confirmou e então falou com Kazu – É Masaki! – explicou ao amante.

-Ohno-chan está na casa de Nino-san – ouviu Aiba contando a alguém.

-Oh-chan... volte para a cama... – a voz preguiçosa de Kazu fez Ohno quase desligar o celular na cara de Aiba.

-Eu tenho que desligar – disse ao amigo. – Amanhã conversamos!

-Espere! O cachorro...

-Boa noite, Masaki-chan.

Quando Aiba ouviu o som de desligado do aparelho, não pode reprimir uma risada. E a pessoa que estava com ele na cama riu junto, numa malícia óbvia e franca.

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
Nara
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2833
Idade : 33
Localização : São Paulo/SP
Emprego/lazer : bióloga
Unit Favorita : NewS, Arashi, Kanjani8, V6
Data de inscrição : 26/05/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qua Ago 12, 2009 8:34 pm

Aaaaa até q enfim postou o cap
Tava louca qrendo ler
Waaaa Josy ameeeeiii *-----*
Nhaaa esses dois *-----*
Hehe Aiba flando do filho d Ohno xDD
waaa qm ta na cama junto c/ o Aiba?
*curiosa*
Maaaaaaiiiiiis please
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://micellanews.blogspot.com/
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qua Ago 12, 2009 10:31 pm

Nara escreveu:
Aaaaa até q enfim postou o cap
Tava louca qrendo ler
Waaaa Josy ameeeeiii *-----*
Nhaaa esses dois *-----*
Hehe Aiba flando do filho d Ohno xDD
waaa qm ta na cama junto c/ o Aiba?
*curiosa*
Maaaaaaiiiiiis please
Ola florzinhaaa

Esse cap foi realmente especial. Primeira cena lemon yaoi que escrevo em anos... estava ansiosa por comentarios e o seu foi o primeiro..fiquei mto contente que tenha gostado^^
Brigadaaaaa


ps- segredo de aiba...segredo...rsrsrs
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
MiiHirano95
Administrador
Administrador
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1217
Idade : 23
Localização : MOGI DAS CRUZES -SP
Unit Favorita : NEWS
Data de inscrição : 16/03/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qui Ago 13, 2009 2:22 am

WAAAAAAAAAAA~
até que enfim \o/
OIAHSOIAHSIOHASIHOASOHISA''
boom. cara, voce escreve tão beem
que meio que hipnotiza o leitor *-*
queria saber fazer isso D:
mais então
eu quero leer o próximo capitulo *------*
posta, posta :D
tá de parabéns, mais uma vez josi ^^


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
alepiolhinha
Johnny's junior
Johnny's junior
avatar

Número de Mensagens : 654
Idade : 26
Localização : Curitiba
Unit Favorita : KAT-TUN, NewS
Data de inscrição : 02/05/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qui Ago 13, 2009 5:16 am

mto bom :D:D
qndo q sai o proximo? *o*
parabens *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://alepiolhinha.blogspot.com/
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qui Ago 13, 2009 3:35 pm

MiiHirano95 escreveu:
WAAAAAAAAAAA~
até que enfim \o/
OIAHSOIAHSIOHASIHOASOHISA''
boom. cara, voce escreve tão beem
que meio que hipnotiza o leitor *-*
queria saber fazer isso D:
mais então
eu quero leer o próximo capitulo *------*
posta, posta :D
tá de parabéns, mais uma vez josi ^^
Ola flor

Obrigadaaaaa...hehehe
Acho que é um pouco a experiencia tambem, afinal eu escrevo a mais de uma década... a gente vai pegando um pouco a "manha" de contar uma historia...mesmo assim... é mtoooo bom iniciar algo que nunca fez (meu caso agora: nunca havia escrito lemon yaoi com uma banda)... e cada comentario é mto gratificante^^ mto obrigada
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
Bah Wakabayashi
Johnny's trainer
Johnny's trainer
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 252
Idade : 25
Localização : Brasil, São Pulo, capital
Emprego/lazer : Auxiliar de lingua japonesa
Unit Favorita : Arashi *--* amo mais que tudo <3
KAT-TUN, NEWS, SMAP e TOKIO
Data de inscrição : 13/06/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qui Ago 13, 2009 4:59 pm

Waaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa *o* ti perfect *-------------*

amei o cap FATO
cachorrinho filho do Oh-chan Q

tenho quase certeza que o Aiba tava falando com o Sho Q /naummematem

Otimo capitulo Josi /o/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qui Ago 13, 2009 6:18 pm

Bah Wakabayashi escreveu:
Waaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa *o* ti perfect *-------------*

amei o cap FATO
cachorrinho filho do Oh-chan Q

tenho quase certeza que o Aiba tava falando com o Sho Q /naummematem

Otimo capitulo Josi /o/


Ola flor...

essa pessoa que estava na cama com o Aiba por enquanto é segredo... ehehehe

Muitooo obrigada pelo comentario^^ vc foi a primeira a ler alguns trechos hehehe... mtoooo obrigadaAAAA
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
Sayuka
Moderador
Moderador
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 674
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro
Unit Favorita : KAT-TUN - Arashi - News
Data de inscrição : 04/05/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qui Ago 13, 2009 10:30 pm

Josiane!!
Primeira vez que eu leio um fic dos meninos.... e to adorando!!!
Parabéns!! Vc escreve muito bem!!!
Fiquei curiosa pelo próximo cap!!!
bjs



by: Misakiti =)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Sex Ago 14, 2009 2:46 pm

Sayuka escreveu:
Josiane!!
Primeira vez que eu leio um fic dos meninos.... e to adorando!!!
Parabéns!! Vc escreve muito bem!!!
Fiquei curiosa pelo próximo cap!!!
bjs


Florr

Que bom! Olha...fic é mto bom... eu particularmente gosto d ler, mas em relação a fic do arashi, só leio quando nao tem mulher..rsrsrsrs
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
Sayuka
Moderador
Moderador
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 674
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro
Unit Favorita : KAT-TUN - Arashi - News
Data de inscrição : 04/05/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Sex Ago 14, 2009 3:43 pm

Hehehehe!!!!
Eu adooooooooooro ler uma boa fic!! Só que nunca tinha lido uma relacionada aos garotos da JE...
E num vo te enganar não... adorei o casal Ohmiya XDDDD~ acho que vou virar fã igual a Akame ahahahha \o\

bjs o/



by: Misakiti =)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Sex Ago 14, 2009 6:33 pm

Sayuka escreveu:
Hehehehe!!!!
Eu adooooooooooro ler uma boa fic!! Só que nunca tinha lido uma relacionada aos garotos da JE...
E num vo te enganar não... adorei o casal Ohmiya XDDDD~ acho que vou virar fã igual a Akame ahahahha \o\

bjs o/

Vi algumas fotos do "akame" e adorei de paixao. Achei mto fofo o casal...mas parece que um deles tem namorada, nao? Dai broxei completamente..hauahauha
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
yumichan
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1126
Idade : 25
Localização : São Paulo
Unit Favorita : NEWS, Hey!Say!JUMP, KAT-TUN, Arashi, Kanjani8 ...
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Sab Ago 15, 2009 12:03 am

Josy!
nha...adorei o cap!
sempre terminando com suspense!hehehe

concordo com a Mii! vc escreve muitooo bemm!
parabénss!^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qua Ago 19, 2009 11:11 pm

Rendição

Capítulo V

Por Josiane Veiga


O olhar de Aiba Masaki era um misto de malícia e inocência. Um belo contraste, pensava Ohno. Aiba sempre fora assim e isso normalmente mexia com o imaginário das suas fãs, que ora se viam sendo incentivadas pela vivacidade de Masaki, ora se viam apaixonadas pelo seu lado gentil e ingênuo. Os dois estavam sozinhos no camarim e Ohno não suportava mais a forma com que era encarado pelo outro.

-Mas por que está me olhando assim? – perguntou depois de cinco minutos.

-Estou esperando... – foi a resposta suave de Aiba.

-Esperando o quê?

-Ora, Ohno-chan! Estou aguardando você me contar sobre ontem à noite!

O Líder do Arashi enrubesceu imediatamente, e voltou-se novamente para o espelho, tentando arrumar uma ocupação para as mãos que começaram a se mover involuntariamente. Pegou uma pequena esponja e começou a passar base no rosto. Já havia sido maquiado pela responsável por esta tarefa no camarim, mas não se importou.

-Ontem à noite? – perguntou, por fim. – Ora! Eu fui beber com Nino-chan! Você sabe que ele e eu somos acostumados a passar algumas noites juntos...

-Oh sim – Aiba o interrompeu. – Sei que você e Nino-san já passaram várias noites juntos- confirmou num sorriso malicioso. - Entretanto, você nunca ficou suspirando no dia seguinte como fez hoje!

Ohno voltou-se novamente para Aiba. Inferno! Por que o amigo tinha que ser tão sensível e notar-lhe o menor sinal de alteração de humor?

-Eu o amo – confessou subitamente.

Ficou aguardando o olhar chocado de Aiba e talvez até as palavras desconcertantes que a maioria da população diria quando soubesse que um homem viril como ele, na verdade era gay. Mas surpreendeu-se com a forma tranqüila com que Aiba reagiu.

-Ora, Oh-chan! Isso eu sei!

Coçando a cabeça, Ohno achou melhor esclarecer.

-Estou dizendo que o amo como homem.

-E eu estou dizendo que eu sei! Aliás, até os pombos da praça de Tókio sabem – ele confidenciou. – E não é de hoje! – completou.

Ohno baixou a fronte, constrangido por notar o quão óbvio eram seus sentimentos. Percebeu então que Aiba pegou em sua mão e sentiu-se estranhamente e maravilhosamente confortado.

-Estou tãooooooooo feliz por vocês dois terem se acertado, Oh-chan! – Aiba deu ênfase no “tão” de forma intencional.

-Na verdade, hoje de manhã mal nos falamos porque Nino-chan tinha um compromisso de trabalho... – ele murmurou. – Não sei se nós nos acertamos...

-Como não? Vocês não transaram?

-Fale baixo – Ohno olhou para a porta. Vendo-a fechada, acalmou-se. – Dormimos juntos sim – sorriu apenas para depois ver o sorriso sumir de sua face. – Mas Nino-chan sempre foi hetero...

-Isso não tem nada haver com opção sexual, Oh-chan! O que existe entre vocês dois sempre foi amor, puro e simples. Não é unicamente um ato carnal, que até os animais fazem... é sentimento!

-Sim, eu sei. Até pouco tempo atrás, eu mesmo me cria heterossexual.

-Então amigo, fique tranquilo. Com certeza Nino-chan virá te procurar hoje! Ou amanhã! Não importa! O importante é que vocês finalmente se entregaram!

-Você fala de uma forma que faz parecer que parecíamos dois idiotas que não notavam os próprios sentimentos.

-E não é isso mesmo? – Aiba riu. – Estou tão feliz por vocês dois que tenho vontade de falar disso no programa de hoje! Sair gritando: Ohno e Nino estão juntos!

Ohno riu, nervoso.

-Nem brinque com isso! É segredo, ouviu?

-Mas Sho-chan e Jun-chan têm que saber!

-Vou contar, mas apenas depois de Kazu-chan e eu termos conversado.

Soltando as mãos de Ohno, Aiba acariciou o rosto do amigo.

-Oh-chan! Estou tão orgulhoso de você! Está tão maduro! Tão pronto!

A frase demorou a ser entendida por Ohno.

-Pronto?

-Ora! Você não se esqueceu do seu cachorro, não?

A conversa da madrugada voltou a mente de Ohno. Negando com a cabeça, ele levantou-se. Não percebeu que começou a caminhar de um lado para o outro e era seguido por Masaki, que uniu as duas mãos, em forma de súplica.

-Aiba, eu não vou adotar o cachorro!

-Mas, Oh-chan...

-Não!

-Mas, Oh-chan...

-Você não entende que eu sou péssimo com animais?

-Mas, Oh-chan...

-E quando eu teria tempo pra cuidar de um cachorro? Eu trabalho quase vinte e quatro horas por dia!

-Mas, Oh-chan...

-E esses animais não necessitam somente de comida! A gente tem que dar banho, limpar o cocô...

-Mas, Oh-chan...

-Quer parar de ficar repetindo “Mas, Oh-chan...” pra mim? Nada do que você me dizer vai me convencer a adotar um cachorro! Nada! Nada, ouviu? NADA!

~~~~~~~~~~000000~~~~~~~~~~

-Olhe, Oh-chan! Esse é o centro de amparo aos animais abandonados! – Aiba mostrou o enorme prédio branco com o dedo indicador. – Será que posso estacionar na frente?

-Tanto faz... – Ohno resmungou, mal humorado.

Os dois encontravam-se no carro de Masaki. Ohno havia afirmado de forma firme que não ficaria com o cachorro que havia salvado do atropelamento, mas, em algum momento, entre suas palavras de negação, e as lágrimas, choros e ameaças de suicídio de Aiba, ele acabou cedendo.

Masaki o manipulou!

Como Aiba conseguia aquilo? Devia ser muito fácil para ele! Somente chorava um pouco, lacrimejava com os belos olhos escuros, tremia o lábio inferior... E então tudo que desejava se fazia, já que Ohno nunca fora capaz de negar-lhe nada.

-Ali tem uma vaga, Oh-chan! – o outro berrou, feliz.

Em poucos minutos, duas das pessoas mais importantes e famosas do Japão estavam dentro de uma sala, sendo observados pelo voluntário que parecia admirado com as presenças ilustres.

-Err... vocês podem me dar um autografo? – o rapaz solicitou, ansioso.

Ohno encarou o jovem, mas não chegou a abrir a boca. Antes de esboçar qualquer reação, Aiba adiantou-se e pegou um papel e caneta.

-Claro que sim! Como você se chama?

-Yukuke.

-“Yusuke-kun, você é muito gentil e bondoso por cuidar dos lindos animaizinhos abandonados. Foi um prazer ter-lhe conhecido. Ass. Masaki Aiba” – escreveu. – Oh-chan, deixei uma mensagem ao jovem que estava cuidando de Satoshi Junior.

-Satoshi o quê? – Ohno gritou embasbacado.

Ok. Aquilo devia ser um pesadelo. Devia ficar calmo porque iria acordar e iria rir muito quando isso acontecesse. Dizem que certos sonhos são tão reais que as pessoas podiam até sentir efeitos físicos no próprio corpo quando esses sonhos ocorrem. E isso estava acontecendo agora, porque podia realmente sentir Aiba abraçando-lhe feliz.

-Olhe como ele é lindo!

Ohno baixou o olhar e notou que o cachorro que veio buscar acabava de entrar na sala de espera ao lado de outro voluntario. O animal encarava-lhe curioso.

-O Junior vai fazê-lo tão feliz, Ohno-kun! Você vai ver! Será seu amigo mais fiel! Em pouco tempo você vai amá-lo tanto que não vai se importar com os sapatos rasgados, as meias perdidas, nem com o coco embaixo da cama e muito menos com as lambidas que ele lhe dará no rosto!

Ohno suspirou.

-Não acredito que estou fazendo isso!

~~~~~~~~~~000000~~~~~~~~~~

O cachorro era autista!

Bom, pelo menos Ohno começou a acreditar nisso quando desceu do carro de Masaki com o animal e tentou chamá-lo para entrar em casa. Gritou várias vezes, mas o cão insistia em ficar olhando-lhe como um idiota e não mexer um músculo em sua direção.

-Vamos cachorro! Venha! – falava subindo as escadas em direção a porta.

-Você precisa chamá-lo pelo nome, Satoshi-chan! – Aiba disse-lhe, entrando no carro.

-Eu não vou ficar gritando meu nome pro cachorro em frente a toda vizinhança – Ohno gritou ao amigo.

Masaki ligou o carro, pouco se importando com o ar irritadiço do mais velho.

-Chame-o de Junior e verá que ele vai obedecê-lo.

Por sorte, Aiba não pôde ouvir todos os xingamentos que recebeu de Ohno, pois ligou o som do carro e foi embora. Era típico dele! Arrumava um cachorro para Satoshi e simplesmente ia embora, sem ajudar em nada o outro.

Resmungando, Ohno voltou a atenção ao animal, batendo as mãos:

-Vamos lá cachorro – chamou. – Vamos entrar! Vou te dar comida! Você não está com fome?

Nada.

-Quem sabe eu até te arrumo uma namorada!

Nada. E para piorar, alguns vizinhos curiosos já começavam a olhar pelas janelas de suas casas.

-Entre logo ou vou te deixar aí fora! – ameaçou, mesmo sabendo que não cumpriria a chantagem.

Absolutamente nada.

...E os vizinhos agora já falavam mais alto.

-Esses astros da TV são tão estranhos – ouviu a voz da senhora Higurashi.

-Deve estar até drogado! – murmurou a outra vizinha.

Eram duas idosas e foi apenas a idade delas que fez Ohno não levantar a voz e dar-lhes uma boa resposta.

Resolveu ser prático, afinal, isso era algo comum para ele.

-É sua última chance – gemeu ao cachorro. – Venha agora pra dentro ou nunca seremos amigos!

O animal de médio porte e pêlos castanhos deitou-se, ignorando-o literalmente.

-Por favor... – implorou.

Vendo que não havia saída, usou sua última tática.

-Venha... – pausa longa –, Junior...

Foi com crescente descontentamento que viu o cão levantar-se e caminhar numa pose aristocrata para dentro da sua residência.

-Okaasan! – berrou assim que se viu dentro do abrigo do lar. – Tenho algo a lhe mostrar!

Durou cerca de dois minutos para uma senhora aparecer na sala. Ela tinha uma aparência jovial e cabelos presos num coque na nuca. Seu sorriso era enorme e seu porte altivo. Porém, não foi para ela que Ohno olhou embasbacado. Ao lado da mulher estava Ninomiya Kazunari vestindo um avental branco.

-Nino-chan... – murmurou surpreso. –O que você está fazendo aqui?

-Isso é jeito de falar com seu amigo? – repreendeu a mãe de Ohno. – Nino-san sempre vinha aqui, mas ultimamente, por causa dos compromissos, resolveu esquecer que tem uma segunda mãe.

As palavras, apesar de claras censuras, eram ditas de forma fraternal e amorosa. Nino, portanto, sorriu para a mulher:

-Ora Okaasan! Oh-chan que nunca me convida! Acho que ele tem ciúmes da senhora!

Sabendo que Kazu mantinha um bom relacionamento com sua mãe, Ohno sorriu. Antigamente, o moreno sempre ia dormir na casa de Satoshi e era lá que se refugiava quando acontecia algum problema pessoal. Entretanto, queria ter se encontrado com ele num local mais isolado, pois tinham assuntos a resolver.

-O que estavam fazendo? – perguntou ao notar o avental.

-Um bolo! – Nino exclamou – Pra você!

-Isso mesmo! – A mãe confirmou.

Satoshi sentiu-se estúpido naquele instante. Por que tanta insegurança? Enquanto o mais velho passou praticamente a manhã toda se preocupando se o rapaz o amava ou não, Ninomiya havia passado este tempo em sua casa preparando algo pra ele.

-Achei que você tinha uma reunião – comentou.

-Foi cancelada – Kazu disse. – Tentei ligar-lhe, mas você nunca responde as chamadas ao celular.

Era verdade. Satoshi normalmente deixava o aparelho no modo silencioso e praticamente esquecia-se da existência do telefone.

-Onde esteve?

Era impressão sua, mas a voz de Nino parecia ter um tom de implicância? Ou até ciúmes?

-Estava com Masaki – respondeu simplesmente.

-Ah! – Kazu parecia aliviado.

Sentindo uma baforada nas suas pernas, Ohno lembrou-se do cachorro. Olhou para baixo e, notando que o animal era tão silencioso quanto ele mesmo, sorriu.

-Ah... – começou, mesmo não sabendo muito bem que palavras usar -, eu trouxe um cachorro pra casa...

Só então a mãe de Ohno percebeu o animal parado na lateral do filho. Ela abriu os lábios para falar, mas estava surpresa demais pela novidade. Nino também parecia incrédulo, entretanto não resistiu as palavras:

-Desde quando você gosta de cachorros?

-Eu sempre gostei de animais... – Ohno respondeu dessa forma apenas para não demonstrar o quanto se sentia idiota por Aiba o ter manejado.

-Só porque você chorou quando teve que comer um pássaro num dos programas que a gente já gravou, não quer dizer que você ame animais – retrucou o outro.

-Mas eu amo o Junior! – Ohno reagiu, baixando-se ao lado do cão e fazendo-lhe carinho na cabeça.

O vira-lata parecia tão surpreso quanto o próprio dono pela reação.

-Junior? – a voz da mãe de Ohno surgiu em meio àquela confusão.

-É o nome dele! – Satoshi respondeu.

A gargalhada de Ninomiya irritou profundamente Ohno. Por que ninguém achava que ele fosse capaz de ter um cachorro? Era um homem de vinte e seis anos, e, além disso, não podia ser tão difícil cuidar de um animal!

Virando-se de costas para Kazu, Satoshi pegou o cão pela coleira e foi subindo com ele em direção ao quarto. Por sorte, os voluntários do centro de animais haviam dado banho no animal e ele não teria nenhum trabalho com o dito... bom, achava que não.

A mania de coçar o nariz, que sempre aparecia quando Ohno estava confuso, voltou. Esfregou o dedo na parte externa do nariz e olhou para seu animal de estimação. O que se fazia com um cachorro? Se fosse criança, podia sair correndo com o mesmo, tentando descobrir qual dos dois seres podia ser mais idiota (Oh sim, ele sempre achou uma besteira ficar correndo sem rumo ao lado de um cão). Mas era adulto... e um adulto sem nenhum instinto amigável com cachorros. Talvez por isso preferisse gatos. Os felinos eram espertos, não davam trabalho e nem precisavam de carinho. Mas o destino, ou Aiba Masaki, havia lhe providenciado outra realidade.

-Oh-chan! – a voz de Nino o fez virar-se.

Estava na porta de seu quarto, e o amigo encontrava-se no corredor.

-Ficou zangado? – a voz de Kazu era doce.

-Todos acham que eu não sou capaz de cuidar de um simples cão – queixou-se Ohno.

Mas, tão logo a lamúria escapou de seus lábios, viu-se arrependido de tê-la feito. Inferno! Sentia-se tão tolo!

-Eu sei que você é capaz de qualquer coisa, Oh-chan...

A afirmação de Nino o arrepiou. Isso e o fato de que o rapaz o abraçou, beijando seu pescoço.

-Nino-chan... – murmurou.

-Estou louco pra ficar sozinho com você, Oh-chan...

O toque dos corpos estava deixando Satoshi excitado. Como Kazunari conseguia mexer com suas estruturas tão facilmente?

-É só abrir a porta do meu quarto – riu Ohno.

Nino soltou-o imediatamente. Seu olhar era languido, febril.

-Aqui não. Okaasan pode não gostar de ver nossa “amizade” ter evoluído tanto. Vamos pro meu apartamento...

-Sim, vou só pegar algumas coisas...

Ao dizer isso, Satoshi soltou a coleira do cão e abriu a porta do quarto, entrando. Nino o seguiu.

-Vai pegar o quê?

-Uma muda de roupa...

-Leve sua escova de dente também...

-Se unirmos nossas escovas de dente, estaremos praticamente casados! – Ohno o provocou.

-E não estamos praticamente casados? Ontem não foi nossa lua-de-mel? – Kazu devolveu na mesma moeda.

Ohno sorriu feliz. Pegou a uma mochila e começou a colocar algumas coisas dentro dela.

-Esqueci do bolo... – Nino comentou. – Sua mãe vai ficar triste se não o comermos...

-A gente come antes de ir!

Já estava praticamente saindo do quarto, quando olhou para o lado e notou Junior o encarando seriamente. Havia se esquecido completamente do cão!

-Temos um problema – disse a Kazu.

-Qual?

-Não posso deixar o cachorro sozinho aqui ou pra minha mãe cuidar no meu primeiro dia com ele!

Nino voltou a rir.

-Quem disse que ser pai solteiro é fácil? – importunou Kazu, mostrando a língua.

Acompanhando o amante na risada, Ohno atirou um travesseiro contra Nino.

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
Sayuka
Moderador
Moderador
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 674
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro
Unit Favorita : KAT-TUN - Arashi - News
Data de inscrição : 04/05/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qui Ago 20, 2009 12:12 am

Ahahahaha essa eu pagava pra ver.... Ohno cuidando do cachorro!!!!
Ta mto interessante esse cap Josiane!!! Parabéns mais uma vez pela fic ;D
Fico esperando ansiosa o próximo haahuahuahau \o/



by: Misakiti =)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qui Ago 20, 2009 2:41 pm

Sayuka escreveu:
Ahahahaha essa eu pagava pra ver.... Ohno cuidando do cachorro!!!!
Ta mto interessante esse cap Josiane!!! Parabéns mais uma vez pela fic ;D
Fico esperando ansiosa o próximo haahuahuahau \o/


Flor, obrigada pelo carinho que vc sempre dedica ao meu trabalho^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
Nara
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2833
Idade : 33
Localização : São Paulo/SP
Emprego/lazer : bióloga
Unit Favorita : NewS, Arashi, Kanjani8, V6
Data de inscrição : 26/05/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qui Ago 20, 2009 11:29 pm

Nhaaaa Aiba q fofo *-----*
hehe tds ja sabiam q eles se amavam menos eles 2 rsrs

Citação :
Oh-chan, deixei uma mensagem ao jovem que estava cuidando de Satoshi Junior.

-Satoshi o quê? – Ohno gritou embasbacado.
hsahshahshahsha aiai esse Aiba
q comedia xDD

Hee nao teve jeito hein? Ohno teve q ficar c/ o caozinho

Ah ms vc nao disse qm tava c/ o Aiba aqla noite
Eu qro sabeeeeer

Continua, continua
Ta mto boaaaaa
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://micellanews.blogspot.com/
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qui Ago 20, 2009 11:51 pm

Nara escreveu:
Nhaaaa Aiba q fofo *-----*
hehe tds ja sabiam q eles se amavam menos eles 2 rsrs

Citação :
Oh-chan, deixei uma mensagem ao jovem que estava cuidando de Satoshi Junior.

-Satoshi o quê? – Ohno gritou embasbacado.
hsahshahshahsha aiai esse Aiba
q comedia xDD

Hee nao teve jeito hein? Ohno teve q ficar c/ o caozinho

Ah ms vc nao disse qm tava c/ o Aiba aqla noite
Eu qro sabeeeeer

Continua, continua
Ta mto boaaaaa

Heghehehehe

Flor...é segredooooo...rsrsrsrs

adoro os surtos engraçados do aiba...acho ele mto inteligente e acredito quer ele faça as pessoas fazerem tudo q ele quer só agindo como um bebe^^ hehehehehe


Mtoooo obrigada pelo coment.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
yumichan
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1126
Idade : 25
Localização : São Paulo
Unit Favorita : NEWS, Hey!Say!JUMP, KAT-TUN, Arashi, Kanjani8 ...
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Sex Ago 21, 2009 2:18 am

o que sera que vai acontecer com o cachorro!?
hehehehehe xD
*esperando o proximo capitulo* ^-^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[END] - Rendição
Voltar ao Topo 
Página 2 de 17Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 9 ... 17  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Johnnys Brasil :: Off Topic :: Free your mind-
Ir para: