★ Johnnys no Brasil ★
 
InícioInício  PortalPortal  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 [ONESHOT] True Feelings

Ir em baixo 
AutorMensagem
naty
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 831
Idade : 27
Localização : hm... São Paulo?
Emprego/lazer : Don't pull that button!
Unit Favorita : 嵐 ; 関ジャニ∞
Data de inscrição : 07/04/2009

MensagemAssunto: [ONESHOT] True Feelings   Sex Jan 21, 2011 11:46 pm

Título: True Feelings
Gênero: Romance
Censura: 13 anos

Ninguém nunca imaginou que isso aconteceria, pelo menos não Aiba. Eles sempre foram muito próximos, desde criança andavam de mãos dadas, tomavam banho juntos, dormiam na mesma cama, inseparáveis, mesmo mais de 10 anos depois a amizade permaneceu a mesma. Não havia nada que um escondesse do outro e todo tipo de liberdade era permitida. Aiba não suportava ficar longe do outro, e se ficassem apenas um dia sem se ver ele o telefonaria apenas para ouvir sua voz, mas o que vinha a seguir definitivamente não estava nos planos de Aiba, nem nos do Arashi. O que deveria ser mais uma gravação de VS嵐 se transformou num problema de proporções totalmente desconhecidas assim que Sho pisou no camarim, já cheio, acompanhado.


- Sho-chan! Você sabe que é proibido trazer qualquer um aqui sem a autorização da produtora. – Nino comentou assim que Sho entrou, já levemente irritado com seu atraso anormal.


- Desculpe Nino, mas eu gostaria que todos vocês conhecessem uma pessoa – disse Sho trazendo para perto de si uma mulher totalmente desconhecida dos outros. – Essa é Yuki, minha namorada.


Não que os outros tivessem reagido à notícia, mas Aiba permaneceu colado ao sofá em que se sentava, sem mexer nenhum músculo ou esboçar qualquer tipo de reação. Apesar de não transparecer, um milhão de coisas se passavam em sua cabeça ao mesmo tempo, era como se uma faca tivesse sido enfiada em seu peito e agora ele estivesse tendo flashbacks de sua vida, ou melhor, de seus momentos com Sho. Uma dor forte no peito e uma sensação de angústia vindas de algum lugar tomavam conta de seu corpo e ele tinha vontade de sair correndo e se trancar em seu quarto, como se fosse algum sonho ruim. Claro que Sho tivera várias namoradas, mas nenhuma fora formalmente apresentada a eles. Aiba desconhecia totalmente o motivo de seu desespero e lutava contra o próprio corpo para não chorar, até que horas pareciam ter se passado quando finalmente foi despertado se seus devaneios. Sho olhava fundo em seus olhos como se pudesse ler sua mente, e tudo que ele pode fazer foi sorrir, pois tinha certeza, a única naquele momento, que soluçaria se tentasse falar.


Enquanto todos a cumprimentavam, Aiba, ainda sentado e tentando se controlar, pensava em algo que pudesse falar sem que transparecesse seus verdadeiros sentimentos, sentimentos esses que ele mal sabia o que significavam. Ele não tinha idéia do que dizer e Sho já estava prestes a sentar ao seu lado.


- Eu gostaria muito de ter sua opinião sobre ela, Aiba-chan – disse Sho, já sentado, com um braço em volta de seus ombros. Ele ainda não estava pronto para falar, e, como se sentisse Nino interveio na conversa chamando todos para a gravação.


Não se pode dizer que tudo transcorreu normalmente, Aiba nunca soube mentir nem disfarçar suas emoções, por isso se manteve distante de Sho durante todo o dia de gravação, o que deixou o clima um pouco pesado entre eles. No fim do dia, Aiba, que geralmente custava a ir embora, foi o primeiro a se retirar, o que, claro, fez com que todos desviassem a atenção para ele.


Mais uma vez Nino, que se dedicou a prestar atenção na mudança comportamental de Aiba, murmurou algo como “Ele não gostou nada da notícia”, porém todos estavam ocupados demais com seus afazeres – Ohno, com a cabeça em seu ombro, dormia pacificamente, Jun discutia algo com o diretor e Sho se preocupava demais em dar atenção àquela menina imbecil – para ouvi-lo. Apoiando delicadamente a cabeça de Ohno em uma almofada, Nino pegou seus pertences e saiu de encontro a Aiba, encontrando-o a poucos metros da saída. Sem chamar muita atenção, Nino pediu a Aiba que o fosse com ele a um local mais reservado, na verdade um pequeno depósito da emissora, inutilizado a essa hora.


- Ne Aiba-chan, o que aconteceu com você hoje? – Ele tentou ser pouco invasivo, já que era, pela aparência inconsolável de Aiba, um assunto muito delicado para ele.


- Hm... Acho que... Bom não tenho me sentido bem desde cedo – disse hesitante demais para que Nino pudesse acreditar – Deve ter sido algo que eu comi...


Ficou óbvio com a velha desculpa da comida. Nino nunca fora facilmente enganado e essa desculpa era como se a verdade fosse jogada em seu colo e, sendo o Nino, ele nunca deixaria isso passar.


- Você é um péssimo mentiroso sabia? – ele tentava entrar lentamente no assunto, mas conhecia Aiba bem demais para saber que ele continuaria mentindo até que descobrissem a verdade, então foi direto ao ponto. – É por causa do Sho-kun, não é? É por causa do que ele falou, a notícia, não foi?


- A notícia...? Que isso Nino, é normal não? Um homem e uma mulher se apaixonarem e ficarem juntos... – Foi como se uma sombra pousasse sobre os olhos sempre tão expressivos de Aiba. Essa era a deixa que ele precisava.


- E dois homens? Não é normal dois homens se apaixonarem e se entregarem a esse sentimento?


- Ne Nino? Você e Ohno são cúmplices, o amor de você é inegável, mas... Eu... Eu não amo Sho-chan... – Aiba, envolvido em seus “novos” sentimentos, logo percebeu onde ele queria chegar, mas Ohmiya nunca fora base de comparação para nenhuma de suas relações.


- Você o ama Aiba, você ama Sho-kun. Se não é amor, então o que é esse sentimento que te domina todas as vezes que ficam longe um do outro? Por que você o telefona só para ouvi-lo falar? O que é esse friozinho na barriga todas as vezes que ele pega sua mão? Ou então por que você se sente tão seguro quando está com ele?


Aiba, antes que ele próprio ou Nino pudessem perceber, já chorava compulsiva e desesperadamente no colo do outro. Então era isso que o deixava mal? Essa era a causa de toda a angústia e dor que sentia? Era isso que sentia...? Nino esperou Aiba se acalmar o que levou um bom tempo, para concluir.


-Talvés você nunca tenha pensado nesse sentimento, o que representava para você ou o que ele era realmente, mas ele sempre esteve aí, antes que você percebesse Sho-kun já era seu amado. – Apesar de sua relação com Ohno ser realmente atípica, ele próprio havia passado por isso e sabia que não seria nada fácil para Aiba, não na atual situação, mas ele garantiu a ele que estaria ao seu lado.

Algumas semanas depois Aiba já aceitava muito bem seus sentimentos, mas havia decidido guardá-los para si. Mesmo tendo os descoberto Aiba nunca contaria nada a Sho, que parecia mais feliz do que nunca com Yuki. Para sua infelicidade, Nino não pensava assim, mas Aiba já havia decidido se afastar do mais velho, burrice, segundo o gamer.


Aiba parecia incoerente para todos: ele mal cumprimentava Sho e não conseguia passar mais de trinta minutos numa sala onde ele estivesse, salva as gravações. Apenas ele parecia não perceber, mas isso estava afetando não só a ele, mas também a Sho, que sabia tanto quanto os outros.


Nino, que vigiava qualquer movimentação de Aiba, logo percebeu o estado em que Sho estava. Ele não prestava atenção em nada que qualquer um dissesse e parecia não dormir a dias, mas o que mais chamou a atenção do mais novo foi a atenção que Sho dedicava a sua namorada, ou melhor, a falta dela, já que ele mal atendia suas ligações e quando muito sequer ouvia o que ela dizia. Era claro que eram sintomas da falta do Aiba, mas o que ele não sabia é até que ponto isso se estendia.


Talvés a resposta chegasse mais rápido do que esperava, já que Sho havia notado que Aiba começara a passar o tempo com Nino. Sho esperou que estivesse apenas ele e Nino no camarim para que conversassem.


- Ne, Nino? – Sho não sabia o que dizer, por onde começar, mas não esperava que Nino o compreendesse tanto.


- Sho-kun acho que você deve falar diretamente a Aiba-kun. Ele está tomando banho e nós iríamos embora juntos, mas vejo que não há mais a necessidade. – Era a oportunidade perfeita para fazê-los conversar e com certeza ele ficaria atrás da porta escutando.


- Mas Nino... – Aiba não o ouviria, sequer olharia para ele.


- Ele vai te ouvir Sho, garanto a você. Vou indo agora, não quero atrapalhar. – Como ele poderia garantir? Simples: ele trancaria a porta quando saísse.


Não muito tempo depois Aiba deixou o banheiro sem camisa e com a toalha na cabeça, sua expressão de choque ao encontrar Sho esperando por ele no lugar de Nino.

- Cadê o Nino? – Aiba perguntou desviando o olhar. Sho era a última pessoa que ele gostaria de ver ali.



- Ele já foi embora. Aiba eu preciso falar com você.


- Desculpa Sho-san, eu preciso ir embora, amanhã começaremos a gravar bem cedo! – disse já terminando de se trocar. Pegou suas coisas, deu as costas a Sho e foi em direção a porta. Girando a maçaneta percebeu que a porta fora trancada por fora, no mesmo instante soube que era uma armação de Nino, mas antes que pudesse avisar Sho o mesmo já chamava por seu nome, ainda na mesma posição que Aiba o havia deixado. Sem perceber que Aiba ainda estava no local, Sho se entregou a seus sentimentos, descobertos durante o tempo distante do loiro, caindo de joelhos no chão.


- Aiba... Por que não fala mais comigo? Pelo amor de Deus... EU TE AMO! O que eu devo fazer para você me ouvir...? Aiba... Eu te amo Aiba... – Sho repetia sem parar o nome do outro, chorando incontrolavelmente, enquanto Aiba permanecia em choque, costas contra a porta, sem acreditar no que ouvia. Já chorava quando seu corpo se moveu, contra sua vontade, na direção de Sho, colocando sua mão no ombro do mesmo que se calou no mesmo instante, pensando na possibilidade de alguém ter ouvido tudo o que ele dissera.


Depois de algum tempo, Sho reuniu toda a coragem que encontrou e olhou para trás. Assim que o fez viu que era Aiba quem estava lá, chorando e olhando dentro de seus olhos, porém sorria, um sorriso alegre e cativante, daqueles que apenas Aiba sabe dar e que Sho não via há muito tempo.


- Aiba, você...?


- Desculpa, a porta está trancada e eu... Eu fiquei aqui o tempo todo... – interrompeu Aiba agachando-se na mesma altura em que Sho estava.


- Aiba...


- Quieto... – disse suavemente no ouvido de Sho. – Eu também te amo...


Apesar de mais um choque naquele dia, tudo que Sho pode fazer foi tomar Aiba em seus braços e unir seus lábios nos dele, naquele que foi o melhor beijo de suas vidas.


- - - - - - - - - - -

- Eu sou o máximo! – disse Nino do outro lado da porta, destrancando-a.

~♥~

N/A:Essa fic foi postada originalmente no OL, mas eu me dei conta que não tinha postado aqui ainda e decidi por aqui também, caso alguém se interesse...

Ela tem 2 versões: esta é a do Aiba, a outra é a do Sho, que ainda está sendo escrita.

Arigatou ne
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naty-antunes.livejournal.com
marianam
Johnny's junior
Johnny's junior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 559
Idade : 24
Localização : Curitiba
Emprego/lazer : nihongo \(*o*)/
Unit Favorita : Arashi e Tegomass *exatamente nessa ordem*
Data de inscrição : 28/04/2010

MensagemAssunto: Re: [ONESHOT] True Feelings   Sab Jan 22, 2011 12:49 am

Que linda essa fic TToTT
ameeeeeeeei o fato do Nino ajudar eles *u*
q linjuuuuuuuuuuuuuuu~
eu ultra mega surtei na parte que o Sho falou bem alto
EU TE AMO
*0*
lindoooooo~

quando vc terminar a versão do Sho poste aqui ne
onegai shima~su!
X3

ps: agora que os dois já estão juntos
e a yuki não serve pra nada
quero dar uma voadora nela
HOHOHOHOHO~!!!!!!

arigatou naty-chan *0*

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.codinomejapa.blogspot.com.br/
naty
Johnny's senior
Johnny's senior
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 831
Idade : 27
Localização : hm... São Paulo?
Emprego/lazer : Don't pull that button!
Unit Favorita : 嵐 ; 関ジャニ∞
Data de inscrição : 07/04/2009

MensagemAssunto: Re: [ONESHOT] True Feelings   Sab Jan 22, 2011 1:18 am

uwaaaa brigada amor *-*
vou postar sim!!!!!!!
*tah praticamente pronto, mas a preguiça ganha, sabe ne*
SHUASHAUHSAUHSUAHS

COITADA DA MENINA
ela não tem culpa no cartório xDDDDDD

brigada pelo coments =DDDDD
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://naty-antunes.livejournal.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [ONESHOT] True Feelings   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[ONESHOT] True Feelings
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» PHIL COLLINS - TRUE COLORS (BEST VERSION)
» EFX True Bypass Looper
» EXAR Electronix
» Beautiful Love e Nardis(solos de Bill Evans)
» pedal Electro Harmonix estalando quando liga

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Johnnys Brasil :: Off Topic :: Free your mind-
Ir para: