★ Johnnys no Brasil ★
 
InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 [END] - Rendição

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 11 ... 17  Seguinte
AutorMensagem
Nara
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2833
Idade : 32
Localização : São Paulo/SP
Emprego/lazer : bióloga
Unit Favorita : NewS, Arashi, Kanjani8, V6
Data de inscrição : 26/05/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qua Set 16, 2009 12:02 am

Cmo o Nino teve a coragem d aparecer por la? O.O
msm q a Audrey tenha insistido
Ai ms ela é uma falsa msm hein :¬¬:
Citação :
-Ora, deixe-me falar! – Prosseguiu a mãe de Satoshi, indiferente. – Eu nunca pude fofocar com uma mulher em relação aos meninos!
hsahshahshahsah aiai essa mae do Ohno
Gosto dela ^^
Nhaa eu sofro pelo Oh-chan buaa
Nino olha o q vc faz c/ ele *faz cara d choro*
Ai Josy só assim p/ vc me fazer a nao gostar do Nino, sacanagem
Weee Jun beijou o Ohno \e/ msm q ele nao tenha correspondido ja é um gde avanço hehe
Citação :
-Porém, se algum dia você esquecer Nino-san... eu arriscaria tudo pra ficar com você...
Nhaaa cmo Jun é lindo e tao fofo *-------* *apaixonada pelo Jun agora* rsrs
Nino q me perdoe haha
Jun fica comigo? hashahshashahsa


Última edição por Nara em Qua Set 16, 2009 3:09 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://micellanews.blogspot.com/
alepiolhinha
Johnny's junior
Johnny's junior
avatar

Número de Mensagens : 654
Idade : 26
Localização : Curitiba
Unit Favorita : KAT-TUN, NewS
Data de inscrição : 02/05/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qua Set 16, 2009 12:44 am

ah... amar ñ eh algo assim, pode ser q amasse, pode ser q ñ, vc q decide HUSAHSUAHUH
realmente, ñ tem cabeça x.x' nessas horas q eu vejo q minha vida amorosa ñ eh taaao ruim '-' [seehqpode-seconsiderarqtenhoumaHUSAUSAH]

Nara HUSAHSUAH
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://alepiolhinha.blogspot.com/
yumichan
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1126
Idade : 25
Localização : São Paulo
Unit Favorita : NEWS, Hey!Say!JUMP, KAT-TUN, Arashi, Kanjani8 ...
Data de inscrição : 08/12/2008

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qua Set 16, 2009 2:18 am

Como essa Audrey é folgadaa >< *realmente num gosto dela*
e o Jun é muito meigo!
hehehehe xD

*esperando o proximo cap...^^*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qua Set 16, 2009 3:09 pm

Nara escreveu:
Cmo o Nino teve a coragem d aparecer por la? O.O
msm q a Audrey tenha insistido
Ai ms ela é uma falsa msm hein :¬¬:
Citação :
-Ora, deixe-me falar! – Prosseguiu a mãe de Satoshi, indiferente. – Eu nunca pude fofocar com uma mulher em relação aos meninos!
hsahshahshahsah aiai essa mae do Ohno
Gosto dela ^^
Nhaa eu sofro pelo Oh-chan buaa
Nino olha o q vc faz c/ ele *faz cara d choro*
Ai Josy só assim p/ vc me fazer a nao gostar do Nino, sacanagem
Weee Jun beijou o Ohno \e/ msm q ele nao tenha correspondido ja é um gde avanço hehe
Citação :
-Porém, se algum dia você esquecer Nino-san... eu arriscaria tudo pra ficar com você...
Nhaaa cmo Jun é lindo e tao fofo *-------* *apaixonada pelo Jun agora* rsrs
Nino q me perdoe haha
Jun fica comigo? hashahshashahsa

Florrrr

Pois é... o Nino ta sendo bem manipulado pela Audrey. Importante lembrar de que Audrey já percebeu Ohno e foi proposital a visita para tentar pisar no mais velho...
Huahauahauahauahuaa
Menina, Nino é meu ichiban, e eu nao consigo deixar de ama-lo...hehehe... tera uma cena muitoooo especial dele no prox. ep. estou doida pra postar^^^

Jun é demais mesmo. Quem nao se apaixona? Ohno ama demais Nino pra nao cair nas garras do Matsumoto...hehehe
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
Nara
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2833
Idade : 32
Localização : São Paulo/SP
Emprego/lazer : bióloga
Unit Favorita : NewS, Arashi, Kanjani8, V6
Data de inscrição : 26/05/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qua Set 16, 2009 7:19 pm

Citação :
Menina, Nino é meu ichiban, e eu nao consigo deixar de ama-lo...hehehe... tera uma cena muitoooo especial dele no prox. ep. estou doida pra postar^^^
Heheh ele é o meu ichi tbm xD
Ah fica ai soltando spoiler, sacanagem
e eu to doida p/ ler *-------*
nhaa entao posta rapido xDD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://micellanews.blogspot.com/
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qua Set 16, 2009 8:16 pm

Nara escreveu:
Citação :
Menina, Nino é meu ichiban, e eu nao consigo deixar de ama-lo...hehehe... tera uma cena muitoooo especial dele no prox. ep. estou doida pra postar^^^
Heheh ele é o meu ichi tbm xD
Ah fica ai soltando spoiler, sacanagem
e eu to doida p/ ler *-------*
nhaa entao posta rapido xDD

Vai sair sexta amada...tenho q terminar a segunda parte da fic...hehehe
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
Bah Wakabayashi
Johnny's trainer
Johnny's trainer
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 252
Idade : 25
Localização : Brasil, São Pulo, capital
Emprego/lazer : Auxiliar de lingua japonesa
Unit Favorita : Arashi *--* amo mais que tudo <3
KAT-TUN, NEWS, SMAP e TOKIO
Data de inscrição : 13/06/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qua Set 16, 2009 8:51 pm

*entra no pc escondido só pra ler o capitulo Q*
Oia quem chegoooo Q

posso fikar de castig hj mais sou um garota feliz agora XD

Juntoshi finalmente *------------------*

ahhh amei ... a ultima frase do Jun me lembro HAnaDAn (nem sei pq) Tsukushi e Rui... é eu tiro as coisas do nada

Nino est me tirando do serio ¬¬ e aquela Audrey vai ta merecendo morrer ¬¬

Acabamos de descobrir algo incomun entre o Oh-chan e Junior \o/
ele naum deve gostar por causa da agua u_U ( qq eu to falando? )

Bem mais pra variar Tia Josi caplicho nesse capitulo e me deixo mais curiosa ainda e na boa eu queria ver o NIno com ciumes do Jun ahhhh como queria XD pra ele da valor pro Oh-chan

Parabens pelo capitulo Tia Josi /o/
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qua Set 16, 2009 9:53 pm

Bahhhhhh
Ahhh..que coisa boa ler seu comentario^^ hehehe...estou tao pra baixo hoje e agora recebo um coment lindo desses ^^

Fia... Jun ta se superando nessa fic. De todos os membros, admito que ele é o que menos eu gosto, pq em algumas vezes ele provocou propositalmente o ciume do Nino...e ver o Nino pra baixo (é... coisa de fa q nota ate o que ninguem mais nota), me enlouquece...

Mas;... nessa fic...ele ta encantador.. e afinal, o fato de eu gostar menos do Jun... nao quer dizer q eu nao o ame tambem...hehehe

Muitoooo obrigada pelo carinho flor
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
alepiolhinha
Johnny's junior
Johnny's junior
avatar

Número de Mensagens : 654
Idade : 26
Localização : Curitiba
Unit Favorita : KAT-TUN, NewS
Data de inscrição : 02/05/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qui Set 17, 2009 12:28 am

'Acho q quem ja amou mesmo sabe que nem sempre o amor é um conto de fadas... os percalços existem... hehehe'

vdd HUSAHSAUHSAUH ql seria a graça do amor se ele fosse um completo conto de fadas?
ñ tem graça algo dado pela mao, sempre damos valor ao dificil... logo o amor eh dificil... e amargo ;x
SAUHSAUHSAUH

ahhhhhh, so sexta? T.T fiquei mto curiosa pra ler o resto HUSAHUSAHUSHA
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://alepiolhinha.blogspot.com/
Sayuka
Moderador
Moderador
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 674
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro
Unit Favorita : KAT-TUN - Arashi - News
Data de inscrição : 04/05/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qui Set 17, 2009 1:47 am

Citação :
Todavia, ao chegar a sala, ele não ouviu mais a mãe. Seus olhos estavam fixos em Ninomiya e na morena que o acompanhava. Completamente estupefato pela audácia de Kazunari de ter vindo a sua casa junto com a namorada, Satoshi simplesmente não conseguia dizer uma única palavra.
Cara se sou eu ia explodir na hora... tipo COMO ASSIM?! PQ?!

Citação :
-Eu não queria ter vindo... – justificou-se Ninomiya. – Audrey insistiu e eu não pude fazer nada...
Cara... pra falar isso era melhor ter ficado calado...

Citação :
-Não me interessa – Ohno foi rude.
-Gostar? Eu tenho nojo de você! Como se atreve a me beijar na casa de minha mãe enquanto sua namorada se encontra na sala?
-Quer saber? Fique aí com sua americana que eu vou sair! Diga a minha mãe que eu tive um compromisso ou qualquer outra coisa!

Cara... se eu estivesse no lugar do ohno teria sido mto mais estupida ¬¬' ta pegando leve d+...

Citação :
-Aonde vai?
-O que te interessa?
-Inferno! Eu só perguntei aonde você vai! Para o caso de sua mãe se preocupar!
Ohno estancou na porta e meditou um pouco antes de responder:
-Vou pra casa de Jun-chan!
Aaaaaaaa queria ter visto a cara do Nino nessa parte... ele deve ter ficado com mta raiva.....

Citação :
-Você sempre foi especial pra mim, Ohno-san...
-Eu não sinto atração por outros homens – Jun negou. – Só por você...
-Porém, se algum dia você esquecer Nino-san... eu arriscaria tudo pra ficar com você...
Cara o Jun é MTO fofo!!! To mais apaixonada ainda por ele *__________*

Amei o cap Josi!!! No aguardo pro próximo *-*



by: Misakiti =)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qui Set 17, 2009 4:53 pm

alepiolhinha escreveu:
'Acho q quem ja amou mesmo sabe que nem sempre o amor é um conto de fadas... os percalços existem... hehehe'

vdd HUSAHSAUHSAUH ql seria a graça do amor se ele fosse um completo conto de fadas?
ñ tem graça algo dado pela mao, sempre damos valor ao dificil... logo o amor eh dificil... e amargo ;x
SAUHSAUHSAUH

ahhhhhh, so sexta? T.T fiquei mto curiosa pra ler o resto HUSAHUSAHUSHA

Flor, o cap 13 acho que vou publicar só no sabado. Terminei ele ontem, mas tenho q corrigir as concordancias, gramatica, etc... e o fato é que ele ficou espetacular. Olha..sou muito autocritica e nunca gosto do que escrevo, mas sim, eu adorei este cap...

Vai ter Ohmiya e sakuraiba de montãooooo

Bjos e obrigadaaa pelo apoio^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
MiiHirano95
Administrador
Administrador
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1217
Idade : 23
Localização : MOGI DAS CRUZES -SP
Unit Favorita : NEWS
Data de inscrição : 16/03/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Qui Set 17, 2009 9:47 pm

WAA , nino fdp ;x
como ele leva a vaca pra casa do ohno ? u_u
aaaaaargh :@

o jun. o jun, me emocionei com a ultima frase dele meu. muito fofo.

parabéns josi, to esperando o próximo cap. :D


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Sex Set 18, 2009 6:37 pm

Rendição

Capítulo XIII

Por Josiane Veiga

Nota da Autora: Primeira parte deste capítulo contém cenas de cunho sexual explícito. Esta cena demorou uma semana pra ficar pronta na mente antes de ser projetada no papel. Sabe-se lá porque eu simplesmente amei o resultado. Espero que gostem também ^.^ Ah, e ela foi narrada pra mim pelo Nino num sonho.. veh se eu posso com isso! Outra coisa, a cena de Sakuraiba (que terá neste cap) não era, em hipótese nenhuma, para ter saído dessa forma. Não sei por que cargas d´agua as teclas simplesmente começar a mexer-se e a cena saiu assim... eu não pude conter... foi um horror... esses personagens já tomaram vida própria e eu não posso mais controla-los! * autora maluca*



Satoshi revirou-se entre os lençóis claros. Aquele havia sido um dia cheio, repleto de momentos angustiosos como a visita de Ninomiya e a confissão de Jun, e talvez fosse essa a causa de que não conseguia adormecer.

Por que nunca havia percebido os sentimentos de Matsumoto? Mentalmente recriminou-se com medo de que havia incentivado as emoções de Jun. Entretanto, quando recordava dos momentos que haviam passado juntos, nada surgia-lhe a mente. Sempre tratou Jun da mesma forma com que tratava os demais membros.

De Matsumoto, os pensamentos voltaram-se para Ninomiya. A dor de vê-lo ao lado da mulher americana era intensa. Enquanto os observava na sala, queria gritar com os dois, dizer para pararem de ferirem-no tanto.

“Inferno”, pensou.

Quando poderia ter paz e esquecer tudo aquilo? Será que aquela agonia era o preço a pagar pelos momentos de paixão que viveu ao lado de Kazunari?

Respirou fundo.

A chuva lá fora continuava intensa e um clarão iluminou seu quarto. Que horas seriam? Não importava. Fechou novamente os olhos e tentou afastar qualquer pensamento para ver se o sono vinha. Surpreendentemente, logo ele estava sonhando...

E não era um sonho comum apesar do cenário não ser nenhum lugar especial. Era apenas seu quarto. De alguma forma, Ohno sabia que estava deitado na cama, apenas descansando. Uma paz absurda tomou conta de si...

Foi então que ele sentiu uma mão deslizando por sua coxa e subindo até seu ventre. Uma mão quente e firme... a mão de Kazu...

Entreabriu os olhos e viu o ex-namorado próximo a ele, olhando-o com um sorriso malicioso. Percebeu a intenção repleta de luxuria transbordando pelos olhos negros e ficou confuso. Por que razão Kazunari invadia seu sonho? Por que estava ali prometendo delícias com o olhar, se na vida real só o havia feito sofrer?

-Vá embora... – murmurou.

Ao levantar a mão e tocar no peito do ex, percebeu que ele não vestia nenhuma camisa. Descendo os olhos, viu-o completamente nu e excitado. Pelos céus, Kazu era magnífico! Um belo exemplar de macho no seu mais alto nível de cio.

-Por que voltou pra casa? – a voz de Nino chegou-lhe aos ouvidos. – Por que não ficou dormindo com Jun-chan? Você nunca me deixou passar uma noite sozinho enquanto estávamos juntos...

Até mesmo em seus sonhos Nino era ciumento? Quase rindo, Ohno respondeu-lhe:

-Jun-chan e eu não transamos...

-Por que não?

-Eu não consigo pensar em dividir a cama com ninguém que não seja você...

A sinceridade de Ohno fez com que o mesmo inundasse os olhos pelas lágrimas. Sabia que a boca acabara de admitir o que a mente se recusava a aceitar. Ele havia se tornado dependente de Kazunari, e isso era triste. Ao vê-lo chorando, Nino entreabriu os lábios e se aproximou ainda mais. Beijou a boca de Satoshi com doçura e candura.

-Eu vou esquecer você... – Satoshi prometeu assim que as bocas se descolaram.

-Eu nunca vou deixar...

-Por que faz isso comigo?

Arrancando o lençol que cobria toda a extensão do corpo de Ohno, Nino deitou-se sobre o mais velho. O toque entre os corpos só não foi completo porque Satoshi dormia de cueca.

-Acredite em mim, Oh-chan... eu morreria só pra não te ver sofrer assim...

Voltaram a se beijar, mas dessa vez com ousadia. Os lábios de Nino, úmidos pela saliva dos dois, desceu da boca até o pescoço, em pequenas lambidas. As mãos másculas deslizaram suavemente pelos braços de Ohno, até agarrar-lhe os pulsos com firmeza e então erguerem as mãos do mais velho em cima de sua cabeça.

Satoshi agora estava à disposição de Nino. O problema é que não era só sexo. Se assim o fosse, com certeza o Riida conseguiria tirar de letra aquela situação. Mas a verdade é que a entrega de Satoshi era também emocional e afetiva. Ele amava Ninomiya Kazunari e por mais que se recusasse a entregar-se a ele, seu corpo simplesmente não o obedecia.

Sentiu seu membro duro elevar-se embaixo da cueca e a sensação da carne firme tocando o tecido de algodão o fez gemer. Pelo movimento do corpo de Nino, notou que aquilo fez o ex-namorado rir. Até em sonhos, Nino brincava com o poder que mantinha sobre Satoshi?

Vendo-se em um cenário idílico, Ohno sentiu a boca de Nino descer de seu pescoço para seu peito, depois para seu ventre, e então parar a altura do quadril. Kazunari ficou de joelhos no meio de suas pernas, enquanto as mãos se juntaram sobre a carne elevada que pulsava embaixo da cueca.

-Você é tão gostoso, Oh-chan... – murmurou.

Ohno soltou um gemido alto ao notar que Nino tentava arrancar a cueca com os dentes. Aquela imagem erótica era o máximo que um homem podia suportar de forma passiva. Sentando-se na cama, empurrou Nino para trás. Ao vê-lo caindo de costas contra a cama, Ohno avançou. Mas sua paixão foi em conjunto com a dor, e líder do Arashi se viu de repente dividido entre beijar e morder Ninomiya.

Para sua surpresa, ao invés de reclamar, Kazunari parecia extasiado com a sensação. A forma como erguia o quadril contra Ohno e a maneira como lhe acariciava os cabelos demonstravam o prazer que sentia.

-Eu te odeio... – Ohno falou, zangado e em lágrimas. – Odeio muito!

Não sabia por que dizia aquilo em seu sonho. O sentimento que vivia era tão antagônico ao ódio, mas a imagem de Nino vivendo um prazer com ele quando na verdade, naquela noite, provavelmente ele estivesse fazendo sexo com Audrey, doía-lhe profundamente.

-Mentira... – o Nino do sonho murmurou. – Me beija...

Obedecendo Kazu, Ohno voltou à boca contra os lábios de Kazunari. Dessa vez não houve mordida e sim apenas carícia. Queria consumir Nino dentro de si, colocá-lo na alma para que ninguém mais o roubasse dele.

Baixando as mãos para a cueca de Ohno, Nino começou a descê-la devagar. Logo o membro surgiu, duro e rígido, entre os dois.

-Quero você dentro de mim de novo, Oh-chan... – Nino gemeu no ouvido de Satoshi. – Você não quer?

A boca sensual de Ohno não pode recusar um sorriso. Sim, ele queria. E afinal, por que medo se tudo não passava de um sonho? Entretanto, antes que pudesse responder, Kazunari o surpreendeu baixando-se e abocanhando o membro.

Ohno gemeu e jogou a cabeça para trás, enquanto as próprias mãos seguraram firmemente o rosto de Ninomiya contra si. Sentiu que Nino o sugava, e para facilitar-lhe o ato, começou a mover o membro contra a boca de Kazu, numa cavalgada vagarosa.

Quando sentiu um pouco de sêmen na boca, Nino afastou-se. O olhar lânguido de Ohno deixava claro que ele estava prestes a ter um orgasmo, e não era isso que Nino pretendia... ainda não...

-Quer gozar, Oh-chan? – murmurou, pervertido. – Quer entrar dentro de mim e inundar-me com seu esperma quente?

-Quero entrar dentro de você... – Satoshi confirmou, excitado. – Mas o que realmente quero... é entrar dentro do seu coração.

A frase inesperada fez Nino arregalar os olhos. Pelo menos em seus sonhos, Ninomiya aparentava ter piedade, pois Satoshi percebeu pequenas lágrimas formando-se no canto dos olhos.

-Oh-chan... – ele gemeu.

-Jun-chan confessou que me ama – Ohno contou, repentinamente. – Eu acho que ele pode me ajudar a superar você...

Nino mordeu o lábio inferior.

-Vá embora... – Ohno pediu. – Deixe-me ser feliz com ele...

-Não! – Kazu negava, movendo a cabeça. – Você nunca vai amá-lo como me ama...

-E de que adiantou tudo isso? O que de bom esse sentimento me trouxe? O amor não devia ser um sentimento que transbordasse felicidade em nossa vida? Por que então meus dias tornaram-se uma sucessão de lágrimas?

Avançando sobre Ohno, Nino beijou-o. O que aqueles beijos possessivos queriam transmitir? Por que Nino não dizia com palavras o que o beijo tentava passar com a ação?

-Entenda-me, Oh-chan... – Nino gemeu. – Mesmo que eu quisesse... eu simplesmente não posso aceitar ver você com mais ninguém...

-Egoísta...

Queria dizer mais coisas, mas a boca de Ohno emudeceu ao notar-lhe que Nino virava-se de costas e encostava as nádegas claras contra seu membro. Sem mais palavras, Ohno acariciou-lhe o bumbum e, quando ouviu o gemido de aceitação de Kazunari, guiou o membro contra o mais novo.

Devia estar louco, mas sentia o prazer do sexo como se não estivesse em um sonho e sim vivendo uma realidade. Um clarão ao longe clareou novamente o quarto e ele viu Nino, com a pele úmida pelo suor, masturbando a si mesmo, enquanto rebolava contra Ohno. Satoshi então, beijando-lhe a nuca, substituiu as mãos do amante pelas suas, feliz por poder dar-lhe aquela sensação de êxtase.

-Oh-chan... – Nino murmurou, em súplica. – Mais rápido...

Batendo o quadril contra as nádegas de Kazunari, Ohno aumentou a velocidade das investidas no mesmo ritmo que trabalhava com as mãos massageando em movimentos ritmados o órgão de Nino.

-Gema para mim... – Ohno pediu. – Quero ouvir o quanto você está gostando...

Ao invés de gemer, Nino contornou as mãos para trás e apertou a nuca de Satoshi. Virando o rosto para trás, beijou na boca o mais velho, permitindo que seus pequenos gemidos só fossem sentidos pelos lábios de Ohno.

Satoshi sentiu que iria gozar e com o êxtase, o sonho teria fim, então para retardar este momento, tentou diminuir o ritmo, mas seu sexo já pulsava por conta própria contra o bumbum de Ninomiya. Reconhecendo-se derrotado pelo ardor, entregou-se completamente, rápido e firme, deixando que o orgasmo o atingisse de forma brutal, arrancando-lhe as forças. Praticamente no mesmo instante Nino também gozou e a semente quente do amado escorreu por seus dedos.

Caindo de costas na cama, ele fechou os olhos. O coração ainda batia tão forte no seu peito. Esperava ter mais sonhos daqueles nos próximos anos de solidão que imaginava para si...

Porém, quando percebeu que alguém mexeu-se na cama, sentou-se rapidamente. Com os olhos esbugalhados viu Nino deitando-se. O susto foi tão grande que por alguns instantes sentiu-se para de respirar.

Não foi um sonho!

-O que está fazendo aqui? – perguntou, sentindo-se um idiota logo após o questionamento.

-Nossa, Oh-chan... Assim você me enaltece – Nino riu. – Foi tão bom assim? Foi tão gostoso que você até esqueceu quem eu sou, quem você é e o que estamos fazendo nus sobre esta cama?

-Não seja tolo! – Ohno irritou-se e atirou o travesseiro contra Nino. – Eu pensei que estivesse sonhando!

-Uau! Você tem sonhos sexuais bem intensos! – gargalhou.

O que era tão engraçado? Ohno sentiu-se um imbecil! Como pode ter transado com Nino na mesma noite em que o ex-namorado esfregou a nova relação nas suas fuças?

-Vá embora agora!

-É a terceira vez que você me diz isso. Se falar de novo, vou mesmo!

-Já devia ter ido! Nem sei por que veio! O sexo com a sua namorada não é tão bom que você tem que ficar vindo a mim?

-Para com isso, Oh-chan!

-Ou fazer sexo com duas pessoas diferentes no mesmo dia é mais prazeroso? Talvez eu deva ir pro apartamento de Matsumoto-san!

Kazunari enfureceu-se com a colocação de Satoshi.

-Transar com ela é muito melhor que com você, mas Audrey está naqueles dias, então vim conseguir me satisfazer com alguém bem mais fácil.

A fúria nunca foi uma característica de Satoshi. Ohno sempre se recusou a agir como alguém sem limites ou descontrolado. No entanto, a frase de Nino arrancaria qualquer um do sério. E ele não foi exceção. Levantou a mão direita e esbofeteou Kazunari. O olhar atônico de Nino voltou a ele assim que a face avermelhada o encarou.

-Eu te odeio... – Ohno murmurou ainda com a mão levantada.

-Eu também me odeio... – a frase surpreendente de Kazu deixou Satoshi atônico.

Dizendo isso, Ninomiya levantou-se da cama e foi até as roupas espalhadas pelo chão. Vestiu-se rapidamente e saiu do quarto, sem olhar pra trás.

~~~~~~~~~~0000~~~~~~~~~~

Karin, a produtora do programa que o Arashi apresentava, entrou no camarim e encarou Masaki Aiba. O loiro tomava chocolate quente enquanto lia uma revista. Como de costume, ele era o membro que sempre chegava adiantado e aproveitava aqueles momentos de solidão para ler. Quando os olhos castanhos de Aiba a encararam, ele sorriu.

-Bom dia – ela o cumprimentou, sorrindo de volta.

-Ohayou! – Ele exclamou. – Está de bom humor? Seu sorriso está enorme!

-Na verdade meu dia foi péssimo – a mulher contou. – Acordei atrasada, derramei café na camisa, quase bati o carro, e, pra finalizar, recebi um puxão de orelha do chefe!

-Nossa! E está sorrindo assim por quê?

-Quem, em sã consciência, olha para você e não sorri?

A forma carinhosa com que ela disse-lhe isso fez Masaki rir. Karin já trabalhava há muito tempo com eles e sempre foi doce com Aiba, mesmo quando ele cometia erros.

-Masaki-chan – ela falou, mudando o tom da conversa -, até que enfim ouviram meus pedidos e arrumaram-me um estagiário!

-Oh! Parabéns!

-Na verdade, vim aqui para apresentar ele a você – dizendo isso, ela deu meia volta e saiu do camarim. Poucos segundos depois retornava seguida de um rapaz de aparentemente vinte anos. – Aiba-san, este é Touga Jean.

-Jean? – Masaki estranhou.

-Sim, meu pai é francês, mas minha mãe é japonesa. Nasci no Japão, e por sorte, puxei o lado materno.

Aiba sorriu. Realmente, o jovem japonês tinha traços europeus como os belos olhos azuis e os cabelos de um tom naturalmente mais claro que a maioria nipônica.

-Seja bem vindo! – Aiba o cumprimentou sorrindo.

-Arigato – o jovem curvou a fronte, em sinal de respeito.

Apesar de discreto, o tom de rubor de Jean não passou despercebido para Karin, que encarou o rapaz surpresa. Não o culpava por encantar-se por Aiba, mas teria que deixar claro de que não toleraria nenhuma atitude anti profissional por parte dele.

Naquele instante, a porta se abriu. Sakurai entrou no camarim e encarou o trio.

-Ohayou, Sho-kun! – Masaki sorriu.

Desde que havia defendido-o perante Audrey, Sakurai não estava mais sendo tão desagradável com Masaki. O alívio de Aiba era enorme e ele não conseguia disfarçar a emoção pelo ex-amante voltar a tratar-lhe carinhosamente.

-Ohayou... – respondeu.

As sobrancelhas negras de Sakurai curvaram-se interrogativas. Sensivelmente, Aiba entendeu o motivo.

-Ah... este é Jean-chan! Ele é o novo estagiário! – Masaki os apresentou.

“Chan”? Só Aiba mesmo para tratar com tanta intimidade alguém que havia acabado de conhecer, pensou Karin. A mulher levantou os olhos e observou Sakurai. Diferentemente de Aiba, Sho não parecia tão animado. Era claro que ele também notou a forma com que Jean observava Aiba.

-Touga-san vai ser responsável por algumas coisas básicas da produção – ela explicou rápido, tentando quebrar o silêncio. – E também vai sempre estar à disposição de vocês para o caso de precisarem de alguma coisa...

-Oh, isso é ótimo, né Sho-kun?

-Uhum...

O muxoxo de Sakurai foi a deixa para Karin pedir licença e sair do camarim com o rapaz. Assim que a porta fechou-se, Sakurai virou-se em direção a Aiba.

-Ele pareceu encantado por você...

Surpreso, Masaki arregalou os olhos.

-Jean-chan?

-Sim...

-Não reparei. Oh, ele é novato aqui e provavelmente apenas ficou impressionado por estar perto de artistas.

Duvidando muito daquela explicação, Sho voltou-se para o armário em que ficava as roupas escolhidas pela produção para eles vestirem durante o programa. Pegou de lá uma calça jeans escura e um casaco cheio de botões.

-Gostaria de saber quem é que escolhe minhas roupas... – reclamou.

-A roupa é linda e de muito bom gosto – Masaki constatou. – Você tem sorte que escolham, pois seu gosto para se vestir é péssimo.

Encarando Aiba, Sho pareceu zangado.

-Eu tenho muito bom gosto!

-Você é capaz de colocar uma camisa amarela com calça vermelha e meias laranja e ainda achar bonito!

Sakurai coçou a cabeça:

-E não é?

Masaki gargalhou sem poder se controlar. Enquanto o loiro ria, Sho foi até o banheiro coligado ao camarim. Voltou de lá cinco minutos depois, não totalmente vestido.

-Não consigo fechar a camisa.

Encarando o moreno, Masaki sorriu. Realmente, a maneira com que os botões da camisa foram distribuídos, era de forma irregular, mas aquilo dava um toque ainda mais moderno a vestimenta. Aproximou-se de Sho e começou a fechar os botões. Assim que terminou o primeiro, resolveu ir mais devagar, pois fazia já algum tempo que não se aproximava tanto de Sakurai e queria aproveitar um pouco.

Tentando fazer com que o outro não notasse sua intenção, começou a falar despreocupadamente:

-Vocês aquarianos são tão excêntricos... – murmurou. – Nunca dão valor a moda e mesmo assim conseguem ser tão originais que causam inveja.

-Aquarianos? Não acredito nessa besteira de signo.

-Isso também é uma característica de vocês: o ceticismo.

-Quanta asneira! Eu não sou excêntrico!

-Você é um rapper, que adora literatura e fez faculdade de economia. Se isso não é ser excêntrico, eu não tenho idéia do que é!

Suspirando alto, Sho disse:

-E o que mais que os aquarianos são?

-Inteligentes...

-Isso é bom! Eu sou muito sábio!

-Também se expressam bem...

-Unh... acho que isso também.

-Gostam de chocar as pessoas, mostrando o quanto são diferentes.

Sho não respondeu àquela colocação, pois sabia que realmente não ligava a mínima para a opinião dos outros em relação a diversas áreas da sua vida, como, por exemplo, seu amor por Aiba.

-Também odeiam que as pessoas fiquem abraçando vocês, e tentem se tornar íntimas demais invadindo seu mundinho egoísta!

-Nossa, isso foi forte! – ele riu. – Você invadiu meu mundinho, e eu nunca reclamei!

-Bom, eu sempre tentei respeitas os limites impostos por você.

Era verdade. Sakurai era grato a Aiba por nunca ter avassalado sua privacidade. O respeito entre eles era muito grande e por isso o sentimento do amor havia se eternizado.

-Continue, está interessante... – ele resmungou.

-Vocês odeiam injustiças...

-Verdade...

-Também sempre ficam do lado do mais fraco.

-Verdade também...

-São humanitários...

-Uhum...

-São amigos fieis...

-Fato.

Masaki já estava terminando o último botão quando encarou Sakurai. O encontro dos olhares foi tão forte que o loiro sentiu-se estremecer. Queria ficar para sempre ali, próximo ao homem que ele amava, permitindo-se aquele momento único, entregando-se àquele sentimento.

-Sou seu inferno astral... – disse tão baixo que por alguns segundos imaginou se Sho o havia escutado.

-Eu sabia que essa besteira tinha que ter uma falha... – Sho também falou baixo, as bocas se aproximando cada vez mais. – Como você pode ser o inferno de alguém? No mínimo você é o paraíso...

O hábito quente de Sakurai bateu contra os lábios de Aiba antes que as bocas se grudassem. O beijo foi tão forte e intenso, carregado de saudade e sensualidade, que Masaki sentiu-se quase desfalecer. Entreabriu os lábios devagar, permitindo que a língua quente de Sho invadisse sua boca, roçando contra seus dentes. As mãos de Sakurai fecharam-se nas costas de Aiba, tornando o abraço possessivo.

-Eu te amo, Sho-kun... – Masaki gemeu, tentando controlar as batidas do coração.

Encostando a testa na de Aiba, Sakurai murmurou:

-Eu também, mas de que adianta? Você mudou de opinião sobre a nossa relação?

-Eu assumiria nosso sentimento para todos, Sho-chan... mas eu sei que você iria se arrepender. Sua família nunca aceitaria. Deixaríamos de sermos vistos como jovens normais e seriamos taxados de coisas desprezíveis. Isso poderia influenciar até no lado profissional do Arashi.

-Por que você coloca tanto empecilho? Por que não joga fora todos esses medos? E daí que as pessoas falariam? Dane-se todos!

-Isso é o seu signo falando – Aiba riu, acariciando a face de Sakurai. – Por favor... só preciso de mais tempo...

-Quanto?

-Não faça isso comigo, Sho-kun. Eu não posso calcular...

Inferno! Sakurai tinha vontade de sair chutando tudo, louco de raiva por Masaki não ter ainda adquirido coragem para tornar público o relacionamento. Entretanto, ao mesmo tempo em que sentia raiva, também sentia alívio por estar ali, próximo a Masaki, com os corpos roçando levemente.

-Vamos pro seu apartamento? – perguntou baixinho.

Sentindo o motivo da pressa de Sho endurecendo-se contra seu ventre, Masaki riu.

-Está maluco? Temos que trabalhar o dia todo!

-Ao meio dia teremos uma folga pro almoço...

-E você vai abnegar a refeição?

-Não... só vou degustar um prato mais saboroso...

Rindo da brincadeira, Masaki não resistiu e voltou a beijar a boca de Sho.

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
Sayuka
Moderador
Moderador
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 674
Idade : 29
Localização : Rio de Janeiro
Unit Favorita : KAT-TUN - Arashi - News
Data de inscrição : 04/05/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Sex Set 18, 2009 7:56 pm

Uoaaaaa primeira *___________*

Citação :
Não sei por que cargas d´agua as teclas simplesmente começar a mexer-se e a cena saiu assim... eu não pude conter... foi um horror... esses personagens já tomaram vida própria e eu não posso mais controla-los! * autora maluca*
Confesso que imaginei vc digitando isso e comecei a rir hauahauhaua

Citação :
E não era um sonho comum apesar do cenário não ser nenhum lugar especial. Era apenas seu quarto. De alguma forma, Ohno sabia que estava deitado na cama, apenas descansando. Uma paz absurda tomou conta de si...
Ja tive sonhos parecidos... realmente é uma paz absurda que toma conta... Ao ponto de achar que eu nao tava dormindo...

Citação :
Até mesmo em seus sonhos Nino era ciumento? Quase rindo, Ohno respondeu-lhe
Pq será que eu tenho a sensação que não é um sonho?! Oo

Citação :
-Acredite em mim, Oh-chan... eu morreria só pra não te ver sofrer assim...
ta fazendo pq entao? ¬¬ ahhhh. ¬¬

Citação :
-E de que adiantou tudo isso? O que de bom esse sentimento me trouxe? O amor não devia ser um sentimento que transbordasse felicidade em nossa vida? Por que então meus dias tornaram-se uma sucessão de lágrimas?
disse TU-DO! O nino ta magoando tanto o oh-chan que dá raiva ¬¬'

Citação :
-Entenda-me, Oh-chan... – Nino gemeu. – Mesmo que eu quisesse... eu simplesmente não posso aceitar ver você com mais ninguém...
-Egoísta...
Totalmente egoista.... pq ta fazendo isso nino?! que maldade!!! Fora que isso é contradição! Afinal de contas vc disse que morreria pra nao ver o oh-chan sofrendo desse jeito poxa!

Citação :
Porém, quando percebeu que alguém mexeu-se na cama, sentou-se rapidamente. Com os olhos esbugalhados viu Nino deitando-se. O susto foi tão grande que por alguns instantes sentiu-se para de respirar.
Não foi um sonho!
AH HA!! EU SABIAAA ohohoh Eu ri tb... fiquei imaginando a cara do Oh-chan... deve ter sido bem engraçada XDDD~

Citação :
A fúria nunca foi uma característica de Satoshi. Ohno sempre se recusou a agir como alguém sem limites ou descontrolado. No entanto, a frase de Nino arrancaria qualquer um do sério. E ele não foi exceção. Levantou a mão direita e esbofeteou Kazunari. O olhar atônico de Nino voltou a ele assim que a face avermelhada o encarou.
Só um tapa?! Eu daria um baita soco......

Citação :
Voltou de lá cinco minutos depois, não totalmente vestido.
-Não consigo fechar a camisa.
Encarando o moreno, Masaki sorriu. Realmente, a maneira com que os botões da camisa foram distribuídos, era de forma irregular, mas aquilo dava um toque ainda mais moderno a vestimenta. Aproximou-se de Sho e começou a fechar os botões. Assim que terminou o primeiro, resolveu ir mais devagar, pois fazia já algum tempo que não se aproximava tanto de Sakurai e queria aproveitar um pouco.
HUIEAHUIHEUIAHEHAUIHIUEAHEA eu ri d+ nessa parte... fiquei imaginando a cara do Sho... revoltado pq nao conseguia fechar a camisa hauhauuahha

Citação :
Masaki já estava terminando o último botão quando encarou Sakurai. O encontro dos olhares foi tão forte que o loiro sentiu-se estremecer. Queria ficar para sempre ali, próximo ao homem que ele amava, permitindo-se aquele momento único, entregando-se àquele sentimento.
-Sou seu inferno astral... – disse tão baixo que por alguns segundos imaginou se Sho o havia escutado.
-Eu sabia que essa besteira tinha que ter uma falha... – Sho também falou baixo, as bocas se aproximando cada vez mais. – Como você pode ser o inferno de alguém? No mínimo você é o paraíso...
Essa parte foi LINDA d+.... vc escreveu de uma forma que transbordou carinho, amor, cumplicidade em toda a "brincadeira"
AMEI!!

Desculpa pelo mega post... to me superando hauahuahau o/



by: Misakiti =)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Sex Set 18, 2009 8:18 pm

Ahhhh Flor...eu adoro comentarios grandes^^ hehehe
Sayuka...eu escrevi o cap em dois dias (noits, na verdade). Na terça a noite a primeira cena e na quarta, a segunda. Foi mto intenso, mas muito bom^^ hehehe...vc nao tem ideia o qto eu to curtindo esse trabalho^^

Fiquei emocionada com seu comentario. Eu vejo a relação Ohmiya e sakuraiba assim mesmo...cheia de carinho e cumplicidade... essa cena do "inferno astral"...bah..eu chorei enquanto escrevia... *pessoa q sofre junto com os personagens*

Muitooo obrigada pelo carinho flor
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
Bah Wakabayashi
Johnny's trainer
Johnny's trainer
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 252
Idade : 25
Localização : Brasil, São Pulo, capital
Emprego/lazer : Auxiliar de lingua japonesa
Unit Favorita : Arashi *--* amo mais que tudo <3
KAT-TUN, NEWS, SMAP e TOKIO
Data de inscrição : 13/06/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Sex Set 18, 2009 10:18 pm

nyaaaaaaaaaaaaaaa cap novo

e vc arrasou de novo o coração do Riida ¬.¬
vc é mááááááá Q

e eu estou quase matando o Ninomiya ¬.¬ se ele fizer mais alguma coisa pro Oh-chan ele vai entra pra minha lista negra FATO

Nem amei a cena Sakuraiba tenho a impressão que akele Jean entro pra bagunça mais o casal

quero ver o Sho com ciumes !

e Josi trate naum fikar pra baixo ¬¬ vc assim é um perigo para a historia [que merda é essa que eu to falando ? o.õ ] vai se por vc estar assim vc escreve alguma cena tiste? se for de ohmiya eu então.. axo que desabo aki.. junto com o Oh-chan FATO

cara essa fic tah me afetando eu to ficando deprê junto com o Oh-chan
e terça eu takei meu trabalho de ingles longe quando vi Juntoshi
e quase amassei a latinha de coca agora ¬.¬ Ninomiya vai me pagar ainda ... to de mal dele até as coisa se entenderem.

Jun é o doce em pessoa .. lindo como sempre *----* eu quero ele pra mim [novidade u.ú]

Bem resumindo a obra... fic perfeita+ otima escritora = capitulo mais que perfeito ²

Continue se esforçando Josi /o/

Ahhhh amanhã eu vou pra liba ^^ vou ve se axo um chaveiro pra mandar pra vc ^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Sex Set 18, 2009 10:32 pm

Bah
Madaaaa
Arasar o coração do Ohno faz parte do enredo..ahauahuahauahauaha

Mas qto mais sofrimento, mas bonito fica o final, ne? hehehe

Nino também ta se machucando... é legal notar que ele deixa escapar alguns dialogos no meio da conversa... ahhhh... vcs vao entender mais pra frente^^

Huahauahaua..
Jean... segundo vilao... hehehehe... nao posso contar!

Miga, to tentandooo... acho que nao tenho mais o direito de parar a fic. Amanhã já iniciarei o cap 14^^ hehehe

Jun é todo seu, pq eu nao curto mto juntoshi... ce bem q ainda terao cenas assim na fic^^

Vai pra liberdade^???? Q INVEJAAAAA
SIMMMM..se achar um chaveiro me avisaaaaa^^ hehehe..

Brigada por tudo amadaaaa..nem tenho como agradecer^^
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
Bah Wakabayashi
Johnny's trainer
Johnny's trainer
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 252
Idade : 25
Localização : Brasil, São Pulo, capital
Emprego/lazer : Auxiliar de lingua japonesa
Unit Favorita : Arashi *--* amo mais que tudo <3
KAT-TUN, NEWS, SMAP e TOKIO
Data de inscrição : 13/06/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Sex Set 18, 2009 11:02 pm

pode fazer parte do enredo mais e naum curto isso neeeem um poko u.u

sobre o Jean to de olho nele ¬¬
se ele incostar no Aiba chan eu rodo a baiana ó.ó

vai ter mais juntoshi *---------------------------*
nyaaaaaaaa *momento gelatina*

Citação :
Jun é todo seu,

haaaaaaaaaaaaaaaa agora é meu e ninguem encosta FATO XD

sobre a Liba XD eu compro um do Arashi pra vc ;]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Sex Set 18, 2009 11:20 pm

Huahauhauahaua... florrrrr...brigadaaaaaa

E sobre Juntoshi...sim sim... Jun ainda terá seus momentos..afinal, ele ama Ohchan e acha que Nino nao merece o amor do Ohno...hehehe
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
MiiHirano95
Administrador
Administrador
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 1217
Idade : 23
Localização : MOGI DAS CRUZES -SP
Unit Favorita : NEWS
Data de inscrição : 16/03/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Sab Set 19, 2009 12:44 am

MEEEU DEUS
todo mundo se 'reconciliou'
ou pelo menos, matou a saudade e aumentou a raiva .-.
esse Jean parece ser um daqueles fãs fanáticos, que faria tudo pelo idolo o_o''
gostei dele 8D
CAARA, esse cap. foi mara \o\

parabéns josi *-*
continua.


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Nara
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2833
Idade : 32
Localização : São Paulo/SP
Emprego/lazer : bióloga
Unit Favorita : NewS, Arashi, Kanjani8, V6
Data de inscrição : 26/05/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Sab Set 19, 2009 3:22 am

Citação :
Ah, e ela foi narrada pra mim pelo Nino num sonho.. veh se eu posso com isso
O.O nossa
A ligaçao é tao forte dele c/ vc assim é? hehe xD
Citação :
-Transar com ela é muito melhor que com você, mas Audrey está naqueles dias, então vim conseguir me satisfazer com alguém bem mais fácil.
Ms q F*
*mta raiva do Nino agora, bufa*
Nao da p/ entender o Nino
me diz pq ele faz isso c/ Oh-chan?

E esse Jean hein? hmmm...*desconfiada*
Ai essa parte q vc foi flando dos aquarianos eu fui lendo em voz alta p/ minha irmã q é aquariana e ela concordou c/ td hsahshahshahsa

Nhaa Sakuraiba msm q por instante só voltaram *------*
Citação :
Não... só vou degustar um prato mais saboroso...
Danadinho hein? rsrs


Última edição por Nara em Dom Set 20, 2009 1:43 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://micellanews.blogspot.com/
alepiolhinha
Johnny's junior
Johnny's junior
avatar

Número de Mensagens : 654
Idade : 26
Localização : Curitiba
Unit Favorita : KAT-TUN, NewS
Data de inscrição : 02/05/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Dom Set 20, 2009 1:23 am

disse TU-DO! O nino ta magoando tanto o oh-chan que dá raiva ¬¬' [+']
da mto do T.T
uma hora ele tem, na outra perde, ai tem, ai perde, tem, perde, tadinhoooo T.T
mais mais mais *-*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://alepiolhinha.blogspot.com/
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Seg Set 21, 2009 7:21 pm

Rendição

Capítulo XIV

Por Josiane Veiga

Nota da Autora: Depois do cap 13 ter sido enorme, o cap 14 será mais curto, mas deveras importante para o andamento da história ^.^ Espero q gostem ^.^


--------------------------------------------------------------------------------


Ninomiya parou o carro no estacionamento do estúdio. Estava exausto pela noite mal dormida, e principalmente por mais uma briga com Satoshi. Por que fora de madrugada ao quarto de Ohno? A resposta poderia ser dada pelo ciúme que sentiu ao saber que o Riida havia ido visitar Matsumoto.

Simplesmente não pode se controlar. Tendo uma cópia da chave da mansão, ele invadiu a residência como um ladrão, espreitando-se nas sombras. Tudo que queria era assegurar-se de que Ohno havia voltado para casa e não ficara com Jun. Os planos, entretanto, mudaram quando viu o ex-amante dormindo tranquilamente sobre a cama. Não pode resistir... queria-o demais. As roupas saíram do seu corpo rapidamente, e com a mesma velocidade, Ninomiya deitou-se ao lado de Satoshi. Tudo que ocorreu depois foi conseqüência do forte desejo que nutriam um pelo outro.

Suspirou alto e então sorriu.

Tudo bem que haviam discutido, mas a briga valeu pelo ato sexual. Transar com Ohno era realmente maravilhoso. O tesão que havia entre eles sempre fora enorme, e muitas vezes transpareciam nos shows. Infelizmente, quando a paixão explodiu, não podiam desfrutá-la.

-Mas é por pouco tempo, meu amor... – murmurou.

Abriu a porta do veículo e saiu. Caminhou por alguns metros quando parou. Seus olhos encararam a morena americana que ele chamava de namorada, com óbvio desconforto.

-Onde esteve? – ela perguntou.

-Não te interessa – a resposta foi tensa.

Audrey gargalhou. Obviamente Nino não era o primeiro homem de sua vida, mas com certeza era o mais excitante. Saber que, mesmo ele estando totalmente a sua mercê, ainda mantinha um pequeno nível de independência, a deixava estimulada.

-Vou repetir só mais uma vez: onde você passou a noite?

Mordendo o lábio inferior com ódio, Nino estremeceu. Sua raiva era imensa diante da sua impotência contra ela.

-Com Oh-chan! – respondeu sinceramente, pois sabia que de nada adiantaria mentir.

O sorriso malicioso da morena o irritou mais.

-Não resistiu, não é? Não te culpo! Ele realmente é um pedaço de mau-caminho. Até eu mesma já pensei em me aproximar do seu líder...

-Não se atreva!

-Ora, ciúmes? – ela gargalhou alto. – Não é comigo que você deveria se preocupar! – ela aproximou-se de Kazu com passos vagarosos. – O perigo mora naquele que vocês chamam de Jun.

-Fique longe dos meus amigos... – ele avisou, já começando a perder o controle.

Audrey levantou a mão e acariciou seu rosto.

-Fique tranqüilo... eu só quero você... – aproximando o rosto, beijou-lhe delicadamente na boca. Quando viu que Kazu virou o rosto, pela primeira vez mostrou irritação. – Não abuse da minha paciência... não se esqueça que eu posso destruir sua vida, sua carreira e ainda prejudicar seus amigos...

Tentando se controlar, Nino resolveu agir com cautela. Virou o rosto para Audrey e permitiu que então ela beijasse-o.

-Assim é melhor... – a morena riu. – Muito melhor! Sou louca por você...

-É louca pelas possibilidades que eu ofereço.

-Por isso também! – ela admitiu. – Temos que conversar sobre sua carreira... tenho algo importante há dizer-lhe...

Começaram a caminhar e o restante da conversa perdeu-se no corredor.

Matsumoto Jun, que havia chegado ao estacionamento um pouco antes de Ninomiya - e que, vergonhosamente, havia se escondido atrás de um pilar quando notou o tom da conversa do casal - agora parecia extasiado.

O que fora aquele diálogo? O que estava acontecendo? Kazunari estava sendo chantageado e nenhum dos amigos havia notado?

~~~~~~~~~~00000~~~~~~~~~

O clima do estúdio de gravação era de um contraste significativo. Matsumoto Jun parecia alheio à convidada especial – uma atriz com quem contracenaria na próxima novela -, sendo, de certa forma, descortês. Masaki Aiba e Sakurai Sho não paravam de rir e, pelo menos naquele dia, salvavam o programa de um vexatório clima ruim. Ohno Satoshi e Ninomiya Kazunari fechavam o conjunto com caras carrancudas e pensativas.

Foi com alívio que o diretor encerrou as gravações.

-Muito obrigado por sua presença – disse Sakurai a convidada, que sorriu.

-Foi um prazer.

O rapper não estava tão certo de que ela sentira-se bem em meio ao Arashi, pois o ambiente era estranho demais até mesmo para ele. Mesmo assim, acompanhou-a até a saída do estúdio, e depois voltou, aproximando-se de Aiba.

-O que aconteceu com aqueles três? – perguntou ao loiro.

Masaki encarou Sho com as sobrancelhas erguidas.

-O clima andava menos tenso entre Ohno-san e Nino-san, mas hoje eles sentaram-se tão afastados no sofá que até estranhei...

-E Jun-chan? – Sho questionou. – Ele praticamente ignorou a todos, o tempo todo! Parecia estar pensando em outra coisa... a quilômetros daqui!

-Eu também notei. O que será que houve?

-Não tenho idéia – suspirou Sakurai, e então sorriu malicioso, mudando completamente o rumo da conversa. – Será que serei um mal amigo se simplesmente mandar as favas os problemas deles e primeiro pensar no meu?

Ao ouvir a inquietação do moreno, Masaki percebeu que as pupilas de Sho estavam dilatas. Entendeu imediatamente, e não pode resistir um sorriso doce.

-Bom... você pode pensar neles depois...

-Unh... vamos almoçar então?

-Já está na hora?

-Está sim. Eu achei que o tempo não fosse passar nunca... contei cada segundo.

-Está com tanta fome assim?

-Estou. Leve-me pra comer no seu apartamento? – o pedido remetia a manhã daquele mesmo dia, quando fizeram as pazes.

Mordendo o lábio inferior, Masaki enrubesceu.

-Minha comida não é muito boa...

-Eu adoro sua comida...

-Mas talvez eu não esteja a fim de cozinhar hoje – provocou.

-Vai me fazer implorar?

-Você bem que merece...

Apesar de Aiba ter lutado bravamente para reaver o amor de Sakurai, e não ter levado em conta todas as ofensas que Sho fez contra ele, algo ainda o incomodava.

-Aiba-kun...

-Eu sei que você detesta cenas de ciúmes. Também reconheço que não estávamos juntos, mas por uma questão de respeito, queria que você me falasse sobre a modelo francesa com que você saiu...

-Melanie?

-Sim...

-Não significou nada, Aiba-kun.

-Mas você transou com ela?

Passando os dedos pelos cabelos negros, Sho resolveu ser sincero.

-Sim.

Baixando a fronte, Masaki deu um riso fraco.

-Nem sei por que indaguei. Os jornais anunciaram que vocês foram vistos saindo de um motel...

-Aiba-kun...

-Mas, mesmo que eu lute contra isso, me dói...

Sho queria abraçá-lo. Queria confortar Aiba nos braços e demonstrar que apenas Masaki tinha importância na sua vida. Entretanto, estavam em um local público e, portanto, apenas palavras sussurradas podiam ser ditas, e de forma breve:

-Eu te amo... – Sho pronunciou. - Eu não parei de pensar em você um segundo desde que brigamos e, mesmo lá com ela, era seu rosto que eu via.

Aiba não pode deixar de sorrir diante das palavras:

-Isso foi tão cafona, Sho-kun...

Sho também riu:

-Foi mesmo!

-Mas foi lindo – Masaki completou.

Aproximando o rosto da orelha de Aiba, Sakurai murmurou:

-Vamos pro seu apartamento, por favor...

Sentindo um fogo ardente cruzar por suas veias, Masaki aquiesceu.

-Ainda vou te fazer implorar... – prometeu.

-Mais? – Sho sorriu.

-Muito mais.

-Eu implorarei...

E discretamente, saíram do estúdio.

~~~~~~~~~~00000~~~~~~~~~

Audrey cruzou as pernas de forma sedutora. Sentada no sofá do camarim, ela observava Nino, Ohno e Jun retirando a maquiagem.

Tudo estava saindo de acordo com os seus planos e isso era bom. Logo teria tudo que sempre ambicionou. Pensava nisso quando o celular vibrou no bolso. Reconheceu o numero de quem chamava e discretamente saiu do camarim:

-Aiba e Sho saíram juntos... – a voz do outro lado da linha avisou-lhe.

-É mesmo? – ela sorriu.

-Pareciam apaixonados. Quer que eu os siga?

-Não precisa. É até bom que estejam juntos, pois assim terá mais graça destruir o o amor sujo deles.

A pessoa do outro lado da linha riu alto.

-Fazia muito tempo que eu não à via com tanta raiva... – observou.

-Masaki Aiba e Sakurai Sho ousaram me enfrentar, e agora sofreram as conseqüências.

-Espero nunca ser inimigo seu! – a outra pessoa disse. – Você é maquiavélica.

Rindo, ela desligou o celular.

Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
Nara
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 2833
Idade : 32
Localização : São Paulo/SP
Emprego/lazer : bióloga
Unit Favorita : NewS, Arashi, Kanjani8, V6
Data de inscrição : 26/05/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Seg Set 21, 2009 8:15 pm

Oooooh ms qm é afinal a Audrey? qm ela é realmente? o q ela quer? pq ela faz isso?
aaah qtas perguntas rs
ai q ódio mortal dela
ela é uma F*
*se corroendo d raiva*
ja nao basta etar fazendo o q está c/ Nino, faz Ohno sofrer e ainda por cima fla q o perigo é o Jun aaaaaaaa *bufando agora*
Agora quer estragar o relacionamento d Sakuraiba
naaaaaooo
maldita, maldita, maldita
e c/ qm ela estava flando ao telefone? acho q sei qm é, ms...
Josy cmo vc é má =/
ms to amando a fic *----*
Maaaiis
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://micellanews.blogspot.com/
Josiane Veiga
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 709
Idade : 34
Localização : Ijui/RS
Emprego/lazer : Securitária
Unit Favorita : Arashi
Data de inscrição : 24/04/2009

MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   Seg Set 21, 2009 8:49 pm

Nara escreveu:
Oooooh ms qm é afinal a Audrey? qm ela é realmente? o q ela quer? pq ela faz isso?
aaah qtas perguntas rs
ai q ódio mortal dela
ela é uma F*
*se corroendo d raiva*
ja nao basta etar fazendo o q está c/ Nino, faz Ohno sofrer e ainda por cima fla q o perigo é o Jun aaaaaaaa *bufando agora*
Agora quer estragar o relacionamento d Sakuraiba
naaaaaooo
maldita, maldita, maldita
e c/ qm ela estava flando ao telefone? acho q sei qm é, ms...
Josy cmo vc é má =/
ms to amando a fic *----*
Maaaiis

Naraaaa

Ah... muitos segredos^^ hehehe..fique tranquila que até o ultimo cap eu revelo tudo..hehehe
Muito obrigada pelo apoio e por todos os comentarios.. vc nao imagina como os comentarios sempre me incentivam a continuar^^
Mil bjks
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://josianeveiga.livejournal.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [END] - Rendição   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[END] - Rendição
Voltar ao Topo 
Página 6 de 17Ir à página : Anterior  1 ... 5, 6, 7 ... 11 ... 17  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Johnnys Brasil :: Off Topic :: Free your mind-
Ir para: